TEMA NACIONAL "ESPAÇO"

VENCEDORES

1º LUGAR
Mãe, por mais que eu me concentre
na importância do que faço,
não esqueço que teu ventre
foi o meu primeiro espaço !
Almerinda F. Liporage - Rio de Janeiro

2º LUGAR
No espaço, além, fui buscar-Te
sem que, ó Deus, Te revelasses...
e estavas em toda parte
sob as mais diversas faces.
Lourdes Regina E. Gutbrod - Rio de Janeiro

3º LUGAR
Na distância, ao acenar-te,
vi faltarem teus acenos...
Dói mais o adeus se quem parte
vê, no espaço, um lenço a menos!
Sérgio Miranda filho - Rio de Janeiro

4º LUGAR
Neste amor, grande e bendito,
quando em teus braços me ponho,
o nosso espaço é infinito,
e é sem limite o meu sonho...
Aloisio Alves da Costa - Fortaleza

5º LUGAR
Porque crianças com frio
não têm o sol de um abraço,
se em tanto braço vazio
há desperdício de espaço ?
Almerinda F. Liporage - Rio de Janeiro

MENÇÕES HONROSAS

Sou feliz por um segundo
quando o amor encurta espaços
e a fronteira do meu mundo
toma a forma dos teus braços.
Gerson Cesar Souza - Porto Alegre

Sofro tanto a tua ausência
e é tão grande o meu cansaço
que o sonho, em minha existência,
tem vida e não tem espaço !...
Hermoclydes Siqueira franco - Rio de Janeiro

Nas tentativas frustradas
de conseguir mais espaços,
a medida das passadas
é sempre maior que os passos...
Mario Peixoto - Rio de Janeiro

Coração... cerca o pedaço
para que o amor não se perca,
que hei de cuidar desse espaço,
antes que a dor ponha cerca.
Edmar Japiassú Maia - Rio de Janeiro

Do sentimento à razão,
vive o homem seu conflito...
tendo os pés presos ao chão,
deseja o espaço infinito ! ...
Maria Dolores Paixão Lopes - Belo Horizonte

MENÇÕES ESPECIAIS

A nossa casa mal passa
de uma porta e uma janela;
mas, quando você me abraça,
sobra espaço, dentro dela...
Mario Peixoto - Rio de Janeiro

No caminhar, os meus passos,
oscilantes, pela idade,
cuidam buscar os espaços
que se fizeram saudade !
Augusto Cáudio Ferreira - Rio de Janeiro

Se há tanto espaço lá fora,
por que, depois que ela sai,
eu mando a saudade embora
e ela teimosa, não vai ?
Aloisio Alves da Costa - Fortaleza

Uma pergunta me faço
com desencanto profundo...
por que tantos sem espaço,
com tanto espaço no mundo?...
Aloisio Alves da Costa - Fortaleza

Que a mão carente, estendida,
buscando afeto ou perdão,
encontre sempre acolhida
no espaço da minha mão.
Aloisio Alves da Costa - Fortaleza
===============================

HUMORISMO - TEMA LIVRE NACIONAL

VENCEDORES

1º LUGAR
Grita a roceira, ao olhar
seu filhinho na balança :
- " Doutor, só vim consultar...
Não vim vender a criança!"
Sergio Miranda filha - Rio de Janeiro

2º LUGAR
Eu vivo numa sinuca,
por causa de uma vizinha
Ela desarma a arapuca
sempre que eu solto a rolinha...
Divenei Bosei - São Paulo

3º LUGAR
Tendo a plástica da Estela
pele " daquele lugar ",
vira e mexe a cara dela
tem vontade de sentar.
Cezar Augusto Defilippo - Juiz de Fora

4º LUGAR
No médico, o olhar aflito,
a gravidinha tremeu :
- Doutor, eu não acredito,
este filho não é meu !
Zaé Júnior - São Paulo

5º LUGAR
- Seu filho pôs brinco, Elisa
- Que é que tem ? É moda usar!
- Não tem nada... Mas precisa
pulseira, anel e colar ?
Sérgio Miranda Filho - Rio de Janeiro

