CATEGORIA NACIONAL - TEMA: "RUA" Líricas - Filosóficas

VENCEDORAS

Dorme o menor na calçada...
e a rua se estende ao léu,
feito uma rede amarrada
aos dois extremos do céu!
Antonio de Oliveira São Paulo - SP

Quando o silêncio é uma prece,
sob a lua, em noite calma,
no meu bairro até parece
que as velhas ruas, têm alma...
Izo Goldman São Paulo - SP

A vida é, para os meus passos,
uma rua de tropeços ...
Mas, se é rua de fracassos,
também é ... de recomeços! ...
Marcelo Zanconato Pinto Juiz de Fora - MG

As lembranças são tão fartas,
da rua que eu não esqueço,
que até mesmo as minhas cartas
sabem de cor o endereço! ...
Rodolpho Abbud Nova Friburgo - RJ

Na infância a gente brincava,
eu de sol, você de lua ...
e o universo começava
e acabava em nossa rua!
Zaê Júnior São Paulo - SP

MENÇÕES HONROSAS

Do passado, ouço a cantiga
que recorda, ternamente,
que há sempre uma rua antiga
nos velhos sonhos da gente...
Albertina Moreira Pedro Rio de Janeiro - RJ

Senti, no suave cheiro
que o vento me trouxe agora,
que o vento passou primeiro
pela rua onde ela mora!
Arlindo Tadeu Hagen Juiz de Fora - MG

Neném... Zé Gordo... Tuinha...
Zeca saci... (Que distância!)
- Cadê a turma que eu tinha
na rua da minha infância"?
Eduardo A. O. Toledo Pouso Alegre - MG

EU não entendo, Senhor,
a diferença das ruas:
- Umas, repletas de amor,
outras, de amor, sempre nuas.
Milton Nunes Loureiro Niterói - RJ

É a rua da minha infância!
Revejo a casa... ouço o trem...
E cismo, em sonho e à distância,
que ela envelheceu... também!
Therezinha Dieguez Brisolla São Paulo - SP

MENÇÕES ESPECIAIS

Para mudar a visão
de quem não muda as retinas,
Deus, em sábia decisão,
encheu as ruas de esquinas!
Arlindo Tadeu Hagen Juiz de Fora - MG

Minha rua era encantada...
Só na infancia pude tê-las,
sob a luz, numa calçada
eu brincava com estrelas! ...
Clenir Neves Ribeiro Nova Friburgo - RJ

Uma rua de importância
menor que minha orfandade,
já foi meu jardim da infância
e minha universidade.
Francisco Luzia Netto Amparo - SP

Sou criança e, de alma nua,
o sonho em minh'alma cresce...
E há ruas, na minha rua,
que só meu sonho conhece!
João Freire Filho Rio de Janeiro - RJ

Sem brinquedo, a sós na rua,
pede a criança, baixinho:
"Senhor Deus, me empresta a lua
para brincar um pouquinho".
Maria Helena Calazans M. Duarte São Paulo - SP

Ao disfarçar a paixão
quando na rua, se olharam
bem à luz do lampião,
suas Sombras... se abraçaram!
Therezinha Dieguez Brisolla São Paulo- SP

Pelas ruas nas andanças
há muita gente que esquece
de buscar as esperanças
no santuário da prece.
Ferreira Nobre Fortaleza - CE
==========================================

CATEGORIA NACIONAL - TEMA: "BECO" - Humorísticas
TROFÉU: Waldir Neves

VENCEDORAS

Enfrentando a escuridão
eu li, à luz de lanterna,
que o beco não dava mão.
Mas... como! Dava até perna!
Antonio Carlos Teixeira Pinto Niterói - RJ

No beco, os dois às escuras,
depois da orgia tão louca,
notaram que as dentaduras,
tinham trocado de boca!
Campos Sales São Paulo - SP

O que é um beco? E a Leonora
que de esperteza se cobre,
respondeu à professora:
Um beco, é um motel de pobre!...
José Maria Machado de Araujo Rio de Janeiro - RJ

Num beco, ao ser sequestrado:
- "E o resgate, "seu ladrão?"
- "Em dez vezes, parcelado.
Estamos em promoção".
Maria Helena Calazans M.Duarte São Paulo - SP

