CONCURSO DE TROVAS ELOS CLUBE DE SÃO PAULO - 1986
(todas as classificações por ordem alfabética)

COMISSÕES JULGADORAS PARA AS TROVAS DA CIDADE DE SÃO PAULO:
João Alves das Neves, Arlindo Tadeu Hagen, Carolina Ramos, José Maria Machado de Araújo e Vanda Fagundes Queiroz.

COMISSÕES JULGADORAS PARA AS TROVAS DE PORTUGAL E DEMAIS CIDADES DO BRASIL:
João Alves das Neves, Cipriano F. Gomes, Domitilla B. Beltrame, Fernando Costa, Conchita de Almeida e Sara M. Kanter.

TEMA ÚNICO: “DESCOBRIMENTO DO BRASIL”
(todas as classificações são por ordem alfabética, dentro de cada segmento)

 

ÂMBITO MUNICIPAL:

VENCEDORES

Cabral, olhando o futuro,
de cima do tombadilho,
diz, ao ver Porto Seguro:
“Portugal! Eis o teu filho!”
ADÉLIA VICTÓRIA FERREIRA

Mil e quinhentos, abril...
Vendo o Monte Pascoal,
Cabral abraça o Brasil
com braços de Portugal!
FERNANDO COSTA

Com sua audácia e denodo
mostrou Cabral, indo a fundo,
às terras do mundo todo,
a mais bela em todo o mundo!
JOSÉ DE MATTOS

No bojo das caravelas
nos chegou a cristandade,
e outra herança, das mais belas,
a lusitana saudade...
SOLON BORGES DOS REIS

Navegante idealista,
Cabral, em Porto Seguro,
ao grito de “Terra à Vista”,
viu a “terra do futuro”.
THALMA TAVARES

MENÇÕES HONROSAS

Majestosas caravelas
num lindo dia de abril,
agitaram suas velas
em saudação ao Brasil.
ALAYDE M. SÁ MOREIRA

Deus pôs no céu brasileiro
o símbolo de um sinal
e as estrelas do Cruzeiro
lembram a cruz de Cabral.
ARTHUR F. BAPTISTA

“Terra à Vista!”... e, já bem perto,
Cabral tirou seu chapéu,
pensando haver descoberto
um pedacinho do céu.
LILA RICCIARDI FONTES
Quando a descoberta fez,
Cabral, na emoção sentida,
lembrava Moisés, talvez,
frente à Terra Prometida!
PEDRO ORNELLAS

Na Santa Cruz sobre as velas,
singrando mares bravios,
lusitanas caravelas
trouxeram Cristo aos gentios.
THALMA TAVARES

MENÇÕES ESPECIAIS

Cabral com coragem lança
suas naus rumo ao futuro,
e a Senhora da Esperança
as leva ao “Porto Seguro”.
ÁUREA DE ARRUDA FÉRES

A grande cruz de madeira,
sem ornatos e sem flores,
trouxe à terra brasileira
a Fé dos descobridores.
AURORA PIERRE ARTESE

Se existiu falta de vento
às caravelas de Abril,
a força do pensamento
as conduziu ao Brasil.
CIPRIANO FERREIRA GOMES

“Portugueses, terra à vista!”
Dado o grito varonil,
selou-se então a conquista
de um continente: o Brasil!
DEIRES HOFMAN ALONSO

Seguro de achar um porto,
neste país de futuro,
o navegador, absorto,
encontrou “Porto Seguro”.
FERNANDO COSTA

Dia vinte e dois de abril,
Cabral, vindo de além mar,
fez a estrela do Brasil,
com novo encanto, brilhar!...
IRENE CRUZ CORRÊA

Foi com glórias, com certeza,
por entre mares de abril,
que a mãe Pátria portuguesa
deu luz ao filho Brasil.
JOÃO ELIAS DOS SANTOS

Santa Cruz, foi este o título
da história que então nasceu,
cujo primeiro capítulo
foi Caminha que escreveu.
CONCHITA DE ALMEIDA

Muito após ser descoberto,
o Brasil hoje caminha
por descaminhos que, ao certo,
assombrariam Caminha!...
PEDRO LUIZ O. COSTA NETO

... E ao avistarem o Monte,
a que chamaram Pascal,
ampliou-se no horizonte
novo e imenso Portugal!
VERA CAMPOS FERRÃO
...................................................................