MENÇÕES HONROSAS

Perguntaram a um porteiro :
- Sabes o andar do Alvarenga ?
e a resposta vem ligeiro :
- Sei, sim, senhor: É capenga.
Jorge Murad - Rio de Janeiro

A mulher carinho tenta
e ele só pensa em dormir
- A coluna não aguenta...
se teimar, pode partir !!!
Antonio Bispo dos Santos

- Joga ao mar, que já morreu
- Não !... Tou vivo... Por favor
- Cala essa boca, Tadeu,
quer saber mais que o doutor ?
João Elias dos Santos - São Paulo

Que jóia ! Que perfeição
Seus dentes são todos seus ?
- Amigo, claro que são!
Paguei por eles... São meus
Leda Costa Lima - Fortaleza

Uma trágica arapuca
foi armada ao pobre Zeca...
Meteu a mão em cumbuca
e entrou no céu de cueca.
Marilúcia Rezende - São Paulo

MENÇÕES ESPECIAIS

O marido agonizante,
insistindo quer saber :
"- Fui traído ?" E ela hesitante:
"- E, se você não morrer ?!"
Domitilla Borges Beltrame - São Paulo

O salário que recebo
não aguenta um mês inteiro.
Há muito tempo, eu percebo
sobra mês no meu dinheiro.
Roberto Ivan Machado Pereira - Porto Alegre

O eletricista Zé Roque
que faz aqui, de roupão ?
Querido, o ferro deu choque...
Mas nosso ferro é a carvão !!!
Sérgio Miranda Filho - Rio de Janeiro

Vendo a velhinha a rolar
de uma igreja a escadaria,
danou o jeca a pensar :
- "Que promessa !!! Eu não faria!...
Thereza Costa Val - Belo Horizonte

Seis línguas fala o machado.
E alguém, numa graça louca,
indaga muito espantado :
- E cabem dentro da boca ?
Alcy Ribeiro Souto Maior - Rio de Janeiro

////////////////////////////////////////////////////////////

CONCURSO NACIONAL - MAGNÍFICOS

CONCURSO DE LÍRICAS E/OU FILOSÓFICAS - TEMA: NEBLINA

PRIMEIRO LUGAR (CONJUNTO) = João Freire Filho

Amanhece... O Sol se inclina
para a serra e, sem pudor,
tira-lhe o véu de neblina,
beijando-a... cheio de ardor!

Que o sol que hoje me ilumina
se espalhe... vá sempre além...
Não desejo ver neblina
na paisagem de ninguém

Se um sonho logo termina
ante a névoa que te assalta,
não é culpa da neblina,
mas de um sol... que ainda te falta...

Se é de névoa minha sina,
não retrocedo e, com calma,
dissipo toda a neblina
com o sol que trago n'alma

Aquele que se destina
a criar mundos risonhos
vislumbra, além da neblina,
um sol radiante de sonhos.

Em meus cabelos, neblina...
Nevoeiro... em meus olhos baços...
Mas n'alma um sol ilumina,
cada vez mais, os meus passos...

Poeta ! Em minhas retinas
guardo os sonhos que constróis
Com eles venço as neblinas
e encontro milhões de sóis!

Nada me impede que o busque...
Nem mesmo as brumas do mal...
Não há neblina que ofusque
a luz de um grande ideal

Amanhece... Rubro e louro,
o Sol, descendo à campina,
recolhe, com dedos de ouro,
o rendado de neblina...

O Destino não me induz...
Espera que eu me defina...
Ser neblina sobre a luz...
Ou ser luz sobre a neblina.

SEGUNDO LUGAR (CONJUNTO) = Joubert de Araújo Silva

Transpondo abismos medonhos,
sangrando os pés nos espinhos,
perdi de vista os meus sonhos
na neblina dos caminhos...

Vem a neblina... e a cidade
goteja um pranto silente...
- Neblina é como a saudade
molhando os olhos da gente.

