VII CONCURSO DO CLUBE DOS TROVADORES DO SERIDÓ 

 TEMA: NINHO - ESTADUAL 
(Comissão Julgadora: Gislaine Canales-SC , Delcy Canalles-RS, Elizabeth Souza Cruz-RJ,> > Marina Bruna-SP e Carmen Pio- RS)

1° - Que venham chuva e calor,
> que os ventos desçam ou subam,
> pois ninhos feitos de amor
> tempestades não derrubam...
> Ademar Macedo> >

2° - Meu rancho, no campo em flor,
> longe de intriga e maldade,
> era o meu ninho de amor,
> hoje é o ninho da saudade!
> José Lucas de Barros> > >

3°- Feitas de sonhos e flores,
> as nossas trovas são ninhos,
> onde os vates trovadores
> trinam como passarinhos.
> José Lucas de Barros
 

4° - Quando em nosso ninho pobre
> tu me abraças carinhosa,
> a tosca palha que o cobre
> vira pétalas de rosa!...
> Clarindo Batista> > >

5° - Não busco da vida o intento
> senão de ser, todo dia,
> feliz a cada momento
> no meu ninho de poesia!
> Mara Garcia> > >

6° - O meu refúgio primeiro
> gravado está na lembrança,
> era ninho verdadeiro
> o lar que me viu criança.
> Manoel Dantas> > >

7° - Nem que venha uma avalancha
> por um raio abrasador,
> nada no mundo desmancha
> o nosso ninho de amor.
> Chico Mota> > >

8° - Seja terrestre ou marinho,
> vejo o pássaro tristonho
> quando alguém destrói seu ninho,
> desconstruindo seu sonho.
> Marcos Medeiros> > >

9° - Minha casa, doce ninho,
> o passado é quem me diz
> que longe do seu carinho
> jamais eu serei feliz.
> Ieda Lima> > >

10° - Todo amor que a ti proponho,
> com ternura e com carinho,
> faz parte de um grande sonho,
> construção de nosso ninho.
> Hélio Pedro> > >

11° - Quando adormeço, sozinho,
> relembrando aquele adeus...
> a lembrança é o triste ninho
> do calor dos braços teus!
> Mara Garcia> > >

12° - Aos pedacinhos de afeto
> juntei plumas de carinho;
> daí nascendo o projeto
> eu e você, um só ninho.
> Hélio Pedro> > >

13° - Por mais conforto e carinho
> numa gaiola dourada,
> a ave não esquece o ninho
> e a liberdade ceifada.
> Severino Campelo> > >

14° - – Com singela perfeição
> um pequeno passarinho
> faz uma linda mansão
> da construção do seu ninho.
> Eva Garcia> > >

15° - Nosso ninho, bem tecido,
> com fios de lealdade,
> sempre estará protegido
> contra chuva e tempestade.
> José Lucas de Barros > __________________________________________________________

 TEMA: ESTRADA- NACIONAL
(Comissão Julgadora Nacional: José Lucas de Barros, Ademar Macedo, Joamir Medeiros, Fabiano de Cristo Wanderley e Ubiratan Queiroz.)

1°- Deus modela a nossa estrada
> porém nós, em atos falhos,
> modificando a jornada,
> nos perdemos nos atalhos...
> Marina Bruna - SP>> > >

2°- Não reclames dos espinhos,
> na estrada do teu fadário...
> Jesus tinha outros caminhos
> mas escolheu o Calvário.
> José Valdez - Pindamonhangaba - SP> > >

3°- Faze da vida, sem pressa,
> um constante aprendizado;
> toda estrada só começa
> no primeiro passo dado!
> Nélio Bessant –Pindamonhangaba - SP> > >

4°- Na estrada, outra pedra imensa,
> mas, nem assim titubeio:
> - não há revés que não vença
> quem crê em Deus, como eu creio...
> Darly Barros - SP> > >

5°- Nossa estrada, que era igual,
> dividiu-se em dois caminhos:
> eu, regando o roseiral,
> você...contando os espinhos.
> Vanda Fagundes Queiroz – Curitiba - PR> > >

6°- Foste embora e por maldade
> deixaste a troco de nada,
> rastros da tua saudade
> em cada curva da estrada!...
> Marilúcia Resende - SP> > >

7°- Quem leva o amor, na jornada
> como um bordão e um escudo,
> será feliz pela estrada,
> pois só quem ama tem tudo!
> Ivone Taglialegna Prado - Belo Horizonte - MG> > >

8°- Estas pedras que me atiram
> no decurso da jornada
> embora todas me firam,
> vão calçando a minha estrada.
> Pedro Viana Filho – Volta Redonda - RJ> > >

9°- Sonho um mundo colorido,
> flores perfumando a estrada,
> sem um ai, sem um gemido,
> de criança abandonada.
> Marina Gomes de Souza Valente - Bragança Paulista - SP>

10° - Caminho, mantendo acesa
a chama da sensatez,
na estrada em que, com certeza,
não passarei outra vez!
> Therezinha Dieguez Brisolla-SP. > >

11°- Não te desvies da estrada,
> buscando atalhos bisonhos;
> a vida não vale nada
> se sufocares teus sonhos...
> Ercy Maria Marques de Faria - Bauru - SP> > >

12°- Toda cruz abarrotada
> de imperfeições pessoais,
> faz mais longa a humana estrada,
> por ser pesada demais...
> Edmar Japiassú Maia - RJ> > >

13°- A estrada de nossas vidas
> tem vias bem desiguais:
> - às vezes, muito compridas...
> - às vezes, curtas demais!
> Eduardo A. O. Toledo – Pouso Alegre - MG> > >

14°- Escolha bem – no começo –
> pois, o pedágio da vida
> sempre nos cobra alto preço
> na estrada mal escolhida...
> Regina Célia de Andrade - Magé - RJ> > >

15°- São tantas encruzilhadas!...
> Por isso eu me perco assim,
> ao trafegar nas estradas
> que existem...dentro de mim!...
> Newton Vieira - Curvelo - MG
=====================================

Prof. Garcia – Caicó- RN, 31.07.2008 :
Coordenador Geral do Concurso