CLUBE PORTUGUÊS DE SÃO PAULO CONCURSO INTERNAC. DE TROVAS – 1997 (todas as classificações em ordem alfabética)

ÂMBITO ESTADUAL = TEMA: “CONVITE”

VENCEDORES

Nosso beijo ao fim do baile,
ao nos levar aos extremos,
foi convite escrito em braile,
que mesmo cegos nós lemos!
ANTONIO DE OLIVEIRA – SP

Num pensamento distante
lembrei meus sonhos e vi,
no convite de um instante,
que eu tive tudo e perdi...
APARECIDO ELIAS PESCADOR – SP

Por não ter teu braço amigo
no meu triste caminhar,
a solidão vai comigo,
nem precisa convidar! CAMPOS SALES – SP

Para o enlace convidado,
só eu sei quanto doeu
ver teu nome, lado a lado,
de um outro, que não o meu...
DARLY O. BARROS – SP

Teu corpo, assim sinuoso,
cheira a convite suspeito:
o rio mais caudaloso
tem mais mistérios no leito...
DIVENEI BOSELI – SP

Perdulária e irrefletida,
minha paciência permite
gastar meus restos de vida
à espera do teu convite.
HERIBALDO GERBASI SP

Lições de amor a teu lado,
convite que eu quis ganhar,
e o destino desalmado
entregou noutro lugar.
MARIA HELENA CALAZANS DUARTE – SP

Nosso amor, de tão antigo,
esta exigência permite:
- o viver feliz comigo
é ordem, não é convite...
NILO ENTHOLZER FERREIRA – Santos

Basta que o peito palpite,
a chamá-la, levemente,
saudade aceita o convite
e invade o peito da gente!
OSCAR VIERA SOARES – Taubaté

Do sonho compartilhado
agora somente resta
um convite amarelado,
marcando o dia da festa...
SÉRGIO FERREIRA DA SILVA SP

MENÇÕES HONROSAS

O iludido não se cansa
de aceitar, gostosamente,
os convites da esperança,
mesmo o saber que ela mente...
ADÉLIA VICTÓRIA FERREIRA – SP

Letras feias, mal impressas,
e o descuido peculiar
de quem, convidando às pressas,
sabe que eu não vou faltar...
ALBA CHRISTINA CAMPOS NETTO – SP

De um simples convite a esmo,
escravo de ti me fiz,
e hoje esqueço de mim mesmo,
para fazer-te feliz.
CIDOCA DA SILVA VELHO – Jundiaí

No olhar, teu convite escrito
com as chamas da paixão,
deitou por terra o conflito
que havia entre um SIM e um NÃO...
DARLY O. BARROS

Não me convides, saudade,
a relembrar o passado;
para falar a verdade,
nem sonhos tenho sonhado!
DEIRES HOFFMANN – Amparo

Soubesses medir o peso
que tem a palavra “Não”,
saberias que o desprezo
é convite à traição...
DIVENEI BOSELI

Um convite sobre a estante,
uma festa de noivado...
Sentença, sem apelante,
de morte do convidado.
DOROTHY JANSSON MORETTI - Sorocaba

Fiz um convite ao amor,
que voltasse, sem demora...
Pois sei que a saudade e a dor
já fazem ronda, lá fora!
GIVA DA ROCHA – SP

Ouvindo o som de uma festa,
na solidão, eu me enleio
na lembrança que ainda resta
de um convite que não veio...
RENATA PACCOLA – SP

Para encontros conhecidos,
as saudades, certamente,
são convites recebidos
pelo próprio remetente.
SEBAS SUNDFELD - Tambaú

////////////////////////////////////////////////////////

ÂMBITO NACIONAL = TEMA: “SONHO”

VENCEDORES

Meu destino, eu mesmo traço,
tendo o sonho por partida,
que o sonho é o primeiro passo
do que a gente quer na vida!
ALBERTINA MOREIRA PEDRO – RIO

Não amordaço meus sonhos!
Sem algema e sem mordaça,
os terei bem mais risonhos
enquanto a vida não passa.
ANTONIO BISPO DOS SANTOS – Niterói