Mãe Preta, velha e encurvada,
já com neblina no olhar,
tinha mel na voz cansada
e a alma feita de luar...

Manhã... Ao passar das horas,
incendeia-se o horizonte...
E o Sol - pastor dos auroras
varre as neblinas do monte.

Vem de longe este legado
que em meu peito se aninhou...
- Das neblinas do passado,
um amor que não passou !

São sepulturas de sonhos
estas rugas no meu rosto.
Semelham vales tristonhos,
com as neblinas de um sol-posto...

Cessa a luta na colina...
E Deus, ante o horror da guerra,
põe o algodão da neblina
sobre as feridas da terra.

A Morte vem tarde ou cedo
- com brumas no fim da estrada.
São as neblinas do medo...
- Talvez tudo... -Talvez nada

A neblina sobre a mata,
antes que o sol doure a terra,
parece um manto de prata
nos ombros verdes da serra.

Solidão... - cais dos vencidos,
onde vagam, de ar tristonho,
entre neblinas, perdidos,
pobres náufragos do sonho...

TERCEIRO LUGAR (CONJUNTO) = Waldir Neves

Abandono!... O sol declina...
Vem baixando a cerração...
- E a solidão com neblina
é muito mais solidão!...

Ao começar a faxina,
manhã cedinho, na Terra,
o Sol enxuga a neblina
que embaça os vitrais da serra.

Com teu olhar fulgurante,
minha existência iluminas,
tal como um fanal brilhante
entre sombras e neblinas.

Não sei se, na distinção,
interfere a mão divina
mas, na vida, os homens são
- uns, farol; outros, neblina.

É a saudade uma candeia,
cujo fulgor, encantado,
os nossos passos clareia
no neblina do passado...

Noite antiga... Velha esquina...
Encostado ao lampião,
ouvi, da própria neblina
que a espera seria em vão...

Pelos olhos da velhice,
onde a névoa predomina,
passa o trem da meninice,
que rompe qualquer neblina.

Por tanta mágoa dorida
que lhe dei, de sol a sol,
fui neblina em sua vida,
pensando que era o farol.

Capaz de a tudo embaçar,
a neblina da paixão
chega, as vezes, a ofuscar
o holofote da razão.

Velho farol... Na ruína,
triste é a nossa identidade:
tu te cobres de neblina;
eu me envolvo de saudade...

TROVA ISOLADA

1º LUGAR
Abandono !... O sol declina...
Vem baixando a cerração...
- E solidão com neblina
é muito mais solidão!...
Waldir Neves

2º LUGAR
Se um sonho logo termina
ante a névoa que te assalta,
não é culpa da neblina,
mas de um sol... que ainda te falta...
João Freire Filho

3º LUGAR
Nada me impede que o busque...
Nem mesmo as brumas do mal...
Não há neblina que ofusque
a luz de um grande ideal !
João Freire Filho

===============================

CONCURSO DE HUMORÍSTICAS - TEMA LIVRE

PRIMEIRO LUGAR (CONJUNTO) - EDMAR JAPIASSÚ MAIA

A faxineira, surpresa,
chorava que dava dó,
ao ser acusada e presa
por viver cheirando pó !..

Sofre de gota... e ao doutor
pergunta - posso nadar?
- Claro que pode, senhor...
o que é uma gota no mar?!

Era coveiro e exumava
ossadas com sacrifício;
mesmo assim não reclamava
porque eram ossos do ofício...

É barata a refeição
naquela pensão pacata
- Mas pra mim não serve não,
porque eu não como barata!!!

Dois ladrões, num intervalo,
foram juntos almoçar...
Um deles pediu... "roubalo"
E o outro... "furtos do mar"!

SEGUNDO LUGAR (CONJUNTO) = VASQUES FILHO

Dedo em riste, junto à cama,
grita a mulher do Sobreira
- O cheiro do teu pijama
é o da loção da copeira!

Diz ao padre o canibal
- Senhor mandou, e escolhi.
Caso com esta... afinal
as outras três eu comi!

Com professor da pesada,
malhou muito e emagreceu,
mas logo se viu "malhada"
quando a barriga cresceu...

