ÂMBITO NACIONAL = TEMA: "NORDESTE"

1º lugar: OCTÁVIO VENTURELLI - RJ
Jangadeiro de Iracema,
meu pescador de alvoradas,
o teu Nordeste é um poema
escrito pelas jangadas!

2º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA - Nova Friburgo
Nordeste - o crro-de-bois
na solidão doscaminhos...
No rancho o baião-de-dois,
na rede nós dois sozinhos...

3º lugar: ELTON CARVALHO - RJ
Nosso mapa nos ensina,
basta olharmos seu perfil,
que o Nordeste é a grande esquina
onde se encontra o Brasil!

4º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
Ao Nordeste e aos coqueirais
eu disse adeus na partida.
- E à saudade nunca mais
disse adeus na minha vida!

5º lugar: ALCY RIBEIRO SOUTO MAIOR - RJ
Pingos de chuva na fenda
do chão ressequido e agreste,
são bilros fazenda renda
no coração do Nordeste!

6º lugar: CIDOCA DA SILVA VELHO - Santos
Mandacarus - mãos erguidas
na aridez do meu sertão,
são imagens destemidas
do nordeste em oração.

7º lugar: JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO - RJ
O Nordeste tem suportes
onde apoia a sua fé,
na fibra dos homens fortes
que sabem morrer de pé!

8º lugar: ELTON CARVALHO
Vai, jangada, sem tardança,
ao meu Nordeste e, de lá,
traz meu tempo de criança
que eu deixei no Ceará...

9º lugar: JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO
Olhai o Nordeste e vede
no amor da gente sofrida,
a terra a morrer de sede
e tanta sede de vida!

10º lugar: ARISTÓBULO DOS SANTOS - Pouso Alegre
No descampado horizonte
do Nordeste sofredor,
se lhe falta a água da fonte,
não seca a fonte do amor!

11º lugar: ELTON CARVALHO
Nesse Nordeste bendito
que o Brasil reverencia,
nasceu o primeiro grito
da nossa soberania!

12º lugar: PALUMA FILHO - São Gonçalo/RJ
Retirante nordestino
parte, buscando outro chão...
Vai montando no destino,
levando os sonhos na mão!

13º lugar: FERNANDO COSTA - SP
Nesse Nordeste altaneiro,
abres o mar, triunfante,
que os teus braços, jangadeiro,
são os remos de um gigante!

14º lugar: DALVA GUEDES DE ATHAYDE - Nova Friburgo
Cheios de encanto e harmonia
simples bilros de madeira,
entre o Nordeste é poesia
nas mãos da mulher rendeira!

15º lugar: HEDDA DE MORAES CARVALHO - Nova Friburgo
Rendeira do céu, a lua,
rendilhas de luz tecendo,
quanta poesia insinua
no Nordeste anoitecendo!

16º lugar: ENÉAS DE CASTRO - SP
De uma bravura inconteste
e coragem que sublima,
toda a gente do Nordeste
transforma a dor numa rima!

17º lugar: CIPRIANO FERREIRA GOMES - SP
De tanto amar essa gente
que o sol comanda s seu jeito,
tenho nesse amor ardente
um Nordeste no meu peito.

18º lugar: HELVÉCIO BARROS - Bauru
Quando o Nordeste padece
e o verde foge do chão,
o olhar do sol é uma prece
na agonia do sertão.

19º lugar: ALMERINDA FERNANDES LIPORAGE - RJ
Às vezes um céu vermelho
cobre a cor azul celeste.
É o sol de fogo no espelho
mostrando o chão do Nordeste.

20º lugar: WILMA MELLO CAVALHEIRO - Porto Alegre
De Alear, o verso brando,
de Rui Barbosa a oratória,
faróis de luz projetando
nosso Nordeste na História.

21º lugar: PALUMA FILHO
Os meus irmãos do Nordeste
conquistam brasões na escola:
mão direita - um cardo agreste;
mão esquerda - uma viola!

22º lugar: OCTÁVIO VENTURELLI
No sertão, quando o sol queima,
o chão parece morrendo...
...e o Nordeste teima, teima,
e continua vivendo!

23º lugar: ABIGAIL DE ARAÚJO RIZZINI - Nova Friburgo
Ouço ainda o aboio triste
que vem de longe, do agreste...
Voz da saudade que insiste
em relembrar o Nordeste...