DEMAIS CIDADES DO BRASIL E DE PORTUGAL

VENCEDORES

O ter, Pero Vaz, narrado
ao mundo o Descobrimento,
foi como ao Brasil ter dado
- certidão de nascimento!
CARLINDA LAMEGO - RJ

Mudando rota e destino,
Cabral navegou radiante,
e, ao despertar um menino,
viu levantar-se um gigante!
FLÁVIO R. STEFANI – Porto Alegre

Tinha tanto a terra farta
que Pero Vaz de Caminha,
dizendo tudo na carta,
não disse tudo o que tinha!...
LUNA FERNANDES – RJ

O Brasil definitivo
na descoberta se fez,
ao por no peito nativo
um coração português.
SEBAS SUNDFELD – Tambaú/SP

Na baía, as naus, fundeando,
na bela manhã de abril,
eram mãos curvas rezando
perante o altar do Brasil!...
SÉRGIO C. MIRANDA FILHO – Nova Friburgo

MENÇÕES HONROSAS

Por dar ao mundo um Cabral
que uniu as nossas histórias,
obrigado, Portugal,
primeira de nossas glórias!
ALMERINDA LIPORAGE – RJ

Plantando raças sem fim...
no Brasil... no mundo inteiro,
Portugal, mais que um jardim,
foi um grande jardineiro!
ARLINDO TADEU HAGEN – Juiz de Fora

Surge o Brasil!... Terra à vista!...
Na descoberta triunfal,
Cabral bendiz a conquista
que conquistou Portugal!
EDMAR JAPIASSÚ MAIA – RJ

Por verdes mares singrando,
Cabral, ao içar as velas,
teve as mãos de Deus guiando
o rumo das caravelas...
EDMAR JAPIASSÚ MAIA

Na terra plena de luz,
num altar improvisado,
Cabral reza... Olhos na cruz,
e o chão novo é batizado!
GRAZIELLA L. MONTEIRO – BH

Porto Seguro, és, na História,
o cordão umbilical
que uniu, com audácia e glória,
o Brasil a Portugal!
JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO - RJ

MENÇÕES ESPECIAIS

De Cabral a grande sina
foi, cruzando a imensidade,
trazer uma clandestina
que chamamos de saudade...
ADALBERTO DUTRA REZENDE – S. Jerônimo da Serra/PR

Evoco o passado e assisto
à Santa Missa Campal:
- abraçam-se a Cruz de Cristo
e a Santa Cruz de Cabral!...
AUGUSTO A. CAMPOS – RJ

Dizem: “Foi a calmaria
que trouxe as naus de Cabral...”
- Mais força teve a ousadia
do sangue de Portugal!!!
CAROLINA RAMOS – Santos/SP

Em busca de ouro e de glória,
era um vinte e dois de abril,
Cabral entrou para a História
pelas portas do Brasil.
CLÓVIS MAIA – Ribeirão Preto/SP

Na glória da Eternidade
bendito seja Cabral,
que irmanou pela Amizade,
o Brasil e Portugal!
FRANCISCO HENRIQUES – Almeirim/Portugal

Se um Novo Mundo se abriu
da façanha aventureira,
Cabral aqui descobriu
a saudade brasileira...
HELVÉCIO BARROS – Bauru/SP

Numa Trova canto a fama
da História de Portugal
que guarda um Vasco da Gama
e um Pedro Álvares Cabral.
JOÃO PEREIRA DA SILVA – Vespasiano/MG

Das naus, velas adejando,
no distante abril, por certo,
eram bandeiras saudando
nosso País descoberto!!!
LINDA BRANDÃO DIAS – Nova Friburgo/RJ

Pindorama verdejante,
meu Brasil foi despertar
no sonho do navegante
por um engano do mar.
PAULO CESAR OUVERNEY – Juiz de Fora

Quando gritou: “Terra à Vista!”,
Portugal, o olhar em brilho,
não fez mais uma conquista,
mas trouxe ao mundo o seu filho!
SÉRGIO C. MIRANDA FILHO

============================================================
Uma realização de IZO GOLDMAN, presidente da UBT São Paulo, à época.