ELÍSIO DE SOUSA VASCONCELOS  nasceu em Cametá, Pará, no dia 05 de novembro de 1907. Mas não ficou muito tempo por lá: dos nove aos quarenta um anos morou em Portugal e, na volta, domiciliou-se no Rio de Janeiro, onde faleceu, no ano de 1965. Era Professor Universitário na cidade do Porto.  Publicou "A Ternura Que me Deste", "A Saltar Uma Fogueira", "Poliedro", etc.

Na roda triste da vida,
maior pobreza é a de quem
não possa encontrar guarida
no coração de ninguém!

Não avives a ferida
daquilo que te atormenta.
A mágoa nunca esquecida,
repisada, mais aumenta.

Quando no rancho tu passas
a bailar alegremente,
ficas,Maria das Graças,
nas graças de toda gente.

Eu contigo me pareço,
ó fonte de água cantante:
choro a mágoa que padeço
e faço dela descante.