24º lugar: HELVÉCIO BARROS
Retirante do Nordeste,
que a terra ingrata expulsou,
pelo bem que tu fizeste,
o teu nome se firmou!

25º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
Quem me dera a primazia
e a sorte de um cardo agreste.
- Só assim eu viveria
no coração do Nordeste!

26º lugar: ALMERINDA LIPORAGE
Ceará, berço de glória
de Alencar e de Iracema,
glorificou sua História,
fez do Nordeste um poema!

27º lugar: ANA ATAÍDE FERREIRA DA SILVA - BH
Nordeste! Força e grandeza
de um povo heróico e viril
que, vencendo a natureza,
fez a glória do Brasil!

28º lugar: ARISTÓBULO DOS SANTOS
No Nordeste tão sofrido,
onde a seca é uma constante,
o seu povo, destemido,
dessa terra é sempr amante!

29º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
Maior que a luz e o calor
do Nordeste em dia quente,
é a chama viva do amor
na fibra de sua gente!

30º lugar: HELVÉCIO BARROS
Nordeste - terra das lendas,
do sol e da liberdade,
deste-me um berço de rendas,
que trago preso à saudade!
-----------------------------------
ÂMBITO LOCAL:  "SERTANEJO/A"

1º lugar: JOÃO SOBREIRA
Na roça, ganhando a vida,
o sertanejo disposto,
mostra a existência sofrida
nas rugas do próprio rosto.

2º lugar: VASQUES FILHO
Sob um sol que a tudo cresta,
vendo o plantio a murchar,
ao sertanejo só resta
o direito de chorar...

3º lugar: BATISTA SOARES
Consulta o céu, desolado,
o sertanejo... Depois,
sente o drama retratado
nos olhos tristes dos bois...

4º lugar: NAZARETH SERRA
Trabalhando sem receio,
em pleno verão agreste,
o sertanejo é o esteio
deste sofrido Nordeste.

5º lugar: NAZARETH SERRA
À noite, às vezes, sozinho,
o sertanejo, cansado,
canta, triste, ao som do pinho,
modinhas do seu passado!

6º lugar: JOÃO SOBREIRA
No amanho da terra amada,
sertanejo nordestino,
tu vais, aos golpes da enxada,
cumprindo a lei do destino...

7º lugar: ALOÍSIO BEZERRA
Feito o mundo, Deus projeta
de logo um duplo desejo:
deu a saudade ao Poeta
e a tristeza ao sertanejo!

8º lugar: BATISTA SOARES
Nossa Senhora projeta
a singeleza bonita
da cabocla sertaneja
no seu vestido de chita.

9º lugar: VASQUES FILHO
Céu sem nuvens, o cortejo,
sol a pino, segue ao léu,
que a sorte do sertanejo
depende sempre do céu.

10º lugar: FERNANDO CÂNCIO ARAÚJO
Sertanejo, envelheceste,
tal cardo nascido ao léu:
quants secas tu venceste
com os olhos postos no céu.

11º lugar: VASQUES FILHO
No milho que amadurece,
oscilando ao vento, eu vejo
a recompensa da messe
ao labor do sertanejo.

12º lugar: FERREIRA NOBRE
No infinito a lua enorme
dos astros segue o cortejo,
e o sertão, tranquilo, dorme
nos braços do sertanejo.

13º lugar: BATISTA SOARES
Sertão adusto, escalvado...
De repente, o rumorejo
da chuva, pelo telhado,
reanimando o sertanejo...

14º lugar: BATISTA SOARES
Nem sombra da casa grande,
que ando à procura e não vejo...
Somente o açude se expande
no meu painel sertanejo...

15º lugar: FERREIRA NOBRE
O sertanejo, depois
do trabalho se consola,
ouvindo o mugir dos bois
e o soluçar d viola.

16º lugar: JOÃO SOBREIRA
Fugindo à seca que o vence,
busca pousada e guarida
o sertanejo cearense,
pelos caminhos da vida...

17º lugar: NAZARETH SERRA
Mãos calosas, pés descalços,
o sertanejo não cansa,
desfraldando, entre os percalços,
a bandeira da esperança!

18º lugar: RAIMUNDO OTONI FILHO
Resistindo à seca, à fome,
frente à natureza hostil,
tu és um herói sem nome,
sertanejo do Brasil!

