AUGUSTO LINHARES  nasceu em Baturité/CE, em 24 de novembro de 1879, filho de Francisco Alves Linhares e Josefina Felícia Linhares. Médico, iniciou Medicina na Bahia e a concluiu no Rio de Janeiro. Especializou-se cirurgião plástico no exterior. Trabalhou em Manguinhos, com Oswaldo Cruz. Deixou muitos livros sobre medicina. Foi tambem jornalista, humorista, além de poeta. Fundou e dirigiu a Academia de Humorismo, no Rio de Janeiro. Pertencia ao Pen Clube do Brasil, à Academia Cearense de Letras e outras. Utilizava o pseudônimo de "Bóris Freire". Publicou vários livros, inclusive o "Coletânea de Poetas Cearenses". Faleceu na "Cidade Maravilhosa" no dia 21 de outubro de 1963.

Quando acaso sinto, crede,
vontade de trabalhar,
deito-me logo na rede,
até a vontade passar...

Na vida de toda gente,
quanta gente a gente vê!
Na minha vê-se somente
você, você, só você!

Tem a nossa Medicina
tais progressos alcançado,
que o doente quando morre
já está quase curado.

Nesta vidinha cansada,
ando há muito a meditar:
- Como é bom não fazer nada
para depois descansar!...