RESULTADOS DO XIV CONCURSO DE TROVAS DE CAICÓ/RN - 2015

 
 
 
ÂMBITO NACIONAL/INTERNACIONAL – TEMA: SEIVA
 
CATEGORIA: VETERANOS
 
1º LUGAR: Bessant (Pindamonhangaba-SP)
Lenhador, o lenho é duro,
e a seiva que dele escorre,
é o teu choro no futuro,
pelo verde que hoje morre! 
 
2º LUGAR: Vanda Alves da Silva (Curitiba-PR)
Folhas úmidas denotam,
num tronco recém tombado,
gotas de seiva que brotam,
em pranto, sobre o machado...
 
3º LUGAR: Arlindo Tadeu Hagen (Juiz de Fora-MG)
Onde a esperança é perdida
o desespero se lança
que a nossa vida é nutrida
pela seiva da esperança!
 
4º LUGAR: Ercy Maria Marques de Faria (Bauru-SP)
Nem mesmo o rigor da idade
nos envolve em suas teias,
se a seiva da mocidade
corre ainda em nossas veias...
 
5º LUGAR: Cláudio de Cápua (Santos-SP)
Minha vida é um esplendor
se, com sede, os lábios meus
bebem a seiva do amor,
na taça dos lábios teus.
 
6º LUGAR: Jaime Pina da Silveira (São Paulo-SP)
Não desperdice com vícios
a seiva da mocidade!
Pois, é desses desperdícios,
que depende a velha idade!
 
7º LUGAR: José Henrique da Costa (Magé-RJ)
Morreu com tua partida
nossa roseira viçosa.
Sofri! Foste minha vida
e foste a seiva da rosa!
 
8º LUGAR: Relva do Egypto Resende Silveira (Belo Horizonte-MG)
Depois da tua partida,
perdi o encanto e o vigor...
Se o amor é a seiva da vida,
não há vida sem amor.
 
9º LUGAR: Licínio Antônio de Andrade (Juiz de Fora-MG)
Aquele beijo molhado
Na seiva do nosso amor,
Fez o céu todo estrelado
Brilhar com mais esplendor.
 
10º LUGAR: A. A. de Assis (Maringá-PR)
A bondade é seiva rara
que energiza o coração
daquele  que ao velho ampara
e aos órfãos estende a mão.
 
11º LUGAR: Therezinha Dieguez Brisolla (São Paulo-SP)
Coração empedernido,
que cede o espaço ao rancor,
é qual galho ressequido...
Falta-lhe a seiva do amor!
 
12º LUGAR: José Guarany Rodrigues (Pindamonhangaba-SP)
Com sua mão poderosa,
o homem causa tristeza,
transforma a seiva viscosa
em choro da natureza.
 
13º LUGAR: Ailto Rodrigues (Nova Friburgo-RJ)
O meu abraço se apossa,
de ti, e o ardor é recheio,
da seiva do amor que adoça
o beijo que saboreio!
 
14º LUGAR: Gilvan Carneiro da Silva (São Gonçalo-RJ)
Caatinga em brasa... O ar é mudo...
raízes... Terra queimada...
Num chão isento de tudo
anseiam seivas do nada...
 
15º LUGAR: Luiz Carlos Abritta (Belo Horizonte-MG)
Recolho a seiva da vida
e dela recebo os pomos:
Velha  história, resumida,
daquilo que nós já fomos!
 x x x x x x x x
 
Comissão Julgadora:
Hélio Alexandre
Hélio Pedro Souza
José Lucas de Barros
Prof. Garcia
 
Coordenador: Djalma Mota
 
 
CATEGORIA: NOVO TROVADOR
 
1º LUGAR: Lília Souza (Curitiba-PR)
O amor de mãe - o mais terno
foi luz que me conduziu,
agasalhou-me no inverno,
foi seiva que me nutriu.
 
2º LUGAR: Alice Cristina Velho Brandão (Caxias do Sul-RS)
Em meio aos lençóis de linho,
num abraço acolhedor,
a seiva do teu carinho
fortalece o nosso amor!
 
