AIRES DE MONTALBO: era esse o pseudônimo literário do Padre Aloísio Furtado, que nasceu em Baturité/CE, em 29 de março de 1915. Mudou-se logo para o Rio de Janeiro e, depois, para o Rio Grande do Sul, onde concluiu os cursos de Letras Clássicas e Filosofia e Pedagogia. Até fixar residência em Fortaleza. 

Deus sempre, para que o louvem,
dá certas compensações:
é surdo, mas é Beethoven;
é cego, mas é Camões!

Feliz quem vai pela vida
tão suave e docemente,
como a flor adormecida,
levada pela corrente...

(trova nº 1057 do livro "Meus Irmãos, os Trovadores")
Quando eu empecilhos acho,
então estou no meu clima:
- Se é grande, passo por baixo;
e, se é pequeno, por cima!  

Pela vida andei correndo,
que sempre fui trovador.
Hoje volto recolhendo
destroços do meu amor...