Alberto Paco é Contabilista, Empresário e Escritor. Nasceu em Vilarinho dos Galegos – Portugal, no dia 26 de janeiro de 1936. Com vinte e dois anos chegou no Brasil para ficar residindo em caráter permanente. Fixou residência em São Paulo, capital aonde permaneceu até o ano de 1995 quando se transferiu para a cidade de Maringá - PR. Em Nov/2001 lançou seu primeiro romance intitulado "O HOMEM DO RIO" que foi escrito entre 1958 e 1959, logo após sua chegada ao Brasil. Por conta do lançamento desse livro, foi convidado a ingressar na Academia de Letras de Maringá que então estava com cinco anos de existência. Em 07/Set/2002, assumiu a cadeira de número 23.

Qualquer destroço encontrado
numa estrada percorrida,
são restos do meu passado;
ruínas da minha vida!

O barro de que fui feito,
em tempo que longe vai,
foi modelado com jeito
por bom oleiro: meu pai!

Todas as vezes que penso
nos reveses do passado,
apelo para o bom senso
e me sinto energizado.

A noite inteira acordado,
e a inspiração não chegou.
Um poeta amargurado,
foi somente o que restou...

Cada momento vivido                  (Fonte: "Trovia")
na vida que se renova,
às vezes é definido
apenas em uma trova. 

Doces memórias da infância,        (Fonte: "Trovia")
lembranças da mocidade.
Hoje só resta a distância
ligada pela saudade.

O meu humilde barquinho            (Fonte: "Trovia")
à praia fiz aportar.
Vim procurar o carinho
que teimas em me negar!