IX JOGOS FLORAIS DE AMPARO - 1999

ÂMBITO NACIONAL = TEMA “VÍCIO”

VENCEDORES
(por ordem alfabética)

Vício – desgraça da vida,
que causa tanta revolta:
- quem nele entra, tem ida,
dificilmente tem volta!...
BENEDITO CAMARGO MADEIRA – POUSO ALEGRE

Consciente dos malefícios
dos vícios, sempre medonhos,
não tenho os sonhos dos vícios...
eu tenho é o vício dos sonhos!
JOÃO FREIRE FILHO – RIO DE JANEIRO

A saudade é dependência...
é meu vício... em tal medida...
que você se fez a ausência
mais presente em minha vida!
JOÃO FREIRE FILHO

Lembranças, bebo à vontade,
pois na vida amarga e dura
meu vício é sentir saudade
e saudade... não tem cura!
SÉRGIO BERNARDO – NOVA FRIBURGO

Presente no instante justo,
quando a razão cede ao vício,
mão amiga é aquele arbusto
na beira do precipício.
SÉRGIO BERNARDO

MENÇÕES HONROSAS:

Nem sempre quem se vicia
sucumbe em golpes fatais;
quem se vicia em poesia
não larga o vício jamais!
ARLINDO TADEU HAGEN – JUIZ DE FORA

Quem dera àquele que roga
pela loucura sem par,
em vez do vício da droga
tivesse o vício de amar!
EDUARDO A. O. TOLEDO – POUSO ALEGRE

O vício é a triste verdade
que impele a própria razão
a sentir que liberdade
nem sempre é libertação!
HELOISA ZANCONATO PINTO – JUIZ DE FORA

Quem “viaja” o tempo inteiro
sobre o vício, deletério,
vai terminar seu roteiro
no hospício... ou no cemitério!
HERMOCLYDES SIQUEIRA FRANCO – RIO DE JANEIRO

Ela é meu vício... e aquela
que, à vida, deu-me um motivo:
- Não sei se eu morro por ela
ou se é por ela que eu vivo!...
RODOLPHO ABBUD – NOVA FRIBURGO

MENÇÕES ESPECIAIS

Quem caminha em desatino,
seguindo um vício banal,
na contramão do destino
encontra o triste final.
ÉLEN DE NOVAIS FELIX – NITERÓI

Sorvido com bom sabor,
com fascínio diferente,
o beijo é vício do amor
que nunca faz mal à gente.
JOSÉ HENRIQUE DA COSTA – MAGÉ

Tantos jovens, sem carinhos,
desprotegidos da sorte,
se perdem pelos caminhos
do vício que leva à morte!...
HERMOCLYDES SIQUEIRA FRANCO – RIO DE JANEIRO

Sorvido com bom sabor,
com fascínio diferente,
o beijo é vício do amor,
que nunca faz mal à gente.
JOSÉ HENRIQUE DA COSTA – MAGÉ

Por eu saber, claramente,
que os vícios são precipícios,
peguei um vício somente:
o de lutar contra os vícios!
JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO – RIO DE JANEIRO

Quem esse vício contrai,
não vê que a cada pigarro,
a vida aos poucos se esvai,
na fumaça de um cigarro.
J. STAVOLA PORTO – NITERÓI

Eu tenho o vício dos sonhos
e não posso me encerrar
nos limites tão tristonhos
que a vida quer desenhar...
MARIA LUA – NOVA FRIBURGO

A Lua, em rumos diversos,
é companheira envolvente
do vício de fazer versos
que embriaga tanta gente...
MARIA LUA

Quem quer fugir de um suplício
e, no abismo, não se joga,
diz NÃO à droga do vício
que torna a vida uma droga!
MARIA NASCIMENTO S. CARVALHO – RIO DE JANEIRO

Na preservação da vida,
contra o vício e a própria dor,
deve ser, sempre, mantida
a chama viva do amor!...
RELVA DO EGIPTO R. SILVEIRA – BELO HORIZONTE

Seria o maior dos prêmios
ver-te entregue a meus desejos:
- Meus lábios são dois boêmios
viciados nos teus beijos!
SÉRGIO BERNARDO – NOVA FRIBURGO

=========================

ÂMBITO ESTADUAL = TEMA “VIRTUDE”

VENCEDORES (por ordem alfabética)

Virtude não é medalha
conquistada por preceitos;
é a força de quem trabalha
contra seus próprios defeitos.
AMÉRICO DEGL’IEPOSTI – Santos

