www.falandodetrova.com.br/colunas
 

HERANÇA POÉTICA

Colaboração de Maria Thereza Cavalheiro

Trovas sobre o “DIA DO PALHAÇO”
 

 

Não há criança que não tenha predileção por um espetáculo circense. Mesmo os adolescentes e os adultos revivem nessas apresentações os bons tempos de meninice e se empolgam com as brincadeiras, cada vez mais atraentes e sofisticadas.
 

Mas o circo sempre teve a sua figura imprescindível: o palhaço. De início, os palhaços se apresentavam sozinhos e calados; faziam trejeitos e graças mudas. Com o tempo, formaram-se duplas e começaram os diálogos. O circo foi evoluindo cada vez mais, com cenas divertidas, números musicais, trapezistas... mas o palhaço sempre teve o seu papel.
 

Pela importância do tema, foi estipulado o “Dia do Palhaço” a 10 de dezembro, e o “Dia do Circo” a 27 de março - uma justa homenagem a criaturas que, até com risco de sua segurança, levam a alegria e a emoção ao povo.
 

Diz o ditado que “a alegria do palhaço é ver o circo pegar fogo”. Nada mais verdadeiro, porém, não em sentido literal. Ele não torce para os bombeiros terem trabalho... Gosta de ver o circo “pegar fogo” quando a plateia explode em gargalhadas! O inocente prazer das crianças contagia os adultos que as acompanham. E às vezes uma só criança é carregada por toda a família...
 

O palhaço é um ser predestinado a transformar lágrimas em sorrisos, tristeza em regozijo, desânimo em esperança. Transmuta em estrelas os olhos da garotada.
 

Ele pode estar triste, cansado, preocupado, mas não deixa que nada perturbe a sua apresentação. Então, transporta-se para o seu mundo! Profissional consciente, sabe que é seu dever passar adiante essa energia maravilhosa de que é tomado. Sabe que, de seu desempenho, pode resultar um novo rumo de vida para seus espectadores.
 

Em verdade, todos nós, em todas as idades, nos enternecemos com a imagem do palhaço... E os poetas não poderiam ficar indiferentes à graça e à relevância dessa figura que tanto nos alegra e comove:
 

O circo é o melhor espaço

para festa, riso e dança.

Bendito seja o palhaço

porque faz rir a criança.

SÓLON BORGES DOS REIS

 

Um dia o mundo ficou

de palhaço a me chamar.

Respondi: é bem melhor

fazê-lo rir que chorar.

CLAUDIRA DIAS DA ROCHA

 

Quanto traje colorido

de aparência rica e nobre

traz nas dobras, escondido,

um palhaço triste e pobre...

SARA KANTER

 

Meu sorriso é mascarado,

eu não sou alegre assim...

Há um palhaço amargurado

que chora dentro de mim.

CLÓVIS MAIA

 

Palhaço do dia a dia,

eu levo na gargalhada

a farsa desta alegria

no choro desta risada.

LEILA MICCOLIS

 

Palhaço, visão querida

que embalou minha esperança...

- É a saudade colorida

do meu mundo de criança!

FRANCISCO CHAGAS FONSECA

 

Pobre palhaço! No fundo,

que contraste é o seu caminho!

- Quando ri, faz rir o mundo;

quando chora, está sozinho!

JORGE ROCHA

 

Fui tudo para esse amor

belo, puro, cruel, devasso...

Fui pirata, fui pierrô,

fui arlequim, fui palhaço...

J. G. DE ARAÚJO JORGE

 

Vem, palhaço, sem tardança,

com teus trejeitos, teus chistes,

e acorda a alegre criança

que dorme nos homens tristes.

ÉLTON CARVALHO

 

Vive no circo, o palhaço,

seu mundo de fantasia.

Trabalha sem ver cansaço,

pois distribui alegria...

MARINA BARREIROS SANTOS

 

Sem tentar - não há fracassos.

Sem ter fé - não há profetas.

Sem sorrir - não há palhaços.

Sem sofrer não há poetas!

MIGUEL RUSSOVSKI

 

Saudade! Não, não se cale

porque ante um circo aproveito

e deixo que ele se instale

no calçadão do meu peito.

AMÁLIA MAX

 

Um circo armado na praça

buliu com o meu coração...

Será que a infância não passa,

por mais que os anos se vão?

PE. CELSO DE CARVALHO

 

No circo ele era o palhaço,

mas, ao perder seu amor,

todo aquele estardalhaço

foi o disfarce da dor.

ANGÉLICA VILLELA SANTOS

 

A criança, rica ou pobre,

na plateia, em meio ao povo,

no circo vibra e descobre

um mundo deveras novo!...

HERMOCLYDES S. FRANCO

 

Piruetas de palhaço,

gritaria, muita dança,

correria e muito abraço:

uma festa de criança.

LAURO DE ALMEIDA
 

O palhaço, com a dor presa,

sob o riso, que esfuzia,

faz-nos lembrar a tristeza

dando lições de alegria.

JOÃO RANGEL COELHO

 

No circo da soledade,

sou um palhaço perfeito,

tentando rir da saudade,

que chora dentro do peito.

FRANCISCO CÂNCIO ARAÚJO

 

Palhaço de olhar tristonho

no picadeiro da vida,

carrego o esquife de um sonho

dentro em minh’alma dorida!

ARISTEU BULHÕES

 

O espetáculo termina,

E aos poucos, na escuridão,

do palhaço à bailarina

o circo despe a ilusão.

DOROTHY JANSSON MORETTI