ALMÉRIO FARIA  nasceu no Rio de Janeiro em 02 de março de 1931, filho de Antonio Vicente de Paula Faria(também poeta) e Miquelina Onimelli Faria. Era professor secundário. Faleceu muito jovem: no dia 18 de outubro de 1963, aos 32 anos.

Minha mãe, tu que me acalmas,
e que meus males espantas,
és a mais pura das almas,
és a mais santa das santas!

A mulher, com galhardia,
pisando agudos espinhos,
livra, com sabedoria,
o filho dos maus caminhos.

Tudo passa em correnteza...
Passa e repassa. Tem fim...
- Porém não passa a tristeza
que vai passando por mim...

Com todo meu sofrimento,
vivo à vida me apegando.
Evito a todo momento
a morte, que vem rondando...