XXXI CONCURSO DE TROVAS DA ATRN/NATAL
ÂMBITO NACIONAL​ - TEMA: "VERTENTE"

1º Lugar
Quando ilusões apagaram
as luzes daquele encanto,
meus olhos se transformaram
numa vertente de pranto...
(ANGÉLICA Mª VILLELA REBELLO SANTOS - Taubaté / SP)

2º Lugar
Nas ilusões eu me orgulho
de vencer tempos tristonhos,
pois, destemido, mergulho
numa vertente de sonhos...
(EDMAR JAPIASSÚ MAIA - RJ)

3º Lugar
Numa montanha de mágoas
há uma vertente escondida
por onde correm as águas
dos prantos da minha vida!
(RENATO ALVES – RJ)

4º Lugar
Por tantas vezes perdido
Nas vertentes do destino,
segue em busca de um sentido
o meu sonho peregrino...
(RENATA PACCOLA - SP)

5º Lugar
Em seus alegres momentos
Ou nos tristes desenlaces,
Deságuam os sentimentos
pelas vertentes da face.
(DULCÍDIO DE BARROS MOREIRA SOBRINHO – Juiz de Fora / MG)

6º Lugar
O pranto do amor desfeito,
revelando seu desgosto,
vem lá do fundo do peito,
vertendo triste em meu rosto.
(CAMPOS SALES - SP)

7º Lugar
Enfrentando desafios
na subida e na descida,
certa vertentes dos rios
lembram vertentes da vida!...
(MARILÚCIA REZENDE - SP)

8º Lugar
Em constante desvario,
vertem do meu coração,
as mágoas que formam rio
nos vales da solidão.
(WANDA DE PAULA MOURTHÉ - BH

9º Lugar
Depois que a serra é ferida
e as vertentes são expostas,
a natureza revida
e põe abaixo as encostas.
(HEGEL PONTES – Juiz de Fora / MG)

10º Lugar
Quando a tristeza malvada
mareja os olhos da gente,
forma-se, então, a enxurrada
que desce feito vertente...
(ANTONIO COLAVITE FILHO - Santos / SP)

11º Lugar
Represando a dor da mágoa
que pranteia meu desgosto,
dos olhos, vertentes de água
deslizam pelo meu rosto...
(ANALICE FEITOZA DE LIMA - SP)

12º Lugar
Se a aridez do dia a dia
se põe a roubar-me a calma,
na vertente da Poesia
revelo as vertentes d’alma!
(JOÃO FREIRE FILHO - RJ)

13º Lugar
Por caminhos diferentes,
procurando uma saída,
certos sonhos são vertentes
na montanha desta vida!...
(MARILÚCIA REZENDE - SP)

14º Lugar
É tanta angústia, insistente, 
pesar intenso e profundo,
que eu me sinto uma vertente
de toda a mágoa do mundo.
(JOÃO COSTA - Saquarema / RJ)

15º Lugar
Deus! que bom, se, de repente,
o pranto da humanidade
se transformasse em vertente
de Amor e Fraternidade!
(CAROLINA RAMOS - Santos / SP)

========================== 

Tema: UNIÃO

Coordenador: Ademar Macedo

1º Lugar:
Nossa união não passou
de um cheque falso, querida,
que o destino apresentou
no saldo da minha vida!
(Arlindo Tadeu Hagen/Belo Horizonte-MG)

 
2º Lugar:
Há de vir um tempo novo,
no qual, meu bom Deus, verás
unido afinal teu povo
no grande abraço da paz!
(Antônio Augusto de Assis/Maringá-PR)
 
3º Lugar:
A união de nossas vidas,
promete dias risonhos,
nossas mãos vão sempre unidas
e unidos vão nossos sonhos!
(Carolina Ramos/Santos-SP)
 
4º Lugar:
Nossas almas, com fervor,
habitam corpo comum.
Por essa união de amor,
nos tornamos... dois em um!
(Wanda de Paula Mourthé/Belo Horizonte-MG)
 
5º Lugar:
Meu abrigo é a solidão
mesmo sob o nosso teto,
porque, aos laços da união,
falta o nó que prende o afeto.
(Wanda de Paula Mourthé

 