19º lugar: REINALDO MOREIRA DE AGUIAR
Destemido,com bravura
sua própria história traça;
sertanejo configura
glória e drama de uma raça!

20º lugar: FERREIRA NOBRE
Deixando em paz a charrua
e após rezar uma prece,
aureolado de lua
o sertanejo adormece.

---------------------------------
ÂMBITO NACIONAL = TEMA: "FORRÓ"  (para trovas de humor)

1º lugar: LUIZ PIZZOTTI FRAZÃO - Niterói
Dizia à neta a Constança:
- nem me fale de forró,
é por causa dessa dança
que eu hoje sua avó...

2º lugar: RODOLPHO ABBUD - Nova Friburgo
Dançarino,o Zé Filó,
ensaia toda noitinha,
novos passos de forró,
no zabumba da vizinha!

3º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA - Nova Friburgo
O forró mal começou,
de repente o "pau comeu"...
- Quem não correu, apanhou
a mulher de quem correu...

4º lugar: DURVAL MENDONÇA - RJ
No forró do pau lascado,
onde cobra cospe e fuma,
eu saí pelo telhado
sem subir escada alguma!

5º lugar: ZEFERINO LAMARTINE - Senhor do Bonfim/BA
No forró, muita destreza
demonstrou, quando caiu:
- Viram minha "ligeireza"?
- Um rapaz disse que viu!

6º lugar: DIAS MONTEIRO - Taubaté
Num forró, muito agarrados,
nós dançamos. Que delícia!
Mas, nove meses passados,
fomos casar na polícia!

7º lugar: DURVAL MENDONÇA
Levei Maria a um forró,
mas foi tolice rasgada,
porque, no fim, fiquei só,
e ela "bem acompanhada".

8º lugar: MARIA STELA DE SOUZA ( MARISOL) - Teresópolis
O forró tava animado
mas quase o caldo entornou,
quando o Zé, muito grudado,
nem viu que o fole parou.

9º lugar: JORGE MURAD - RJ
Meu avô vai, bem fagueiro,
com uma peixeira ao forró.
Não se assuste, ele é peixeiro,
e a peixeira... é minha avó!

10º lugar: WALDEMAR SOARES CARNEIRO - Belém
Num forró em que, bem cedo,
houve "pau" por todo canto,
vi negro "branco' de medo,
vi branco "roxo" de espanto...
=============================================

ÂMBITO LOCAL: tema livre  (para trovas de humor)

1º lugar: VASQUES FILHO
Até nisto o Carvalhais
teve uma sorte graúda:
- Ele, que fala demais,
tem sogra que é surda e muda.

2º lugar: VASQUES FILHO
Trancado em pequeno armário,
para escapar da tosquia,
de um marido armado, o Mário
tem hoje "armário-fobia"...

3º lugar: VASQUES FILHO
Confia tanto na Liz,
que, vindo mais cedo, um dia,
embora vendo, não quis
acreditar no que via...

4º lugar: VASQUES FILHO
Porque o armário criou fama
de esconderijo galante,
foi mesmo embaixo da cama
que ele escapou do flagrante...

5º lugar: BATISTA SOARES
Minha vizinha do lado,
casou a filha em janeiro,
mas o netinho, apressado,
chelou logo emfevereiro...

6º lugar: ALOÍSIO BEZERRA
Por ser um cara safado,
conquistador de má fama,
veio a morrer o tarado
de um espirro sob a cama!

7º lugar: ALOÍSIO BEZERRA
Bastante roupa espalhada
mostava o Zé no armazém,
enquanto a Zefa, sentada,
mostrava "peças" também!

8º lugar: FERREIRA NOBRE
Doze filhos tinha tido
a fecunda dona Ivete.
E prometia ao marido
dar à luz mais... dezessete!

9º lugar: BATISTA SOARES
Além de trair o esposo,
por vingança ou por instinto,
tem um jeitinho charmoso
de tratá-lo por distinto...

10º lugar: ALOÍSIO BEZERRA
Num mundo em que tudo cola,
não há de que se espantar:
pode a mulher jogar 'bola"
e o homem dar de mamar!
---------------------------------------------------------------------
NOTA = esse material foi uma gentil contribuição do "Magnífico Trovador" IZO GOLDMAN, da UBT São Paulo/SP