3º LUGAR: Edweine Loureiro (Saitama-Japão)
Do tronco a seiva se esvai,
e, pela ambição ferido,
é mais um cedro que cai,
sem que alguém seja punido.
 
4º LUGAR: Maryland Faillace (Santos-SP)
Árvore não geme ou chora
quando lhe passam a serra.
Sobre a seiva que se aflora,
se ajoelha e cai por terra!
 
5º LUGAR: Vera Lúcia Gila Piedade (Aracaju-SE)
Não busco as coisas alheias,
nem quero as minhas perder.
Eu trago nas minhas veias
a seiva do bem-querer.
x x x x x x x 
 
Comissão Julgadora:
Hélio Alexandre
Hélio Pedro Souza
José Lucas de Barros
Prof. Garcia
 
Coordenador: Djalma Mota
 ==================================================
 
ÂMBITO ESTADUAL (RN) – TEMA: SOMBRA
 
 
1º LUGAR: JANILO SANTOS (Natal-RN)
Vi hoje, todas as provas,
sombras de tempos remotos:
Sou velho nas fotos novas,
sou novo nas velhas fotos.

2º LUGAR: PROF. MAIA (Caicó-RN)
Duas mãos entrelaçadas,
mesmo em um tom bicolor;
suas sombras projetadas
mostram somente uma cor.

3º LUGAR: MANOEL CAVALCANTE (Pau dos Ferros-RN)
Sob os lençóis do abandono,
na sombra dos véus da lua,
dorme com fome e sem sono,
mais um sonho entregue à rua.

4º LUGAR: HÉLIO ALEXANDRE (Natal-RN)
Meu peito pede clemência...
E, à luz da saudade, vejo
que a sombra da tua ausência
sempre incide em meu desejo!

5º LUGAR: EVA YANNI GARCIA (Caicó-RN)
O nosso amor era tanto,
e tão grande a persistência,
que hoje consolo o meu pranto
na sombra da tua ausência.

6º LUGAR: FABIANO WANDERLEY (Natal-RN)
A sombra da minha vida,
aos poucos, vai se esmaiando.
A luz intensa, incendida,
do tempo, está se ofuscando.

7º LUGAR: HEDER RUBENS (Natal-RN)
A claridade vagueia...
E a sombra, faceira, espreita
entre os contornos da areia
a cena de amor perfeita!

8º LUGAR: MÁRIO LÚCIO BARBOSA (Natal-RN)
A sombra, que se projeta
lembrando o lânguido e o triste,
é a forma mais concreta
de mostrar que a luz existe.

9º LUGAR: PROF. GARCIA (Caicó-RN)
Sem ver-te!... E, os meus desenganos,
marcando o passo em meu rosto,
vão dando às sombras dos anos,
provas vivas de um sol posto.

10º LUGAR: LUCÉLIA SANTOS (Patu-RN)
Vagando em meu padecer,
tantos delírios, eu tinha;
que eu até podia ver
tua sombra junto a minha.

11º LUGAR: EXPEDITO JORGE (Caicó-RN)
No pino do meio dia,
o Sertão está um braseiro;
e o sertanejo assedia
a sombra do Juazeiro.
 
12º LUGAR: HERBETE FELIPE (Natal-RN)
 A sombra que, a cada passo,
nos persegue, sem pudor,
 reproduz o fino traço
 do nosso caso de amor.
 
13º LUGAR: HÉLIO PEDRO SOUZA (Natal-RN)
Um triste adeus e a partida...
Teu lenço acenando ao cais
são sombras da despedida
que hoje alimentam meus ais.
 
14º LUGAR: PLÁCIDO AMARAL (Caicó-RN)
Hoje resta só a sombra
do que foi no seu passado.
É vulto que não assombra,
nem desassombra, o coitado...
 
