XVII JOGOS FLORAIS DE FORTALEZA - 1994 

ÂMBITO CENTRO-OESTE, SUDESTE E SUL  -  TEMA "AGORA"

1º lugar: JOSÉ TAVARES DE LIMA - Juiz de Fora
Voltaste... Veio a bonança...
E o meu barco, agora a prumo,
abre as velas da esperança
e segue alegre o seu rumo!

2º lugar: ANITA THOMAZ FOLMANN - Ponta Grossa
Aquela jura trocada
no instante da despedida
agora é chama apagada
na vela da nossa vida.

3º lugar: PEDRO ORNELLAS - São Paulo
Os versos que agora eu canto,
brotando da alma sofrida,
vão disfarçando meu pranto
no faz-de-conta da vida!

4º lugar: THEREZINHA D. BRISOLLA - São Paulo
Neste mundo inusitado,
o "agora" é somente um muro:
De um lado... mora o passado
e do outro lado... o futuro!

5º lugar: SANTOS TEODÓSIO - Brumadinho
Antes de agora, há milênios,
em noite de intensa luz,
nascia o Gênio dos Gênios,
o Deus-Menino, Jesus.

6º lugar: DARLY O. BARROS - São Paulo
Insensata, eu joguei fora
a minha vida em folguedos,
qual essa areia que, agora,
me escorre por entre os dedos...

7º lugar: JOSÉ TAVARES DE LIMA
Na vida fui barco ousado,
cheio de sombras e planos,
que agora vive encalhado
na praia dos desenganos!...

8º lugar: ELIETTE PIMENTA RAMOS - Barra do Piraí
Meus belos sonhos dispersos,
pela esperança perdida,
juntei-os todos nos versos
que agora canto na vida!...

9º lugar: SÉRGIO BERNARDO - Nova Friburgo
Meus rumos de ontem, sombrios,
fazem vir, na longa estrada,
depois de "agoras" vazios,
"amanhãs" cheios de nada...

10º lugar: EDMAR JAPIASSÚ MAIA - Rio de Janeiro
Riscos no céu!... É o corisco!
E tu não vens... Vai chover...
Vejo agora, em cada risco,
o risco de te perder!

11º lugar: MARISOL - Teresópolis
Agora, tudo acabado...
... e o grande amor que vivemos
perdeu-se lá no passado,
em que ponto... nem sabemos!...

12º lugar: PEDRO ORNELLAS
Tentou criar-me empecilho...
Longe esse dia já vai!
Quem parte agora é meu filho...
Agora entendo meu pai!

13º lugar: ZAÉ JUNIOR - São Paulo
Meu pai, a tua bondade,
que nos deu pão na pobreza,
é agora a farta saudade
que se serve em nossa mesa!

14º lugar: JOSÉ TAVARES DE LIMA
Esquece as mágoas de outrora
e vive o bem que hoje existe,
sem fazer do teu "agora"
a sombra de um "ontem" triste!

15º lugar: MARIZA ESTEVÃO - Niterói
Esse amor que você jura
nos encontros de nós dois,
faz-me pensar na ventura
de um agora... sem depois...

16º lugar: JOÃO FREIRE FILHO - Rio de Janeiro
Os meus agoras, errantes,
pela falta de nós dois,
só vivem dos sonhos do antes,
sem sonhos para o depois...

17º lugar: MILTON NUNES LOUREIRO - Niterói
Agora é tempo presente
entre o passado e o futuro...
É a vida dentro da gente
buscando um porto-seguro...

18º lugar: IVONE TAGLIALEGNA PRADO - Belo Horizonte
Eu te deixei!... Mas, agora,
na solidão que me invade,
ouço meu peito que chora
ao compasso da saudade!...

19º lugar: HÉRON PATRÍCIO - São Paulo
Coração, velho e cansado
de beber reminiscências,
dorme, agora, embriagado,
na ressaca das ausências!

