www.falandodetrova.com.br/ponderacoesdoX

                                                                                                                                                                       ENVOLVIMENTO X COMPROMETIMENTO
                                                                                                                                                                                             JB Xavier 
     Quando eu ainda morava na Alemanha, país em que residi por doze anos, certa vez fui convidado a participar de uma palestra ministrada pelo
então Diretor de Recursos Humanos da Audi, Hans Simon Dietrich.   Executivo famoso por suas frases de efeito, e questionamentos comportamentais,
ele geralmente interagia com o público em busca de casos reais para comentar.  À época - final dos anos 70 - eu também já ministrava palestras e, tal
como ele, gostava de questionar situações recorrentes no dia-a-dia dos meus ouvintes, de tal forma que  eles considerassem ter valido a pena o preço
que pagaram para me ouvir.

     Assim, quando o palestrante da Audi perguntou: ‘Há algo que vocês desejem esclarecer que seja útil no desempenho de suas funções?’
Eu respondi com uma pergunta que sempre fazia em minhas palestras e para a qual nunca havia uma resposta definitiva e esclarecedora:
‘Tenho uma questão que gostaria que o senhor esclarecesse. ‘Qual a diferença entre Eficiente e Eficaz?’

     Ele fez uma pequena pausa e respondeu: ‘Eficiente é a pessoa que faz certo a coisa. Eficaz é a pessoa que faz a coisa certa’.
E acrescentou:‘Qualquer grupo de trabalho precisa que todos sejam eficientes, mas precisa sobretudo que pelo menos um dos seus
membros seja eficaz, que saiba priorizar, caso contrário não haverá avanço.’

     Fiquei extasiado com a abrangência da verdade cristalina que sua definição continha, e, enquanto eu ainda a remoía no cérebro
ele me fez uma pergunta, que me levou a considerar ter valido a pena ter pago um preço salgado para ouví-lo.
     ‘Agora diga-me você: Qual a diferença entre Envolvimento e Comprometimento?’

     Tentei lhe dar uma definição sucinta, mas fui incapaz de encontrá-la. Depois que lhe descrevi longamente o que pensava sobre o
assunto, disse-me ele: ’Envolvimento pede apenas que você empenhe algo não essencial, ao desempenhar uma tarefa. Se você desistir
da tarefa, não perde nada. Comprometimento, ao contrário, exige que você empenhe algo essencial, indispensável, como sua honra, sua
moral, e às vezes, até mesmo a própria vida! Envolva-se o quanto quiser, mas cuidado ao se comprometer. Você jamais se livrará de um
compromisso não cumprido sem o gosto amargo da derrota e algum tipo de perda pessoal’
.

       Gente eficiente e envolvida sobra na UBT, mas precisamos desesperadamente de gente eficaz e comprometida.

 
Artigo de responsabilidade do autor”. 
J. B. Xavier é Secretário da direção nacional da UBT = União Brasileira de Trovadores e editor do Boletim Nacional da Entidade.
Texto publicado na edição de março/2017 do Boletim Nacional.