ANAZILDO RIBEIRO   nasceu em Manaus/AM, no dia 20 de agosto de 1913, filho de Torquato Antonio Ribeiro e Antonia Bastos Ribeiro. Atingiu os mais elevados cargos na Polícia Militar, residindo no Rio de Janeiro. Em 1963, junto com outros poetas, lançou "Florilégio de Cantigas".

Nas desventuras do fado,
não vejo maior tortura
do que viver agarrado
num farrapo de ventura! 

Ventura - enfeite da vida,
que nem todos podem ter.
Alcançada, é tão querida,
mas tão fácil de perder!... 

Vida!  Sonho mal sonhado!
Futuro que, de repente,
se transforma no Passado,
mal tendo sido Presente!

Amizade é uma riqueza
de inestimável valor!
Na alegria ou na tristeza,
tem sempre o mesmo calor.