TEMA NACIONAL "EMOÇÃO"

VENCEDORES

1o Lugar
Resisto... mas distraída,
minha razão nem percebe,
quando a emoção atrevida
abre a porta... e te recebe.
Marilúcia Rezende - São Paulo

2 o Lugar
Por emoção diferente
deixei meu lar... Fui covarde.
Pena que a vida, inclemente,
mostra o erro quando é tarde.
Pedro Ornellas - São Paulo

3 o Lugar
Desta emoção incontida
não faço nenhum alarde...
E culpo demais a vida,
por te encontrar muito tarde.
Ercy Maria Marques de Faria - Bauru - SP

4 o Lugar
Pisando a mesma calçada,
onde trocamos meiguice,
uma emoção dominada
disse tudo o que eu não disse...
Augusto Claudio Ferreira - Rio de Janeiro

5 o Lugar
Quando a ingênua ressonância
de um realejo me invade,
sinto as emoções da infância
dançando em minha saudade.
Marina Bruna - São Paulo

MENÇÕES HONROSAS

Voltas... E eu acho tão triste
a emoção de disfarçar
que, por mim, já que partiste,
nem precisavas voltar...
Divenei Boseli - São Paulo

É num leito outrora farto
de emoções e descobertas,
que, no vazio do quarto,
pranteio as horas desertas...
Edmar Japiassú Maia - Rio de Janeiro

De que me vale um perdão,
por muito amor que revele,
se não há mais emoção
em nosso... toque de pele...
Almerinda Liporage - Rio de Janeiro

Li teu bilhete: "Lembranças!".
E, na emoção que me invade
um carrilhão de esperanças
desperta minha saudade !
Domitilla Borges Beltrame - São Paulo

É doce a emoção sentida
por saber que Deus insiste
em fazer nascer a vida,
apesar de um mundo triste.
Antonio Bispo dos Santos - Niterói

MENÇÕES ESPECIAIS

Mãe e filho, uma só vida,
no enlevo da gestação...
Dupla emoção repartida,
pelos canais de um cordão.
Hermoclydes Siqueira Franco - Rio de Janeiro

Buscando emoções um dia
do antigo lar fiz-me egresso.
E, agora, tudo eu daria
pela emoção do regresso.
Pedro Ornellas - São Paulo

Sempre que a gente carece
de calar a própria voz,
num simples gesto parece
que a emoção fala por nós.
Heloisa Zanconato Pinto - Juiz de Fora - MG

Se o mundo me quer tristonho,
à emoção peço guarida :
pego o alasão do meu sonho
e solto as rédeas da vida!...
Eugenia Maria Rodrigues - Rio Novo - MG

Sentindo um nó na garganta,
quis negar que já te amei,
mas, minha emoção foi tanta
que em vez de sorrir... chorei.
Marisol - Terezópolis - RJ

///////////////////////////////////////////////// 

HUMORÍSTICAS = 'TEMA LIVRE" NACIONAL

VENCEDORES

1o Lugar

-"Subiu na vida o Fernando"
- "Ficou rico?" - indaga o Lima.
- "Não, senhor Está morando
seis barracos, morro acima !!!".
Sérgio Miranda Filho -Rio de Janeiro

2o Lugar
O moreno deu o estouro
quando a esposa num desmaio,
gemeu baixinho : - Meu louro
sem ter nenhum papagaio !
Almerinda Liporage - Rio de Janeiro

3o Lugar
"A História nem sempre é certa!
Diz Cabral com voz sinistra.
- "Minha maior descoberta
foi "descobrir" a Ministra..."
Izo Goldman - São Paulo

4o Lugar
Era tão gorda a donzela,
com tanta banha espalhada,
que o Anjo da Guarda dela
tinha cama separada...
Vera Maria de Lima Bastos - Juiz de Fora - MG

5o Lugar
Doutor, disse o nordestino
Meu pescoço está doendo.
Que pescoço, Severino ?
Onde está que eu não tô vendo ?
Vera Maria de Lima Bastos - Juiz de Fora - MG

MENÇÕES HONROSAS

CURVA FECHADA - ele leu
na placa... e, em sua tolice,
parou o carro e desceu...
para esperar que ela abrisse...
João Freire Filho - Rio de Janeiro

Em Lisboa, zero grau
anuncia o aviador.
- "Que bom, exclama o Lalau,
não é frio nem calor !"
Domitilla Borges Beltrame - São Paulo

