www.falandodetrova.com.br/bahia1976

I CONCURSO DE TROVAS NA BAHIA - 1976

REALIZAÇÃO: UBT, seção de Salvador e Prefeitura Municipal de Barra

1º TEMA = "CIDADE DA BARRA" ou 'RIO SÃO FRANCISCO"

1º lugar: RODOLPHO ABBUD
O São Francisco fascina
e a Pátria inteira seduz,
quando o nordeste ilumina,
numa cascata de luz!

2º lugar: JORGE MURAD
O rio mais brasileiro
tem no nordeste o perfil: -
é o São Francisco que, inteiro,
nasce e morre no Brasil!

3º lugar: GRAZIELLA LYDIA MONTEIRO
A lua, cheia de graça,
pelo teu rio passeia: -
é o São Francisco que passa,
ou quem passa é a lua cheia?

4º lugar: IZO GOLDMAN
Na Barra o que mais encanta
é o contraste bem marcado: -
o Rio, passando, canta,
e o sertão canta parado...

5º lugar: ARISTHEU BULHÕES
Sem nunca mostrar cansaços,
o São Francisco viril
traz cinco estados nos braços,
unificando o Brasil!

6º lugar: RODOLPHO ABBUD
A Barra com suas lendas,
num certo quê de vaidade,
recolhe do rio as rendas,
para enfeitar a cidade!

7º lugar: RODOLPHO ABBUD
Canta o rio... e embora cante
descendo, aos poucos, dos montes,
o São Francisco é o gigante,
dando luz aos horizontes.

8º lugar: RODOLPHO ABBUD
São Francisco, este meu canto,
todo feito em seu louvor,
exalta a glória de um santo
e de um rio benfeitor.

9º lugar: HELVÉCIO BARROS
Falo de Barra exaltado,
pois é justo este louvor: -
o rio que corre ao lado
tem nome de trovador!

10º lugar: JOSÉ MARIA MORGADE DE MIRANDA
Ao Nordeste, em cada canto,
São Francisco é um desafio;
ninguém sabe se esse canto
vem do Santo ou vem do rio.

11º lugar: CARLOS GUIMARÃES
Qual esplendente aquarela,
a brilhar ao sol dourado,
a Barra é barco sem vela,
no São Francisco ancorado!

12º lugar: HELVÉCIO BARROS
Quem te vê, Barra, tão mansa,
logo diz: linda cidade!
Subir o rio não cansa,
cansa é voltar com saudade!

13º lugar: ISABEL CHOLBY
Velho Rio São Francisco...
tão velho e parece novo,
pois rola em seu leito, arisco,
todo o progresso de um povo.

14º lugar: IZO GOLDMAN
Devagar, quase parado,
o velho Chico se agarra
às margens, enamorado
pela beleza da Barra.

15º lugar: CAROLINA AZEVEDO DE CASTRO
Seja manhã ou tardinha,
mesmo quando o sol não brilha,
quem da Barra se avizinha,
exclama: - Que maravilha!

16º lugar: CARLOS GUIMARÃES
Cada vez que eu a visito,
mais eu me sinto encantado: -
a Barra é sonho bonito,
que a gente sonha acordado!

17º lugar: IZO GOLDMAN
Velho Chico, eu te saúdo,
pois vencendo o rude agreste,
fazes, acima de tudo,
a redenção do Nordeste!

18º lugar: CAROLINA AZEVEDO DE CASTRO
Barra! A cidade parece
uma fulgurante estrela.
Todo aquele que a conhece,
nunca mais pode esquecê-la!

19º lugar: CAROLINA AZEVEDO DE CASTRO
O São Francisco revela,
pleno de viço e beleza,
uma soberba aquarela
no painel da natureza!

20º lugar: MARIA IDALINA JACOBINA
Cidade da Barra, a altura
em que Deus a colocou,
forma o altar onde a ternura
da minha alma se ajoelhou!

21º lugar: JOSÉ DE ÁVILA
Rio Chico, em tua andança
vais, de cidade em cidade;
numa canção de esperança,
chegas ao mar com saudade.

22º lugar: ARISTHEU BULHÕES
Do São Francisco a água mansa
beija a Barra - altar do sonho -
onde nasceu a esperança
de um Brasil forte e risonho.

23º lugar: CÉLIA GUIMARÃES SANTANA
Sou remeiro e de passagem
na Barra ancorei meu barco.
Nunca mais segui viagem,
nem sei que dia em embarco.

24º lugar: MANOEL FERNANDES FILHO
Foi brilhante homem da lei,
seu talento a História narra:
- João Maurício Vanderlei,
filho saudoso da Barra.