 
1ª Menção Honrosa
Pensei desfazer, sem dó,
nossa união!...Não vai dar...
O nosso amor deu um nó
difícil de desatar!
(Therezinha Diegues Brisolla/São Paulo-SP)
 
2ª Menção Honrosa
Unindo tantas propostas
colhi mil desilusões...
Fui procurar mil respostas,
só encontrei indagações...
(José Valdez Castro Moura/Pindamonhangaba-SP)
 
3ª Menção Honrosa
Antes da nossa união
eu vivia entre os ateus
e o milagre da paixão
me trouxe de volta a Deus!
(Arlindo Tadeu Hagen
 
4ª Menção Honrosa
Como somos diferentes!...
Mas, é tamanha a paixão,
que nos tornou coniventes
na mais estranha união!
(Therezinha Diegues Brisolla
 
5ª Menção Honrosa
Um simples traço de união
reuniu as nossas vidas
e nos fez, com emoção,
rever ilusões perdidas!
(Gislaine Canalles/Balneário Camboriú-SC)
 
 
1ª Menção Especial
A união tão desejada
no tempo da juventude,
para mim foi malograda,
pois alcançá-la, não pude!
(Delcy Rodrigues Canalles/Porto Alegre-RS)
 
2ª Menção Especial
Nosso lema, bem expresso,
diz tanto e ninguém o torça!
Só a Ordem leva ao Progresso,
mas, se a união lhe der força!
(Carolina Ramos
 
3ª Menção Especial
O que faz a casa bela,
mais que tudo, somos nós,
se unidos vivemos nela
-filhos, netos, pais, avós.
(Antônio Augusto de Assis
 
4ª Menção Especial
Lutemos pela união
dos povos todos da terra.
Se vivermos com afeição,
evitaremos a guerra!
(Delcy Rodrigues Canalles
 
5ª Menção Especial
Na praça da minha vida,
unidas, vi, a chorar,
abraçada à despedida
a saudade a soluçar...
(José Valdez Castro Moura/SP)
//////////////////////////////////////////////
Comissão Julgadora:
Francisco Macedo, Marcos Medeiros, Pedro Grilo e Rodrigues Neto
Âmbito Estadual <>  Tema: Rio
 
Coordenador: Hélio Pedro Souza
 
1° Lugar
Duas almas são dois rios,
que, ante o amor, caminham sós...
mas, vencendo os desafios,
se encontram na mesma foz.
(Hélio Alexandre)
 
 2° Lugar -
 
Sou qual um rio sem rumo
 que não encontrou o mar;
 de mágoas eu me avolumo
 sem ter onde desaguar.
(Ademar Macedo)
 
3º Lugar -
 O rio da minha infância,
 em grande velocidade,
 fez-se no tempo e distância,
 um tsunami de saudade!
(Francisco Macedo)
   
4° Lugar -
  -Chove no Sertão, e o rio
 desce da serra distante;
 devolve a vida ao baixio
 e o sorriso ao retirante!
(José Lucas)
 
 5° Lugar -
Nas águas correntes, turvas,
numa corrida sem fim...
O rio leva entre curvas,
um pedacinho de mim!
(Francisco Macedo)
 
1ª Menção Honrosa
Olha, filho, é longa a estrada...,
mas não tema o desafio!
Vê que as pedras não são nada
ante à intrepidez do rio.
(Manoel Cavalcanti)
 
2ª Menção Honrosa
 De papel, foi meu barquinho,
 pelo rio, sem destino...
 Mas encontrou, no caminho,
 os meus sonhos de menino!
 (Mara Melinni)
 
3ª Menção Honrosa
Buscando vencer obstáculos
com exemplar persistência,
os rios são sustentáculos
de nossa sobrevivência.
(Joamir Medeiros)
  
4ª Menção Honrosa
 Olhando o curso... esquecido,
onde havia o rio... a cheia...
só um vento embevecido
traça barquinho na areia...
(Paulo Roberto)
 
5ª Menção Honrosa
  Os meus olhos são dois rios,
ambos repletos de encanto...
Vai-se o amor, ficam vazios,
resta a saudade, no entanto.
(Manoel Dantas)
 
