ÂMBITO NACIONAL = 1º TEMA: "ADEUS"

10 TROVAS VENCEDORAS 
(por ordem alfabética de autores)

ALOÍSIO ALVES DA COSTA - Nova Friburgo
Na janela da lembrança,
num adeus breve e tristonho,
eu vi, chorando, a esperança
se despedindo de um sonho!...

CAROLINA RAMOS - Santos
Adeus, filho. Vive a vida.
Volta um dia, sem promessa...
que a primeira despedida
no ventre da mãe começa...

CÍCERO ROCHA - Juiz de Fora
A cruz do adeus, que era leve,
ficou pesada demais:
disseste e eu disse: "Até breve!";
disse o destino: "Jamais!"

FERREIRA NOBRE - Fortaleza
O tempo, com engenho e arte,
é sábio mas não explica
como a vida de quem parte
leva a vida de quem fica.

FRANCISCO A. MENEZES - Porangatu/GO
Não fales, pois há encanto
nos teus olhos frente aos meus!
As lágrimas dizem tanto
nas reticências do adeus!

JOÃO ALBERTO FERREIRA - Fortaleza
Lição que nos persuade
dá-nos o pássaro, quando
diz adeus à liberdade
e continua cantando.

JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO - RJ   (duas trovas)
Saíste da minha vida
e voltaste tão mudada!
Mais triste que a despedida
foi dar-te adeus à chegada...

Em ausência inesperada
este contraste me assusta:
Dar a Deus, não custa nada,
mas dar adeus, como custa.

MARISOL - Teresópolis/RJ
"Adeus"... disseste chorando
e eu sorrindo te acenei
e ainda vivo sufocando
o pranto que não chorei.

THALMA TAVARES - SP
Numa pétala orvalhada,
uma gota luminosa
é um adeus que a madrugada
deixou na face da rosa.

10 MENÇÕES  HONROSAS
(por ordem alfabética de autores)

ALMERINDA LIPORAGE - RJ
Hoje o adeus que eu te proponho
reduz a dor à metade;
é melhor matar um sonho
que dar vida a uma saudade!

DORALICE GOMES DA ROSA
Um adeus, uma lembrança,
um triste apito de trem...
Na estação uma esperança
nutrindo os sonhos de alguém.

FÁBIO NORONHA - São João da Boa Vista/SP
O adeus funda mágoa lavra
na alma da gente, é verdade,
que as letras dessa palavra
estão, também, em... Saudade!

FRANCISCO A. MENEZES
Disseste adeus... Quanta mágoa
sofri, calado e arredio.
Só damos valor à água
quando o poço está vazio!

IZO GOLDMAN -  SP
Nem a saudade desconta
o "cheque da despedida",
quando o "Adeus" encerra a conta
no "Banco de Nossa Vida"...

LINDA BRANDÃO DIAS - Nova Friburgo
No amor, paira oculto um medo
que faz do amante um covarde:
- o adeus sempre vem tão cedo...
o arrepender-se... tão tarde!

LUIZ RABELO - Natal
"Adeus..." tu disseste, leve,
e eu pude sentir, meu bem,
que uma palavra tão breve
a eternidade contém...

MIGUEL RUSSOWSKY - Joaçaba/SC
Do que falaste, de leve,
mais tarde fui deduzir:
"Amor!... Adeus!... Até breve!..."
são três formas de mentir.

MILTON SEBASTIÃO SOUZA - Porto Alegre
Dizer adeus é tolice,
mas este orgulho maldito
só deixou que eu descobrisse
depois que eu já tinha dito...

VASQUES FILHO
As nossas mãos enlaçadas,
neste adeus de despedida,
separam nossas estradas
e os rumos da nossa vida.

10 MENÇÕES  ESPECIAIS
(por ordem alfabética de autores)

ADÉLIA V. FERREIRA - SP
Ao nosso adeus a esta vida
há um tormento reservado
na promessa - não cumprida,
no sonho - não realizado.

CÉLIA GUIMARÃES SANTANA - Sete Lagoas/MG
Quando o sol vai se escondendo
sem adeus, sem despedida,
com as estrelas aprendo
a sábia lição da vida!

CLÓVIS MAIA - Ribeirão Preto/SP
De déu em déu pela vida,
eu chego a sentir-me assim:
sinto que em cada partida
eu me despeço de mim.

DALVA GUEDES DE ATHAYDE
Carta de adeus em meu cofre,
não testemunha a revolta
do coração que ainda sofre,
à espera de quem não volta!

ERCY MARIA MARQUES DE FARIA - Bauru/SP
Dizendo "adeus", fote embora,
levando em tua bagagem
meu coração, que até agora
não regressou da viagem!

FERREIRA NOBRE - Fortaleza
Quando o sol, em tons vermelhos,
diz adeus, em agonia,
põe-se a tarde de joelhos
chorando a morte do dia.

LINDA BRANDÃO DIAS
Nas saudades dolorosas
daquele adeus triste e terno,
tuas lembranças são rosas
que colho... nos meus invernos...

THALMA TAVARES
Por mais esforço que eu faça,
cada vez mais me convenço
de que o adeus não tem graça
sem a ternura de um lenço.

WALDIR NEVES - RJ
Junto à mágoa pelo adeus,
este espanto em mim persiste:
- ver, todo, o nome de Deus
nessa palavra tão triste!...

WALTER WAENY - Santos
Despedida... Eu não me iludo:
todo adeus me faz sofrer
e, embora dizendo tudo,
resta sempre o que dizer!