25º lugar: CARLINDA LAMEGO
A cinco estados banhando,
São Francisco - o rio gigante,
em suas águas vai levando
o nosso Brasil avante!
----------------------------------------------------

2º TEMA = "BARQUEIRO" ou 'REMEIRO"

1º lugar: VASQUES FILHO
À noite, para esquecê-las,
o barqueiro espalha as mágoas,
multiplicando as estrelas,
remando estrelas nas águas.

2º lugar: IZO GOLDMAN
Fui pirata, aventureiro,
no Mar da Felicidade;
hoje, a ferros, sou remeiro
na galera da saudade.

3º lugar: ROSALINA ROSA LEITE
Vai o barqueiro seguindo
sobre as ondas desiguais.
Às vezes, volta sorrindo;
às vezes, não volta mais...

4º lugar: SEVERINO UCHÔA
O remeiro, rude atleta,
na embrcação que flutua,
torna-se à noite um poeta,
quando no céu surge a lua.

5º lugar: IZO GOLDMAN
Ele trouxe ao seu rebanho
muito amor e muita luz.
Barqueiro de um barco estranho,
talhado em forma de cruz!

6º lugar: VALTER AUGUSTO GUIMARÃES ROSA
No claro rio formado
pelo teu pranto, querida,
eu, barqueiro improvisado,
navego em busca da vida.

7º lugar: ENÉAS DE CASTRO
Por estas bandas do norte,
ser barqueiro é tradição.
Se no mar encontra a morte,
logo nasce uma canção!

8º lugar: IZO GOLDMAN
Eu, na vida, sou barqueiro
dos meus sonhos sem destino:
sonho bom é o passageiro,
sonho mau é o calndestino.

9º lugar: NEWTON GONÇALVES DE BARROS
Envolveram-me teus olhos...
Vivo inundado de luz!
Eu sou barqueiro entre escolhos,
tu - o farol que o conduz!

10º lugar: DURVALMENDONÇA
Murmura, velho, no cais,
o remeiro, de olhos baços:
- a velhice é o "nunca mais"
que o tempo me pôs nos braços.

11º lugar: VASQUES FILHO
Painel de lumes faiscantes,
a correnteza é um braseiro
sasudando margens distantes
no canto-chão de um barqueiro.

12º lugar: RENÊ DA SILVA  VELHO
Todo barqueiro do Norte
traz na boca uma canção,
e no peito magro e forte
o calo do varejão.

13º lugar: WILSON MONTEMÓR
Sei de um modesto barqueiro
que aos amigos sempre alega,
orgulhoso e prazenteiro:
- São Pedro foi meu colega.

14º lugar: CAROLINA AZEVEDO DE CASTRO
Enviei-lhe um bilhetinho
por um barqueiro, em recreio.
Voltou rápido o barquinho,
mas a resposta não veio.

15º lugar: DURVAL MENDONÇA
O barco tem carga estranha
e o barqueiro vai calado: -
velha saudade o acompanha
com seu baú do passado...

16º lugar: VASQUES FILHO
Ao som do remo nas águas,
vão, de janeiro em janeiro,
levando sonhos e mágoas,
o rio, a barca e o barqueiro.

17º lugar: DURVAL MENDONÇA
Cantando, enquanto flutua
seu barco no mar, em calma,
o barqueiro mostra à lua
as mágoas que esconde n'alma.

18º lugar: DURVAL MENDONÇA
Triste, o canto da jandaia
vem do cimo de um coqueiro,
quando o barco, ao dar à praia,
vem sem vela e sem barqueiro.

19º lugar: IZO GOLDMAN
Vencendo medos e mágoas
foi que o sublime barqueiro
que andava por sobre as águas
trouxe luz ao mundo inteiro.

20º lugar: MARINA TRICÂNICO
Se navegas na distância,
ó barqueiro, em teu batel,
revejo, na minha infância,
meu barquinho de papel.

21º lugar: MIRTES LICÍNIO
Teus olhos, remeiro lindo,
têm o segredo profundo
das conchas que, entreabrindo,
mostram pérolas no fundo.

22º lugar: ARISTÓBULO DOS SANTOS
São Francisco vai cantando
da Canastra para o mar,
enquanto ouve o seu bando
de remeiros a cantar.

23º lugar: ISABEL CHOLBY
Fui remeiro destemido,
hoje, velho e sem guarida,
vejo o meu corpo esquecido
na correnteza da vida.

24º lugar: VALTER AUGUSTO GUIMARÃES ROSA
Quando vê, já bem cansado,
ao porto as luzes piscando,
o barqueiro ouve, encantado,
os sons dos remos cantando.

25º lugar: VASQUES FILHO
Nas noites claras de estio,
remeiro, remando, ao léu,
recorta estrelas no rio
sob as estrelas do céu.