Lanço a bomba do meu sonho,
ogiva de paz e amor,
e o cogumelo medonho
ganha formato de flor!...
CEZAR AUGUSTO DEFILIPPO – Juiz de Fora

O sonho é carga festiva
nos trilhos das ilusões;
o amor é a locomotiva
que vem puxando os vagões...
EDMAR JAPIASSÚ MAIA – RIO

Não mais a noite encantada,
nem mais sonhos... amanhece...
Em cada estrela apagada
um lindo sonho adormece!
HEDDA DE MORAES CARVALHO –N. Friburgo

Quando formal eu te abraço,
tu nem percebes, suponho,
o quanto eu sinto que enlaço
a forma viva de um sonho!
HELOISA ZANCONATO – Juiz de Fora

Um triste adeus... e depois
de nossas mãos separadas,
vejo o sonho de nós dois
e a saudade... de mãos dadas
JOSÉ MESSIAS BRAZ – Pouso Alegre

A vida quem faz é a gente!
Mostra ao mundo que és capaz,
deixa o sonho e segue em frente,
que o teu sonho segue atrás...
NEWTON MEYER AZEVEDO – Pouso Alegre

De tantos sonhos vividos,
alguns eu pude alcançar,
mas, mesmo os sonhos perdidos,
valeu a pena sonhar...
OCTÁVIO VENTURELLI – Nova Friburgo

Na vida, instável cassino,
as vitórias serão fartas,
se, no jogo do destino,
nosso sonho der as cartas!
SÉRGIO BERNARDO – Nova Friburgo

MENÇÕES HONROSAS

Prossegue na caminhada,
se o teu sonho se desfez,
e, em cada curva da estrada,
sonha outro sonho, outra vez!
ALBERTINA MOREIRA PEDRO

Fez silêncio a nossa lira
ao toque da realidade.
Se o teu sonho foi mentira,
meu pesadelo é verdade.
ALOYSIO ALFREDO SILVA – Juiz de Fora

Chegaste... e a tua chegada
varreu, com gestos risonhos,
a poeira acumulada
sobre as costas dos meus sonhos!
ARLINDO TADEU HAGEN – Juiz de Fora

Ouço passos na calçada...
E, ao desejar-te em meus braços,
na insônia da madrugada
sonho que sejam teus passos!
EDMAR JAPIASSÚ MAIA

Em mim a mágoa não vive
dos fracassos naturais
pois na vida, o que não tive,
foi porque sonhei demais!
HEDDA DE M. CARVALHO – Nova Friburgo

Que importa que seja breve;
que tenha chances pequenas...
Quem tem um sonho não deve
concluir que é sonho apenas!
HELOISA ZANCONATO PINTO

A brisa soprou de leve
no baú do meu passado,
revolveu um sonho breve
há tanto tempo guardado!
LUCÍLIA CÂNDIDA SOBRINHO – BH

Partiste... e na despedida,
no teu ar de quem conspira,
vi quanto perdi de vida
com um sonho de mentira...
MARIA NASCIMENTO S. CARVALHO – RIO

Meus sonhos, antes tão guapos,
minha alma os beija, um a um...
mas, tristonha, vê que os sapos
não viram príncipe algum!...
SÉRGIO BERNARDO

Sonha, poeta! Benditos
são teus sonhos... teus desvãos...
que rasgam céus... infinitos...
trazendo estrelas nas mãos.
WILMA MELLO CAVALHEIRO – Pelotas/RS

---------------------------------------------------------

PARA TROVADORES DE PORTUGAL TEMA: “COLINA”

VENCEDORES

Cada colina é janela
de onde Lisboa, vaidosa,
se retrata na aquarela
dos telhados cor de rosa...
DOMINGOS FREIRE CARDOSO – Porto

Lisboa, nobre cidade, com tuas sete colinas, és a luz da Liberdade e o baluarte das Quinas! FRANCISCO SANTOS – Vagos

Na ascensão e na descida
das colinas da cidade,
surge mais uma à partida:
- A Colina da Saudade!
Mª AMÉLIA PINTO C. ALMEIDA – Lisboa

Uma Colina?... Tens sete!
Maravilhosa cidade.
Vaidoso o Tejo reflete
teu cartão de identidade...
Mª HELENA MORAIS O. CARNEIRO – Lisboa