...................................................................
ÂMBITO NACIONAL = 2º TEMA: "LENÇO"

10 TROVAS VENCEDORAS 
(por ordem alfabética de autores)

ADÉLIA V. FERREIRA
Quanto mais a despedida
recordo, mais me convenço
que a minha dor, refletida,
foi que abanou o teu lenço...

ANITA THOMAZ FOLLMANN - Ponta Grossa/PR
Lenço velho e até rasgado,
mas que tem real valor:
- Lenço de suor molhado
na mão do trabalhador.

BATISTA SOARES
Partes... E eu fico suspenso
ao vazio que há em tudo,
e vejo o acenar de um lenço
que tudo diz, sendo mudo!...

DIMAS LOPES DE ALMEIDA - Carvalho/Portugal
O lenço branco que acena
um adeus de despedida
é leve como uma pena
e pesa tanto na vida!

GISELDA MEDEIROS - Fortaleza
No cais da vida, à distância,
acompanhei com saudade
o lenço branco da infância
dando adeus à mocidade.

HELVÉCIO BARROS
Teu lenço branco acenando,
na tarde azul, parecia
uma vela se apagando
nas mãos cansadas do dia!...

LACY JOSÉ RAYMUNDI - São José do Ouro/RS
A nuvem branca passando
parece, no céu sem fim,
teu lenço branco, acenando
um "nunca mais", para mim...

SEBAS SUNDFELD
O lenço já foi presente
de seda... e de amor fiel...
Hoje o amor é diferente
e os lenços são de papel!

VANDA FAGUNDES QUEIROZ - Curitiba   (duas trovas)
Meu lenço, meu companheiro,
saiba os segredos guardar.
Além do meu travesseiro,
só você me viu chorar...

Num dos jogos mais astutos
que a vida tem-me ensinado,
eu mostro os olhos enxutos
e escondo o lenço molhado.

10 MENÇÕES  HONROSAS
(por ordem alfabética de autores)

ADALBERTO DUTRA DE REZENDE
Atenuando a dor alheia,
o lenço sempre agasalha
lágrimas de quem pranteia
e o suor de quem trabalha.

AMÁLIA MAX
Borboletas pelos prados,
voejando com leveza,
são lencinhos delicados
nas mãos da mãe-natureza.

ANA MARIA MOTTA - Nova Friburgo
Ao longe um lenço balança,
num gesto triste de quem
quer levar, como lembrança,
o desespero de alguém.

DIAS MONTEIRO - Taubaté/SP
do seu leito de ouro, em fuga,
nesta festiva alvorada,
o lenço do sol enxuga
o pranto da madrugada.

EDMAR JAPIASSÚ MAIA - RJ
Pelos caminhos que sigo,
a dor não me pesa tanto,
quando encontro um lenço amigo
para enxugar o meu pranto...

ELISA DOS S. SEBASTIÃO - Curitiba
Quanto mais você se afasta,
maior o meu desencanto,
que um lenço só já não basta
para secar o meu pranto.

SÉRGIO BERNARDO - nova Friburgo
Chove... E no espaço suspenso,
vertendo luz, sem alarde,
o Sol é um doirado lenço
que enxuga o pranto da tarde!...

VASQUES FILHO
Solitário e amargurado,
nos meus pernoites tristonhos,
beijo teu lenço molhado
de chorar restos de sonhos!...

WALDIR NEVES
Quando o lenço em movimento
consumou a despedida,
senti caber, num momento,
toda a amargura da vida...

WALTER WAENY
Como o sol enxuga o orvalho,
o lenço um serviço presta:
seca o suor que o trabalho
faz brotar na minha testa.

10 MENÇÕES  ESPECIAIS
(por ordem alfabética de autores)

ALOÍSIO ALVES DA COSTA
Faz dois milênios, Senhor,
que dando exemplo fecundo,
o lenço do Teu amor
enxuga o pranto do mundo.

ARLINDO TADEU HAGEN
Teu adeus em gestos francos
me fez crer, na despedida,
que acenos de lenços brancos
tornam mais negra a partida.

CÍCERO ROCHA
Debaixo do céu imenso,
que de cinza se cobria,
levei, molhando no lenço,
o fim do amor de Maria.

DALVA GUEDES DE ATHAYDE
Chega a noite... O frio é intenso...
Olho o céu... Não posso vê-las...
A névoa parece um lenço
cobrindo o olhar das estrelas!...

FERNANDO CÂNCIO - Fortaleza
Um apito na estação...
Um lenço acena tristonho...
O aperto no coração
e a saudade em vez do sonho!

JOÃO CURTY - Nova Friburgo
Acenou a mão ligeira
um lenço que, na verdade,
fez do adeus uma bandeira
plantada numa saudade.

LAVÍNIO GOMES DE ALMEIDA - São Vicente/SP
Indecifrável arcano
entre tantos fariseus,
marcou num lenço de pano
a vera efígie do adeus.

MARIA HELENA V. DE CARVALHO - RJ
Disse-te um adeus imenso!
Foi quando vi que na vida,
dentro do branco do lenço
cabe o negro da partida.

MILTON S. SOUZA
A saudade, de mansinho,
sorrateira... vai chegando
sempre que vê no caminho
um lenço branco acenando...

WALTER WAENY
O teu lenço, minha amada,
depois deste amor desfeito,
é bandeira desfraldada
nas solidões do meu peito!

------------------------------------------------------------
NOTA = esse material foi uma gentil contribuição do "Magnífico Trovador" IZO GOLDMAN, da UBT São Paulo/SP
==============================