ARGENTINA DE ARARIPE AIGNER  nasceu no Rio de Janeiro, no dia 17 de fevereiro de 1907. "Braços Vazios" foi um dos liros que publicou. Foi moradora da Rua Ministro Gabriel de Pizza, 177, em Jacarepaguá.

Sê franca e bem humorada,
mostra em tua alma o dulçor.
- Flor de corola fechada
nunca atraiu beija-flor!

Porque tanto me aprofundo
neste amor que ao Bem conduz,
vou morrendo para o mundo,
vou nascendo para a Luz!

Das lutas jamais eu fujo,
nem me deixo intimidar.
- Bravura de bom marujo
supera sempre a do mar!

Corre o tempo. E eu nem reparo
que ele corre tanto assim.
Entre as filhas, é tão raro
eu pensar um pouco em mim...

Minha mágoa - quem diria! -
é mágoa que ninguém vê.
- Lado a lado, noite e dia,
mas... tão longe de você!

Eu penso, desde criança,
que a vida só tem valor
enquanto existe a esperança
de encontrar um grande amor.

O teu pecado é tão feio,
que não merece perdão...
Despertas o amor alheio,
sem dar o teu coração!