 1ª Menção Especial
  Nenhum sentimento atroz
vai barrar minha missão
de levar amor à foz
do rio do coração.
(Marcos Medeiros)
 2ª Menção Especial
 Busque enfrentar desafios,
preserve a mãe natureza:
- Nossa flora, fauna e rios,
fontes de nossa pureza.
(Joamir Medeiros)
  
3ª Menção Especial
 Rio amigo, quando acordo,
sempre foste tão fiel...
Levando o meu sonho a bordo
dos meus barcos de papel...!
(Mara Melinni)
 
4ª Menção Especial
 Por ter um  leito sagrado,
que ameno vale coleia,
eu lavo qualquer pecado
no RIO de minha  aldeia.
(Ubiratan Queiroz)
 
5ª Menção Especial
 Meu amor é um rio santo
que passa em cursos atrozes...
Mas Deus abençoa o canto
das suas águas velozes.
(Hélio Alexandre)
 
 Comissão Julgadora:
-Thalma Tavares - Carolina Ramos
-A. A. de Assis - Vanda F. Queiroz
-Gislaine Canales  

     II CONCURSO INTERNO DA ATRN, TEMA "CASCATA"  2011.

1° lugar: FRANCISCO GARCIA DE ARAÚJO (PROF. GARCIA)
Cascata, teu pranto triste,
parece que não tem fim!...
Comparo ao pranto que existe
doendo dentro de mim!

2° lugar: ANTÔNIO RODRIGUES NETO
Fala a minha alma contrita,
que os tempos são mais risonhos,
e a vida é bela e infinita,
nas cascatas dos meus sonhos!...

3° lugar: MARCOS MEDEIROS
Esse luar cor de prata,
que ilumina a imensidão,
é feito amor em cascata
invadindo o coração.

4° lugar: ADEMAR MACEDO
Deus vendo que não tem fim
essa fé que me conduz,
deixou cair sobre mim
uma cascata de luz!

5° lugar:  FRANCISCO GARCIA DE ARAÚJO (prof.Garcia)
Por teu amor sofri tanto,
foi tão grande o meu desgosto,
que cada gota de pranto
se fez cascata em meu rosto!

6° lugar: MANOEL CAVALCANTE
Quando o céu, em nuvens rotas,
derrama a chuva em cascata,
as gotas dedilham notas
nas verdes liras da mata...

7° lugar: MANOEL CAVALCANTE
A cascata me interpela
questões das mais resolutas.
Por que a água doce e bela
cai beijando as pedras brutas??

8° lugar: HÉLIO PEDRO SOUZA
Quem no início de carreira
quer resposta imediata;
lembre-se que a corredeira
nem sempre chega à cascata.

9° lugar: JOSÉ LUCAS DE BARROS
-Senti o ardor da poesia
nos meus primeiros amores,
quando a vida parecia
uma cascata de flores!

10° lugar: IVANISO GALHARDO
Esta lágrima bendita
que sobre o meu rosto desce,
é a cascata mais bonita
que a natureza oferece.

11° lugar: JOSÉ LUCAS DE BARROS
-Em manhã chuvosa, a vida
canta no seio da mata
e há notas de água caída
no piano da cascata.

12° lugar: HÉLIO PEDRO SOUZA
O pôr-do-sol no horizonte,
com seus raios, me seduz
e eu vejo por trás do monte
uma cascata de luz.

13° lugar: IVANISO GALHARDO
Cascatas e cachoeiras
onde a água é natural,
são poesias pioneiras
do arquiteto universal.

14° lugar: FABIANO WANDERLEY
Quando a lâmina aparece,
no penhasco, a declinar,
a natureza, esplandece
ante a cascata, a jorrar.

15° lugar: MARCOS MEDEIROS
O amor é feito cascata
borbulhando em riachão;
corredeira em serenata,
fluindo no coração...

COMISSÃO JULGADORA:

GISELDA MEDEIROS - FORTALEZA/CE
ELISABETH SOUZA CRUZ - NOVA FRIBURGO/RJ
MARIA LUÍZA WANLENDOWSKY - BRUSQUE/PR
RODOLPHO ABBUD - NOVA FRIBURGO/RJ

CORDENADOR GERAL:

JOAMIR MEDEIROS - ATRN/NATAL