Conheco um beco com muro,
Êta bequinho afamado:
quando é noite e fica escuro
como geme esse danado.
Manoel Evaristo Carlos Jr. Juiz de Fora - MG

MENÇÕES HONROSAS

Meu bom São Pedro, permita,
À noite, um bom tempo, seco...
Com a sogra de visita,
Pretendo dormir no beco.
Cleber Roberto de Oliveira São João do Meriti - RJ

Num beco escuro, a noivinha
testou seu noivo; e, matreira,
descobriu que ele não tinha
lenha prá sua fogueira...
José Tavares de Lima Juiz de Fora - MG

Dorme no beco e afinal
diz o ébrio, sem conforto:
-Eu também sou imortal,
não tenho onde cair morto"!
Mauro Macedo Coimbra Juiz de Fora - MG

- Este beco onde vai dar?
Responde a lusa e se exalta:
- Se ele for pra algum lugar
vai nos fazer muita falta!!!
Nitio Barbin São João da Boa Vista - SP

A sogra mal, e o Fernando:
"Há um atalho na avenida!"
a ambulância entrou 'voando'
- e era um beco sem saída'.
Pedro Ornellas São Paulo - SP

MENÇÕES ESPECIAIS

Dando pra um beco o banheiro
da inquilina, uma "parada",
O Zezé ganha dinheiro
cobrando aluguel de escada...
Darli O. Barros Sào Paulo - SP

Num beco da rua Aurora,
pensa, a lusa, distraída:
- Como posso, eu, ir-me embora
se este beco é "sem saída"?...
Hermoclydes Siqueira Franco Rio de Janeiro - RJ

Um casal enamorando,
num beco, aos beijos se alarda,
enquanto ela diz olhando:
- "Amor, olha o guarda, guarda!!!"
Hudson de Almeida-Santa Rita do Sapucaí - MG

O beco é tão estreitinho,
lá onde mora o Janjão,
que da janela o vizinho,
cumprimenta dando a mão...
Jorge Murad Rio de Janeiro - RJ

Em problemas envolvida,
por um beco se meteu,
que não tinha nem saída,
e, mesmo assim, se perdeu! ...
Rodolpho Abbud Nova Friburgo - RJ
==============================================

CATEGORIA ESTADUAL - TEMA: PINHEIRO Líricas/Filosóficas

VENCEDORAS

Pôr do sol, campos desertos,
e o pinheiro então parece
estar de braços abertos
a sussurrar uma prece ...
Adílson de Paula Joaquim Távora - PR

Este pinho, que hoje chora,
cantando o amor e a distância,
jà foi um pinheiro, outrora,
nos natais da minha infância.
Dirce Davenia Guayato Londrina - PR

Hoje estamos separados...
e o destino, a fazer graça,
mostra os "corações gravados"
no pinheiro lá da praça! ...
José Reginaldo Portugal Bandeirantes - PR

Nossos pinheiros, brillhantes,
sobre a serra e em meio ao ar,
lembram taças borbulhantes
fazendo um brinde ao luar!
Lucilia Alzira Trindade Decarli Bandeirantes - PR

Era Natal - eu me lembro!
nosso pinheiro enfeitado...
Hoje a saudade em dezembro,
põe enfeites... no passado!
Maria Lúcia Daloce Castanho Bandeirantes - PR

MENÇÕES HONROSAS

O Pinheiro mais parece
lá no fundo do sertão
um colono em triste prece
pedindo a Deus proteção.
Anita Thomaz Folman Ponta Grossa - PR

Somente o Homem não crê
que a Natureza, num grito,
chora muito, quando vê:
Pinheiro virar "palito"!...
Caroline Portugal Bandeirantes - PR

O Pinheiro no cerrado,
Simbolizando este chão,
faz um protesto ao machado,
em nome desta nação.
Janete de Azevedo Guerra Bandeirantes - PR

Vem Trovador, vem correndo
ao meu Paraná, porque,
o Pinheiro está morrendo...
... De saudades de você!
Neide Rocha Portugal Bandeirantes - PR