Se sofre a mulher no parto,
do marido é a maior dor :
- no hospital, pagando o quarto
e a "continha" do doutor

O velho galo, à noitinha,
ouviu a franga assanhada
dizendo para a galinha :
- Ele ainda "canta"... e mais nada!

TERCEIRO LUGAR (CONJUNTO) = Antonio Carlos Teixeira Pinto

Queria vencer na vida,
só faltava um "empurrão"
que veio... em plena Avenida,
na frente de um rabecão!

Com mulher sempre se alterna
minha sorte, eis a questão
- Quando uma me passa a perna,
outra me deixa na mão!

Ao receitar-me o doutor
prova de esforço, na esteira,
senti no peito um tambor,
de tanto pensar besteira!

Toda a minha teimosia
em me calar, foi em vão,
porque, na Delegacia,
me deram voz... de prisão

No meu prédio, o rebuliço
ganha maior consistência,
quando a entrada de serviço
é saída de emergência !

MAGNÍFICOS - HUMORISMO - TROVA ISOLADA

1º LUGAR
Dois ladrões, num intervalo,
foram juntos almoçar...
Um deles pediu... " roubalo "!
E o outro... " furtos do mar "!
Edmar Japiassú Maia

2º LUGAR
A faxineira, surpresa,
chorava que dava dó,
ao ser acusada e presa
por viver cheirando pó ! ...
Edmar Japiassú Maia

3º LUGAR
Sofre de gota... e ao doutor
pergunta - posso nadar ?
- Claro que pode, senhor...
o que é uma gota na mar ?
Edmar Japiassú Maia

========================================

CONCURSO LOCAL LÍRICAS E FILOSÓFICAS - TEMA: ADEUS

VENCEDORES

1º LUGAR
Porque nós somos iguais,
é que sempre, sem motivo,
nosso adeus de "nunca mais"
nunca foi definitivo.
Rodolpho Abbud

2º LUGAR
Em seus olhos quero olhar,
no instante do nosso adeus...
- É por medo de chorar
que ela não olha nos meus...
Rodolpho Abbud

3º LUGAR
Teu adeus fez-me tristonho,
mas que eu te esqueça não peças
porque, dentro do meu sonho,
toda noite tu regressas...
Linda Brandão Dias

4º LUGAR
Foi-se o tempo e hoje somente
percebo, em meu desatino,
que aquele adeus reticente
fez ponto no meu destino ! ...
Linda Brandão Dias

5º LUGAR
Feliz de quem um adeus
nunca precise dizer...
E eu guardo todos os meus
para quando te perder...
Celia Higgins Ferreira

MENÇÕES HONROSAS

Tranquei fundo no meu peito
a dor tristonha do adeus...
Mesmo assim, ela deu jeito
e escapou nos olhos meus!
Heloysio Alonso

Depois do adeus, quanto anseio,
quanta tristeza me invade,
e também quanto receio
de não ser tua saudade...
Nydia laggi Martins

Solidário em meu desgosto,
depois do adeus, da quimera,
o espelho mostra em seu rosto
os estilhaços da espera...
Linda Brandão Dias

Foram tantas despedidas
que hoje até nem sei, meu Deus,
quem retalhou nossas vidas
em pedacinhos de adeus ! ...
Clenir Neves Ribeiro

Foi no adeus da despedida
que ela, entre beijos, chorando,
jurou voltar... e, na vida,
envelheci... esperando !...
Dalva Guedes de Athayde

MENÇÕES ESPECIAIS

Adeus - expressão ingrata
que a vida um dia inventou,
e a gente, na mesma data,
sem querer, patenteou !
Ana Maria Motta

Etéreas, quase apagadas,
mas vivas nos olhos meus,
nossas sombras de mãos dadas
recusam dizer adeus.
Joca Leal Miranda

Não te perdi... Nosso adeus
não foi adeus de verdade:
eu saí dos braços teus
para os braços da saudade...
Nydia laggi Martins