----------------------------------------------

3º TEMA = "PEIXE" (para trovas humorísticas)

1º lugar: DURVAL MENDONÇA
Diz um peixe ao pé da toca,
ao filhote meio jeca:
- quem acredita em minhoca
faz concurso pra... moqueca.

2º lugar: RODOLPHO ABBUD
Com medo de ser fisgado,
não abre a boca o peixão...
Paree até deputado
pensando na cassação.

3º lugar: DURVAL MENDONÇA
Peixe-boi vive a chorar,
lamentando a urucubaca,
de não poder se casar
porque não há "peixe-vaca"!

4º lugar: WILSON MONTEMÓR
Mulher bonita é "peixão",
mas acho muito engraçado
que o homem, sendo varão,
é que é por ela pescado.

5º lugar: DURVAL MENDONÇA
Aquele peixe nadava
tão ligeiro, tão zás-trás,
que, quando o rabo chegava,
a cabeça vinha atrás.

6º lugar: DURVAL MENDONÇA
Da "Boa Terra" eu dizia
que a mesa é farta e sustenta,
e que o peixe na Bahia
já vem do mar com pimenta.

7º lugar: DURVAL MENDONÇA
Meu amigo, não se queixe
da sogra que recebeu:
- sogra é espinha de peixe
que você mesmo comeu.

8º lugar: NEWTON DA COSTA TEIXEIRA
O peixe que mais se apanha,
que tem mais feroz mordida,
não é bagre nem piranha,
é mulher - alguém duvida?

9º lugar: NEWTON DA COSTA TEIXEIRA
Entre as bancas do mercado,
a mulher de Seo Pereira
é o peixe mais procurado
de segunda a sexta-feira!

10º lugar: JOUBERT DE ARAÚJO SILVA
Do "paquera" Zé Caminha,
não há mulher que se queixe:
- branca, mulata ou pretinha,
"o que cai na rede é peixe".

11º lugar: LEILA MICCOLIS
Por não ter resposta a dar
a certa aluna a charada:
"que faz o peixe no mar?"
Ela diz: - O peixe... nada...

12º lugar: JOUBERT DE ARAÚJO SILVA
Outro dia, lá na feira,
eu juro que não é pulha:
- eu vi uma costureira
comprando só peixe-agulha!

13º lugar: JOUBERT DE ARAÚJO SILVA
Na praia, em manhãs de estio,
eu penso, ao vê-las chegar:
- piranha é peixe de rio...
Como é que elas vão pro mar?

14º lugar: IZO GOLDMAN
"Esta peixada está quente!"
reclamava o Zé Maria;
e o dono do bar: "Ó xente,
'se qué',  tem pexera fria!"

15º lugar: LEILA MICCOLIS
Diziam, se ela passava:
- "Belo peixão a Maria!"
Mas ninguém lhe suportava
o cheirto de... maresia.

16º lugar: CARLINDA LAMEGO
De olho maior que a barriga,
só paquerava "peixão",
mas a gula, essa inimiga,
deu-lhe aquela indigestão!

17º lugar: ORLANDO BRITO
A minhoca, ao ver o peixe,
teve espírito de sobra:
- tome cuidado, me deixe,
que eu sou filhote de cobra!

18º lugar: ALCY R. SOUTO MAIOR
Que peixão! - diz o marido
ao ver passar a vizinha...
E a mulher: "come, querido,
que, em casa, eu te mostro a "espinha"!

19º lugar: IZO GOLDMAN
"Mentirava" o Zé Maria
sobre o peixe que pescou:
- somente a fotografia
uns vinte quilos pesou!

20º lugar: IZO GOLDMAN
Peixinho mais mascarado
do que aquele eu nunca vi:
só belisca anzol marcado,
"minhoca com... pedigrre"...

21º lugar: JORGE MURAD
Se você quiser pescar,
peixe ou peixinho, à mancheia,
você os pesca no mar,
mas o "peixão"... só na areia.

22º lugar: LEILA MICCOLIS
A peixada que a Maria
conseguiu com sua pinta,
foi trabalhar um só dia
e receber pelos trinta.

23º lugar: NEWTON DA COSTA TEIXEIRA
Mesmo que o esposo se queixe,
sem ligar para mais nada,
a Marilu, sem ser peixe,
é, pelas ruas pescada!

24º lugar: JOUBERT DE ARAÚJO SILVA
Bom pescador é o Juquinha,
que não pesca de arrastão...
e, sem perder sua "linha",
fisga sempre um bom "peixão".

25º lugar: IZO GOLDMAN
Zé Pescador não sossega,
mente tanto que dá gosto,
só que os peixes que ele... "pega"
têm carimbo do entreposto.

-----------------------------------
NOTA = esse material foi uma gentil contribuição do "Magnífico Trovador" IZO GOLDMAN, da UBT São Paulo/SP
==========================================