Ante os golpes do destino
jamais curve sua fronte,
note o pinheiro, menino,
tão altivo no horizonte!...
Sônia Ma Ditzel Martelo Ponta Grossa - PR

MENÇÕES ESPECIAIS

Nossos pinheirais encantam
e dão fruto ao que parece,
porque quando as mãos o plantam
se juntam como na prece.
Amalia Max Ponta Grossa - PR

Belo e vetusto pinheiro!
Tão alto... é grande a distância...
foi meu leal companheiro
nos doces anos da infância...
Déspina Athanásio Perusso São Jeronimo da Serra - PR

Ao Paraná, imagino,
dentro da graça altaneira,
o pinheiro é como o Hino
ou como a própria Bandeira.
Fernando Vasconcelos Ponta Grossa - PR

A Gralha Azul imponente,
no Pinheiro a revoar,
transporta a deusa semente,
para a terra germinar.
Janete de Azevedo Guerra Bandeirantes - PR

A Deus levantando os braços,
com elegância e vigor;
pinheiros, sem embaraços,
são beijos de Paz e Amor!
Maria Aparecida Taborda França Curitiba - PR
=============================

CATEGORIA ESTADUAL - TEMA: FANTASMA Humorísticas

VENCEDORAS

Diz um fantasma ao colega:
Hoje, a moda é dadivosa
lençol branco, como é brega,
chique mesmo é ... cor de rosa!
Dirce Davenia Guayato Londrina - PR

Do trem-fantasma descendo,
o luso muito espantado,
pra cachopa sai dizendo:
Pegamos o bonde errado!"
Istela Marina Gotelipe Lima Bandeirantes - PR

Dois fantasmas namorando
no escuro da madrugada:
- Tire o lençol, vá tirando!...
- Mas por baixo não tem nada!?
José Reginaldo Portugal Bandeirantes - PR

Do "salve-se quem puder"
a traição, nem percebeu...
- "Não te assustes não, mulher,
que o fantasma já correu!"
Lucilia Alzira Trindade Decarli Bandeirantes - PR

À velha, o doutor confessa:
- Um susto ser-lhe-á fatal!
E o genro mais que depressa,
põe fantasmas... no quintal !
Maria Lúcia Daloce Castanho Bandeirantes - PR

MENÇÕES HONROSAS

Na casa da viuvinha
um "fantasma" me apavora:
pula a janela à noitinha
e despula pela aurora!
Amalia Max Ponta Grossa - PR

Pelado, o fantasma chora,
e ao amigo, lamentou:
- A malvada foi embora,
e até meu lençol levou!
Caroline Portugal Bandeirantes - PR

Um fantasma se assanhou
em bater papos, tadinho...
nas mil vezes que tentou,
ficou falando sozinho!
Fernando Vasconcelos Ponta Grossa - PR

De susto, quase morreu:
- É fantasma - e não ladrão!
E quando a luz acendeu,
era a sogra num roupão!
José Reginaldo Portugal Bandeirantes - PR

Eu só queria "este emprego"...
e a idéia me entusiasma;
ter o salário e o sossego
de um funcionário... fantasma!
Maria Lúcia Daloce Castanho Bandeirantes - PR

MENÇÕES ESPECIAIS

É bem mais fácil trancar
um fantasma na cadeia,
do que tentar segurar
marido de mulher feia!...
Caroline Portugal Bandeirantes - PR

Indo desta pra melhor,
a sogra enganou o Zé...
deu fantasma bem pior,
que não larga do seu pé!
Fernando Vasconcelos Ponta Grossa - PR

Na noite do casamento,
veste o lençol, se entusiasma...
Ele acorda e, sonolento,
grita: - "Socorro' Fantasma!
Lucilia Alzira Trindade Decarli Bandeirantes - PR

Minha mãe sempre falava:
"Não existe assombração..."
Mas eu sempre perguntava:
E "cheque-fantasma", então?
Viviane Rossi Chaves Bandeirantes - PR

A "coroa"ouve um ruído
sutil, mas se entusiasma...
deseja tanto um marido
mesmo que seja um fantasma.
Wanda Rossi de Carvalho Bandeirantes - PR