15º LUGAR: CARLOS ALBERTO (São José do Seridó-RN)
Estou na sombra de Deus,
posso dizer que estou bem...
Sem a luz dos olhos meus,
vivo outra sombra também!
 x x x x x x x 
 
Comissão julgadora:
Arlindo Tadeu Hagen
Edmar Japiassú Maia
Gislaine Canales
Wanda de Paula Mourthé
 
Coordenador: Wellington Freitas
=================================== 
 
TEMA INTERNACIONAL – LÍNGUA HISPÂNICA: MAR 
 
GANADORES
 
1º Lugar:
Mar de las olas bramantes
y de gaviotas viajeras,
guardas secretos de amantes
e ilusiones pasajeras. 
 Maria Cristina Fervier- Argentina
mariacristinafervier@hotmail.com
 
2º Lugar:
Canto al MAR, no es utopía,
ni mi amor, por las sirenas,
que entre cantos de alegría
¡Van retirando mis penas! 
Ady Yagur- Israel
adiyag@hotmail.com
 
3º Lugar:
Éden de aguas cristalinas
es el MAR en lo profundo.
Dios hizo cosas divinas;
¡Las más hermosas, del mundo! 
Cristina Olivera Chávez-USA
colibrirosebelle@aol.com
 
4º Lugar:
Cruza mi trova la mar
como el velero y el viento,
como el alma de un cantar
repleta de sentimiento. 
Teresa de Jesús Rodríguez Lara- España
trodriguezlara@hotmail.com
 
5º Lugar:
El mar oculta un tesoro
que ha pasado inadvertido,
más que los cofres con oro,
es santuario bendecido. 
Gisela Cueto Lacomba-Cuba
Gisela062546@aol.com
 
MENCIÓN HONROSA
 
Mis ilusiones volaban
saltando orillas del mar,
y mis canciones brincaban
para ese mar encantar. 
Ime Bisassoni-Argentina
luzylorca@hotmail.com
 
Amor de DIOS insondable
tan profundo como el mar
al darse es inagotable
con el me dejo llevar. 
Libia Beatriz Carciofetti- Argentina
libiacarciofetti@arnet.com.ar 
 
Soy el MAR, su Majestad;
más inmenso que la tierra
siempre vivo en libertad
porque a mí, nadie me encierra. 
SARA Baca Vaca ( ANGELINA Sara )
angelinasarabv@hotmail.com
 
Cuando el mar está dormido
es limpio espejo del cielo
y en velamen encendido
la luna es blanco velero. 
María Sánchez Fernández-España
msfdez@telefonica.net
 
En su gran inmensidad
yo surco la mar serena
solo con mi soledad
cantando mi triste pena. 
Carlos Imaz Alcaide-Francia
Copernic66@aol.com
 
MENCIÓN ESPECIAL
 
En el mar de tu mirada
se traslucen sensaciones,
que me dejan cautivada
y aceleran mis pasiones. 
Ángela Desirée Palacios-Venezuela
angeladesiree18@hotmail.com
 
¡En la barca de la vida
recorro el mar de mis horas
ora calma, ora atrevida,
sin apuros ni demoras! 
Irene Mercedes Aguirre- Argentina
aguirreirene@gmail.com
 
El mar se deshace en olas
besando playas desiertas,
y con su canción a solas
murmura cosas inciertas. 
Freddy Ramos Carmona-Mexico
forteccancun1@hotmail.com 
 
En el mar de mi existencia
flota una Dalia en sus olas,
esa flor con su presencia
nunca, me ha dejado a solas. 
Carlos E. Rodríguez Sánchez – USA
carlosrodriguezsanchez@hotmail.com
 
Sus aguas son un gran beso
que ningún humano imita,
el  MAR es gran embeleso
donde la vida palpita. 
Anahí Duzevich Bezoz – Argentina
 be-o-adb@hotmail.com
 x x x x x x x 
 
Comissão Julgadora :
A. A. de Assis
Carolina Ramo s
Lisete Johnson
Maria Luiza Walendowski
Prof. Garcia
Thalma Tavares
 
Coordenadoras:
Cristina Oliveira Chávez
Gislaine Canales

============================================