20º lugar: SÉRGIO BERNARDO
Aos que encontrei na viagem,
pedindo amor pela estrada,
dei os sonhos da bagagem
e agora sigo sem nada!

------------------------------------

ÂMBITO NORTE/NORDESTE (exceto Ceará)  -  TEMA "SEMPRE"

1º lugar: ALONSO ROCHA - Belém
Sempre que sonho na vida
sou, numa luta sem jaça,
borboleta enlouquecida
batendo contra a vidraça.

2º lugar: ANTONIO JURACI SIQUEIRA - Belém
Da lida esquece a mazela,
faz do amor um grão fecundo
e do sonho uma janela
sempre aberta para o mundo!

3º lugar:  ANTONIO JURACI SIQUEIRA - Belém
Sempre que na noite calma
ouvires passos na rua,
não tenhas medo, é minha alma
andando em busca da tua.

4º lugar: RODRIGUES NETO - Natal
O sábio diz sem alarde
e com clareza convence:
- Sempre a justiça vem tarde
mas sempre a verdade vence!...

5º lugar: JOSÉ LAMARTINE - Gravatá/PE
Sempre o vento nas campinas,
soprando na tarde fria,
faz das flores bailarinas,
dançando na ventania.

6º lugar: ANTONIO JURACI SIQUEIRA - Belém
Quando, aflito, lhe pergunto
se ao seu amor terei vez,
ela, fugindo do assunto,
responde sempre: - Talvez...

7º lugar: CLARINDO BATISTA DE ARAÚJO - Natal
Se Deus me dá o pão farto
numa mesa sempre cheia,
humildemente o reparto
com muitos que não têm ceia!

8º lugar: CLARINDO BATISTA DE ARAÚJO
A Natureza é um poema,
cujo autor é tão fecundo
que, sempre enfoca no tema
as maravilhas do mundo!...

9º lugar: REINALDO MOREIRA AGUIAR - Natal
Ao embalo de horas mansas,
permaneço delirante,
e entre saudosas lembranças,
sempre fulge o teu semblante.

10º lugar: RODRIGUES NETO
Tudo era plena harmonia,
quando mamãe me beijava;
- quase sempre ela sorria...
- quase sempre ela rezava!...

11º lugar: ANTONIO JURACI SIQUEIRA - Belém
Você que sempre se exalta
quando lhe peço um abraço,
amanhã sentirá falta
da falta que hoje não faço!

12º lugar: ALONSO ROCHA
Só Deus é o guia perfeito
de um casamento maduro
mas o amor, firme no peito,
é sempre o leme seguro.

13º lugar: BRANDINA ROCHA LIMA - Moreno/PE
Sempre!  Às vezes, é uma peça
que o destino - brincalhão -
revestindo-o de promessa,
prega ao nosso coração...

14º lugar: ANTONIO JURACI SIQUEIRA - Belém
Sempre que a dor me consome
na prece esqueço os fracassos
e a Luz que vem do Teu nome
passa a iluminar meus passos!

15º lugar: ALONSO ROCHA
Sempre que lembro o passado
pareço, de olhar sem cor,
um motorista embriagado,
mirando o retrovisor.

16º lugar: BRANDINA ROCHA LIMA
Sempre!  É uma palavra doce
que sugere eternidade...
E ecoa, como se fosse
a antessala da saudade...

17º lugar: BRANDINA ROCHA LIMA
Não tente, em vão, se enganar:
- o sempre é promessa vã!
Seu sonho pode acabar,
logo, depois de amanhã...

18º lugar: CLARINDO BATISTA DE ARAÚJO
Meu coração é um barquinho
que ela sempre é quem pilota,
num mar de amor e carinho,
sem nunca mudar de rota!...

19º lugar: ALONSO ROCHA
Quando a solidão nos cala
e o fogo do verso lavra,
sempre é a voz de Deus que fala
no silêncio da palavra.

