(livro "Meus Irmãos, os Trovadores", trova nº 123)
Bateram, abri por dó;
era a desgraça - que entrou.
Fez-lhe pena ver-me só
e nunca mais me deixou.