www.falandodetrova.com.br/herancapoetica
 

HERANÇA POÉTICA

Colaboração de Maria Thereza Cavalheiro

   

TROVAS PARA O “DIA NACIONAL DA POESIA” - outubro de 2017

 

Para incentivar e divulgar a produção da poesia como forma de arte, a UNESCO, em 16.11.99, durante a sua XXX Conferência Geral, criou o “DIA MUNDIAL DA POESIA”, a ser comemorado em 21 de março. Entre nós, o “DIA NACIONAL DA POESIA ” foi oficializado em 31 de outubro, conforme Lei nº 13.131, de 30.06.2015, assinada pela presidenta Dilma Rousseff, por ser o dia do nascimento de Carlos Drummond de Andrade (1902), em Itabira do Mato Dentro (MG), falecido em 17.8.1987 na cidade do Rio de Janeiro. Carlos Drummond de Andrade foi poeta, contista e cronista. Formou, com Emílio Moura, João Alphonsus, Ciro dos Anjos, Pedro Nava, Abguar Renault e outros, o grupo mineiro do Modernismo. Deixou muitíssimos livros, como “Alguma Poesia”, “A Rosa do Povo”, “Poesia até Agora”, “Claro Enigma”, “Viola de Bolso”, “Fazendeiro do Ar” e outros. Dedicou-se também ao jornalismo e foi funcionário público.
 

O “DIA NACIONAL DA POESIA” é uma data a ser amplamente festejada, e lembrados com emoção aqueles poetas que já partiram para o mundo sideral.

 

Que destino triste e adverso

ao poeta Deus quis dar:

- Cantar nas rimas do verso

tanta dor que o faz chorar

     A ISAÍAS RAMIRES

 

O poeta - vez em quando -

tem a rara faculdade

de viver sonhos, sonhando

que os sonhos sejam verdade.

FERNANDO BURLAMARQUI

 

De um sentimento profundo,

no silente ou no escarcéu,

prosa é a linguagem do mundo,

o verso, a prosa do céu.

FERNANDO VASCONCELOS

 

Sei agora onde é a nascente

da almejada inspiração.

Nasce e chega de repente

dos filões do coração.

CECIM CALIXTO

 

O poeta em sua lida,

ainda que a vida o afronte,

tem sempre o aceno da vida,

que o leva além do horizonte!...

MÍLTON NUNES LOUREIRO

 

Bendito seja o poeta

que na leveza do verso

enfeita, acalanta, aquieta

toda a angústia do universo.

VERA VARGAS

 

No garimpo da poesia,

onde o poeta bateia,

sem o sonho e a fantasia

sobram cascalhos e areia.

F. LUZIA NETTO

 

Quando o poeta escrevia,

a rima era tão perfeita,

que a mão esquerda sentia

ciúmes da mão direita!

NEWTON MEYER

 

Um poeta, que coisa triste,

é um desgraçado feliz

que sente o que todos sentem,

dizendo o que ninguém diz...

OVÍDIO CHAVES

 

De cor ele sabe a quadra

que declama com fervor,

mas, ingrato, não enquadra

na memória seu autor.

NAIR STARLING

 

- Zarpei ao romper do dia,

no meu barco, a velejar,

para “pescar” a poesia

que a Lua escondeu no mar.

JOSÉ LUCAS DE BARROS

 

Ao escrever minhas trovas,

algumas vezes eu minto.

- Nem sempre sinto o que escrevo...

- Nem sempre escrevo o que sinto...

EDÍZIO MENDONÇA

 

Não sou eu de alma discreta

quem faz meus versos, mas sim

alguém que se diz poeta

e mora dentro de mim.

ZÉ DE ÁVILA

 

Para definir o poeta,

só mesmo em versos, defino:

- É um homem que fica velho,

com o coração de menino.

ADHELMAR TAVARES

 

Originário de um surto

de inspiração impudica,

o plágio é o único furto

que o próprio ladrão publica.

RODRIGUES CRESPO

 

Faço trovas, entretanto

os méritos não são meus...

- Se, feliz ou triste, eu canto,

este dom veio de Deus.

LUIZ OTÁVIO

 

Com fervor ao pai Divino,

criador deste universo,

pedi pão, quando menino,

deu-me o consolo do verso.

JERRY FILHO

 

Faço da trova um barquinho

no rio da imaginação,

onde navego sozinho

em busca de inspiração.

ORESTES TURANO

 

No contexto de uma trova,

na mensagem que ela encerra,

a poesia se renova

e enfeita a face da terra!

MAGALI DE SOUZA BARUKI

 

O poeta é um fingidor.

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor

a dor que, deveras, sente...

FERNANDO PESSOA