20º lugar: J. REVOREDO NETTO - Natal
Neste mundo conturbado,
para não faltar-te a fé,
- sê sempre, homem, bem guiado,
com a moral sempre de pé!

------------------------------------

ÂMBITO ESTADUAL (apenas Estado do Ceará)  -  TEMA "TALVEZ"

1º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA - Orós
Entre o sonho e a realidade
depois de encontros dispersos,
talvez seja de saudade
a inspiração dos meus versos!...

2º lugar: BATISTA SOARES
Prefiro a verdade nua
de um "não", que fere de vez,
à maldade que insinua,
a promessa de um "talvez"...

3º lugar: PEDRO WILSON ROCHA
A velhice, simplesmente,
talvez venha anunciar
que as cortinas, lentamente,
desta vida vão fechar.

4º lugar: FERREIRA NOBRE
Talvez feliz eu ficasse,
liberto dos embaraços,
se o vento me carregasse
para o abrigo dos teus braços.

5º lugar: ALOÍSIO BEZERRA
Foste embora... Que tristeza!
Cai a chuva sem clemência:
- talvez seja a natureza
que pranteia a tua ausência!...

6º lugar: GISELDA MEDEIROS
Talvez esse ai tão tristonho
das ondas, sempre a chorar,
seja o lamento de um sonho
preso nas conchas do mar.

7º lugar: PEDRO WILSON ROCHA
Por ser demais ciumento
e, talvez, tanto te amar,
tenho ciúme do vento
que vem teu rosto beijar.

8º lugar: LEDA COSTA LIMA
Ao te olhar, eu pago o preço
pelo prazer de te ver,
talvez porque sempre esqueço
que devia te esquecer...

9º lugar: GISELDA MEDEIROS
Talvez, talvez, na verdade,
seja o gemido do mar
a voz da minha saudade
buscando,em vão, te alcançar.

10º lugar: FERREIRA NOBRE
Talvez eu ficasse louco
de amor profundo e sincero,
se me quisesses um pouco
do muito bem que eu te quero.

11º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
No talvez que ela me diz
aparentando amargura,
eu vejo, muito feliz,
um "sim" cheio de ternura!

12º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
Querida! a palavra "não"
parece uma insensatez...
Não mates minha ilusão
que te suplica um "talvez"!...

13º lugar: JOÃO ALBERTO FERREIRA
Talvez nosso amor, querida,
ressurja, feliz e forte,
há sempre um talvez na vida,
não há talvez para a morte.

14º lugar: PEDRO WILSON ROCHA
Sou como o barco no mar,
na terra, um ponto perdido,
talvez querendo ancorar
num porto nunca existido.

15º lugar: IDEUSMAR FAHEINA CHAVES - Pacajus
Jurei te amar, é verdade,
menti, talvez, não importa...
Só sei que a tua saudade,
dentro de mim está morta.

16º lugar: LEDA COSTA LIMA
Ao te esperar, com desejo,
teci sonhos, fio a fio;
talvez, na ânsia de um beijo,
beijei... beijei o vazio...

17º lugar: JOÃO ALBERTO FERREIRA
Com fé na Virgem Maria,
que tanta bondade encerra,
talvez tenhamos, um dia,
só paz e amor sobre a terra.

18º lugar: IDEUSMAR FAHEINA CHAVES
No mar dos meus pensamentos
navegava certa vez,
ouvindo na voz dos ventos,
sussurros de amor... Talvez.

19º lugar: ARIMATÉA FILHO
Talvez no "Conta Corrente"
de Cristo - Irmão e Senhor,
cada dia mais aumente
o nosso saldo de amor!...

20º lugar: BATISTA SOARES
Do pobre, a felicidade
parece que não tem vez,
pois tropeça, de verdade,
na mentira de um "talvez"...

CRÉDITO DA MATÉRIA:  F. J. PESSOA, DE FORTALEZA, A QUEM AGRADECEMOS.