No farofa do despacho,
"nego" pôs tanto dendê,
que o santo saiu do tacho
procurando o WC...
Aloísio Alves da Costa - Fortaleza

Quando o "pau comeu cerrado",
num terreiro em Del Castilho,
o pai-de-santo, abaixado,
gritava: - "Sobe, meu filho".
Aloísio Alves da Costa - Fortaleza

Sai verde toda a ninhada...
E o galo, com picardia,
indaga : - "Papagaiada ?"
- Não, amor, ECOLOGIA!...
João Batista Frota Soares - Fortaleza

MENÇÕES ESPECIAIS

Mandou gravar o Silvano
este aviso no portão
"Eu sou vegetariano
mas o meu cachorro, não".
Pedro Ornellas - São Paulo

Mentiu tanto, que, já morta,
todos que olhavam pra ela,
diziam de boca torta :
- "Morreu não. Mentira dela".
Alcy Ribeiro Souto Mayor - Rio de Janeiro

O peru pôs na goela,
tanta cachaça com mel,
que quando foi pra panela,
foi cantando o "jingle-bell..."
Albertina Moreira Pedro - Rio de Janeiro

Uma caixa de cerveja
ele pediu ao entrar.
De qual marca que deseja ?
Qualquer uma : é pra eu sentar!
Célia Guimarães Santana - Sete Lagoas - MG

- "Lojas de jóias, por dia,
abre duas meu irmão..."
"Tem rede de joalheria?"
"Não, senhor... ele é ladrão !"
Sérgio Miranda Filho - Rio de Janeiro
====================================

CONCURSO NACIONAL - MAGNÍFICOS
CONCURSO DE LÍRICAS E/OU FILOSÓFICAS - TEMA: ORGULHO

PRIMEIRO LUGAR (CONJUNTO) - Antonio Carlos Teixeira Pinto

Vem a noite ! A horas mortas,
quando o orgulho cai no sono,
a saudade arromba as portas
e eu fujo deste abandono !

Apesar de tantas preces,
teu orgulho disse : Não !
- Pedir a Deus que viesses
foi mesmo sonhar em vão !

Só depois que foste embora,
que em meus erros me concentro,
joguei meu orgulho fora,
para guardar-te aqui dentro!

Nós dois, de certa maneira,
sepultamos nosso amor :
- O orgulho foi a barreira
que não soubemos transpor!

O orgulho já não me ilude,
que hoje entendo quem tu és,
e, subindo o quanto pude,
jamais cheguei a teus pés.

O orgulho secou-me o pranto,
fez calar a minha voz;
quanta saudade, no entanto,
soluça e grita por nós !

Só desejo que não torças
meu orgulho, é o que te imploro,
porque me sinto sem forças
para esconder que te adoro!

Aí, chegou a saudade !
Foi apertando... apertando...
Quando doeu de verdade,
peguei o orgulho chorando !

O orgulho lavou meu pranto,
tornando-me assim tão rude...
E eu podia amar-te tanto,
mas não te amei como pude!

Meu orgulho não se dobre,
e por falso não me tomem;
posso ser um homem pobre,
porém, nunca um pobre homem!

SEGUNDO LUGAR (CONJUNTO) - Arlindo Tadeu Hagen

Adeus - o orgulho ditou
mas o tolo coração
esquece o que decorou
e diz apenas: Perdão!

Despedida... e, por consolo,
deste encontro derradeiro,
só me resta o orgulho tolo
de ter dito adeus primeiro!

Do orgulhoso interesseiro
a vida mostra o disfarce:
só se orgulha do dinheiro
quem nada tem a orgulhar-se!

Em nosso leito, esgotado
de ouvir "não" como respostas,
o meu orgulho, cansado,
também se vira de costas!

Falou mais alto a paixão
e, entre juras sussurradas,
joguei meu orgulho ao chão
junto às roupas espalhadas !

Mesmo que eu não possa ter
os dons que a vida negou,
que eu sinta orgulho de ser
exatamente o que eu sou !

No instante em que ela voltou,
retomando o amor perdido,
seu perdão cicatrizou
o meu orgulho ferido.

Volto, te pedindo ajuda
mas, em meus rumos sem calmas,
o orgulho é pedra miúda
ferindo os pés de minha alma!

Meu orgulho, que não deixa
que eu grite a dor que me corta,
suporta, sozinho, a queixa
que o peito já não suporta!...

Se eu demorei na viagem
que de volta eu percorri
é que o orgulho é a bagagem
mais pesada que eu já vi !

