CONCURSO  REGIONAL = TEMA:  "CAÇAPAVA"

1º lugar: MARIA LARA DE SOUZA
Em cada rima que faço
pra Caçapava exaltar,
do coração um pedaço
arranco para lhe dar.

2º lugar: ANDRÉ EDUARDO L. ZANETTI
Rimando trova com rosa
pus banca de trovador
só pra dizer, numa trova,
que Caçapava é um amor.

3º lugar: OZÓRIO PORTO
Ainda que fosse minha
toda fonte do saber,
não poderia em quadrinha
Caçapava descrever.

4º lugar: CEL. ARNALDO RÉGIS
Trovador queria ser
para em trovas proclamar,
Caçapava, o meu querer
é sempre querer te amar.

5º lugar: DALMACI NOVAES
Não te dou meu coração
pois assim eu morreria
e, de que maneira então,
Caçapava, eu te amaria?

6º lugar: OSÓRIO DA CUNHA LARA NETO
Caçapava é uma criança
com muita graça e vigor;
tão bela como a esperança
e linda como uma flor.

7º lugar: CEL. ARNALDO RÉGIS
Caçapava tem um quê
que outras cidades não têm;
ninguém explica porquê,
mas todos a querem bem.

8º lugar: WALTER SOARES
Um beija-flor a cantar,
o mundo sobrevoava;
um dia não quis voltar,
pois descobriu Caçapava.

9º lugar: FRANCISCO S. LARA
Caçapava é o meu cantinho,
minha clareira de flores,
a esconder com carinho
minha ilusão, meus amores.

10º lugar: DIAS MONTEIRO
Caçapava, eu vou louvar
quem com tal sabedoria
houve por bem te chamar
de "Cidade Simpatia"!

MENÇÕES   HONROSAS

DE PAULA MADIA
No agrado da brisa calma,
no canto do sabiá,
bem no fundo de minha alma,
Caçapava sempre está.

OSÓRIO PORTO
Sou camponês de nascença,
amo a várzea e a terra brava,
mas me cativa a presença
da cidade Caçapava.

OZÓRIO DA CUNHA LARA NETO
São João Batista sonhava
em vir na terra morar;
dos sonhos fez Caçapava,
de Caçapava seu lar.

DE PAULA MADIA
Quando o sabiá desata
em Caçapava o seu canto,
os olhos verdes da mata
quase se afogam no pranto.

MARIA LARA DE SOUZA
Caçapava é minha terra,
meu mundo, minha alegria,
toda poesia que encerra
meu viver de cada dia.

MARIA DE LOURDES P. QUINTANILHA
Caçapava tem quartel,
tem escolas, tem moçada,
doceiras tem a granel...
Tem rapadura e "Taiada".

OSÓRIO DA C. LARA NETO
Caçapava é uma clareira
que Deus criou no sertão
desta terra brasileira,
para entregá-la a São João.

CESÍDIO AMBROGI
Caçapava docemente
a todos seduz e prende:
- o seu chão agarra a gente,
que à sua gente se rende...

ÉZIA FLÓES TORRES
Faço versos imperfeitos
mas, cheios de devoção;
Caçapava, tu, nos feitos,
guardas minha gratidão.

CESÍDIO AMBROGI
De um jogo ou cateretê,
em festas que o povo faz,
quem em Caçapava os vê,
deles não se esquece mais...

BENEDITO NUNES DE ASSIS
Assim és tu, Caçapava:
- Caia a noite ou raie o dia,
povo nobre, gente brava,
Oh! "Cidade Simpatia"!
................................................
NOTA = esse material foi uma gentil contribuição do "Magnífico Trovador" IZO GOLDMAN, da UBT São Paulo/SP