Da despedida, a lembrança...
Volta o pranto aos olhos meus,
pois não há mais esperança
nem mesmo de um outro adeus...
Nydia laggi Martins

Disseste adeus sem querer,
brincando na despedida...
- E o destino fez valer
esse adeus por toda vida .
Clenir Neves Ribeiro

===============================

CONCURSO LOCAL HUMORÍSTICAS - TEMA LIVRE

VENCEDORES

1º LUGAR
Chega da farra... e estremece,
pois da rua percebeu
que o vizinho não se esquece
da mulher que ele esqueceu...
Rodolpho Abbud

2º LUGAR
A lambada foi bastante
para um trágico desfecho
alguém tomara um purgante
e, com tanto remelexo...
Ana Maria Motta

3º LUGAR
Pra barata foi bem chato
descobrir que a baratinha
anda curtindo um barato
pelos cantos da cozinha!
Ana Maria Motta

4º LUGAR
Houve um atrito em Osasco
só por esta indagação :
- Tem algo para churrasco ?
E a resposta foi "carvão".
Enéas Nunes de Barros

5º LUGAR
Toda noite sai, "na marra",
dizendo a mulher- "não torra !"
- Se na rua, vai à farra,
em casa, ela vai à forra!...
Rodolpho Abbud

MENÇÕES HONROSAS

Ferramenteiro, o Marcelo,
em quem acredito a custo,
diz que inventou um martelo
que serve pra pregar susto.
Ana Maria Motta

Muitos gestos, ar sinistro,
e eu penso, "evidentemente"
que quem derruba ministro
o que não fará com a gente...
Nádia Huguenin

Um motorista sapeca,
escreveu no caminhão
sou velho, feio e careca,
mas, de motor estou "bom"...
Hedda de Moraes Carvalho

A sogra "estica as canelas"
e diz o Gracindo : - " Puxa!
Muito obrigado, mazelas,
por me livrarem da bruxa."
Nydia Yaggi Martins

Quando o galo viu o pato
piscando para a franguinha,
disse triste "como é chato
ser casado com galinha!"
Dalva Guedes de Athayde

MENÇÕES ESPECIAIS

Sendo diabético, o Andrada
lá no meu baile não fica,
se acaso escuta a lambada
que diz assim... "Adocica..."
Joca Leal Miranda

Deixando o terceiro mundo,
em dois banhos de imersão,
o Brasil foi para o "Fundo"
e a gente para o " Fundão.
Rodolpho Abbud

Passa a "boa" do vizinho...
Pra tocá-la, um velho corre;
há quem finja que é ceguinho,
e eu finjo que estou de porre.
Nydia laggi Martins

Tentando buscar a sorte,
se deu mal com a vizinha,
Zé foi jurado de morte
quando quis a "raspadinha".
João Curty

Levou a sogra ao passeio,
pra fazer media com a filha,
mas... na volta ela não veio,
foi... esquecida na ilha.
Carlos Henrique Souza Carneiro

///////////////////////////////////////////////////////////////////////

HOMENAGEM AO CINQUENTENÁRIO DA BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL

Trovas Classificadas - Tema: LIVRO

VENCEDORA -

Lê juventude ! ... E não creias
numa vida sem aprumo..
É nos livros, que folheias,
que hás de encontrar o teu rumo.
Edmar Japiassú Maia Rio de Janeiro

Menções Honrosas

Livro bom é como o trigo:
hóstia branca, pão dourado
Na solidão, é o amigo
que vem dormir ao teu lado...
Eloy Maria de Oliveira Fardo - São Paulo

Livro é hóstia consagrada
aos olhos, e, em seus segredos,
sua luz também é dada
aos que a sorvem pelos dedos !
Antonio Carlos Teixeira Pinto - Niterói

Orna de livros teu lar
e um dia irás perceber
que o livro é a pedra angular
da construção do saber.
Antonio Juraci Siqueira - Belém

Para conhecer o mundo
preciso pouco dinheiro;
compro um livro e, num segundo,
eu percorro o mundo inteiro.
Almira Guaracy Rebelo Belo Horizonte