Siga, filho, nessa graça
da virtude que o distingue:
- seja o brilho da vidraça,
jamais a mão do estilingue.
ELIANA DAGMAR – Amparo

Quis te falar... mas não pude...
E, então, te dei uma flor...
As flores têm a virtude
de saber falar de amor...
MARINA BRUNA – São Paulo

Creio bem mais na atitude
do que na fé desmedida:
de nada vale a virtude
que não faz parte da vida!
SÉRGIO FERREIRA DA SILVA – São Paulo

Nos mais difíceis momentos,
tuas virtudes revelas:
quando o barco enfrenta os ventos,
mostra a beleza das velas!
SÉRGIO FERREIRA DA SILVA

MENÇÕES HONROSAS

Virtude tem a videira
que, torcida, magra e dura,
extrai vida, a vida inteira,
da mais agreste secura!
ANA CECÍLIA FERRI SOARES – São Paulo

Ao morrer, cessando as dores,
quisera sobre o ataúde
não as coroas de flores
mas as flores da virtude...
ÉLBEA PRISCILA DE SOUSA E SILVA – Caçapava

Não sabe, quem tem virtudes
em menor grau que defeitos,
que é da soma de atitudes
que os julgamentos são feitos.
JOSÉ OUVERNEY – Pindamonhangaba

Condeno a justiça
rude que torna nulo esse dom...
Louvo quem tem a virtude
de, além de justo, ser bom!
PEDRO ORNELLAS – São Paulo

Considero a plenitude
do ser humano alcançada
sempre que vejo a virtude
ao talento acrescentada!
PEDRO ORNELLAS

MENÇÕES ESPECIAIS

Deus um dia há de me dar
o que peço em cada prece:
- a virtude de perdoar
a quem perdão não merece!
CAROLINA RAMOS – Santos

Dois sentimentos moldados
no mesmo barro sem cor:
- é o ódio, pelos pecados,
pelas virtudes, o amor!...
IZO GOLDMAN – São Paulo

Virtude é fazer o bem
pelo prazer de fazê-lo,
mesmo sendo para alguém
que não fez por merecê-lo.
IZO GOLDMAN

Se a virtude se assemelha
ao bem que ao amor conduz,
eu quero ser essa abelha
que além do mel traz a luz.
JANDIRA GRILLO – Amparo

Na vida, a grande virtude
não é correr na jornada,
mas, sem pressa e em plenitude,
completar a caminhada.
MARIA HELENA CALAZANS DUARTE – São Paulo

Não tomes uma atitude
na hora do nervosismo!
Paciência é a maior virtude
se estás à beira do abismo...
MARIA THEREZA CAVALHEIRO – São Paulo

Quanto ao vício, tem cuidado!
Resiste ao primeiro abraço
pois, da virtude ao pecado
o intervalo é só de um passo!
MARINA BRUNA

Vencer a idade – alguém disse –
é conquistar a virtude
de caminhar na velhice
com um pé na juventude!
MOACYR A. M. DE FIGUEIREDO – São Vicente

Trabalho e amor semeei...
Há virtude em minha empreita,
pois de tudo o que plantei
outros farão a colheita!
SEBAS SUNDFELD – Tambaú

Não temas! Vai, sem receio,
que o destino paga as contas;
se a virtude está no meio,
a vida segura as pontas!
SELMA PATTI SPINELLI - São Paulo

============================

1º CONCURSO HOMENAGEM = TEMA “LUZIA”
(homenagem a Francisco Luzia Neto, falecido neste mesmo ano, criador dos Jogos Florais de Amparo, trabalho continuado por sua filha Eliana Dagmar).

VENCEDORES (por ordem alfabética)

O LUZIA foi um mito.
Pela grandeza que encerra,
há de luzir no infinito
mais que “LUZIA” na Terra!
CAMPOS SALES – São Paulo –

“Agora o brilho é completo!”,
diz o céu com euforia;
à luz de Luzia Netto
o fulgor do céu se amplia!...
DARLY O. BARROS – São Paulo

Quando nos lábios LUZIA
sua Trova reluzente,
o Trovador parecia
um Anjo... em forma de gente.
ERNESTO TAVARES DE SOUZA – Pindamonhangaba

Se Deus deu Luzia a Amparo
e ele, a Amparo deu Poesia,
hoje, num gesto mais caro,
QUE DEUS DÊ AMPARO A LUZIA!
HELOISA ZANCONATO PINTO – Juiz de Fora

Entre nós, tua poesia
é um sol que ainda reluz:
- nem mesmo a morte, Luzia,
pode apagar tua luz! SÉRGIO BERNARDO
Nova Friburgo