TERCEIRO LUGAR - Waldir Neves

Saudoso dos braços dela,
voltei, contrito e humilhado.
- Quando a saudade martela,
qualquer orgulho é quebrado!...

Neste abandono sofrido,
sou mais um, que, por vaidade,
deixou que o orgulho, ferido,
matasse a felicidade...

Quisera que Deus me desse,
acima de qualquer bem,
um orgulho que pusesse
bem abaixo o teu desdém.

Quem um filho vê feliz,
seguir por si, resoluto,
vive a glória da raiz
orgulhosa pelo fruto.

Faz teu ciúme um barulho
que me soa encantador.
- Ele acorda o meu orgulho
de dono do teu amor!...

Irmãos no meu insucesso
o peito implora, a alma pede...
Todos querem teu regresso...
Só meu orgulho não cede!

Homem sem rasgos nem brilho,
a que a luz já não atrai,
vou me orgulhar se meu filho
tiver orgulho do pai.

Que momento abençoado
e que gesto redentor,
quando o orgulho, derrotado,
cai, humilde, aos pés do amor !...

Opondo orgulho e egoísmo
aos meus acenos risonhos,
cavaste o profundo abismo
onde enterrei os meus sonhos.

Não sei onde é mais dorido
este nosso amor desfeito
- no meu orgulho ferido,
ou na ferida em meu peito...

---------------------------------------------

TROVA ISOLADA

1º LUGAR
Seja humilde, esqueça o resto,
pois contra orgulho e vaidade,
nenhum grito de protesto
vale um gesto de humildade!
Aloísio Alves da Costa

2º LUGAR
Nós dois, de certa maneira,
sepultamos nosso amor :
- O orgulho foi a barreira
que não soubemos transpor!
Antonio Carlos Teixeira Pinto

3º LUGAR
Orgulho ! E quem é que sabe
o que virá no depois !
- Não deixes que tudo acabe
num silêncio feito a dois !
Carolina Ramos

/////////////////////////////////////////////////

CONCURSO DE HUMORÍSTICAS - "TEMA LIVRE"

PRIMEIRO LUGAR (CONJUNTO) - EDMAR JAPIASSÚ MAIA

No fone, após um convite.
- Onde estás? diz com apego...
- Na cama, mãe, com artrite.
- Mas minha filha... outro grego?!

Sabendo o nome de cor,
mas da dor sofrendo o assédio,
pede à orquestra um ré menor
e ao doutor pede um remédio!

"Dá no pé, gritou o pato
alertando o jacaré.
Não fugiu... virou sapato...
E agora ele dá no pé !

Junto ao santo, ela feliz
pergunta com todo apreço
- O São Francisco é de Assis?
E o luso : - Não... é de gesso!!!

Ex-carrasco, ele revive
saudoso os tempos de moço,
porque hoje é ele quem vive
com a corda no pescoço !

SEGUNDO LUGAR - Joubert de Araújo Silva

Chega a sogra... E o pobre à espera
de que não tarde a partida,
lamento o nome da fera :
"Benvinda", em lugar de... "Aida"!

O leão me dá o bote...
Meu "tutu" é congelado...
E, de "pacote" em "pacote",
acabo sendo embrulhado!

Zé Paquera, sem dinheiro,
foi pedir a mão de Stela...
E, em vez da mão, no traseiro,
levou o pé do pai dela!

Bonita, de riso franco,
faz inveja as companheiras...
E vai subindo no Banco
com o balanço das cadeiras!...

- "Não tenho mãe: muito aflito,
o luso se maldizia
- " Por ter um pai levadito,
eu nasci da minha tia ! ...

TERCEIRO LUGAR - Carlos Guimarães

Econômica, a Julieta
não peca por escassez,
pois aproveita a proveta:
tem três filhos de uma vez.

Foi vestindo um biquininho,
no Carnaval, que a Tereza
mostrou o mais redondinho
umbigo da redondeza.

Transcreveu da sepultura
o número ali gravado
e, ao telefone, procura
conversar com o finado.

Casal de sorte, se vê,
são o Zeca e a Madalena:
se a mulher ganha um TV,
o marido ganha a antena.

Cama redonda... e o coitado
do luso Zé Bananeira
passou a noite acordado,
procurando a cabeceira.

MAGNÍFICOS - HUMORISMO

Trovas Isoladas

1o Lugar
Junto ao santo, ela feliz
pergunta com todo o apreço
- O São Francisco é de Assis?
E o luso...Não é de gesso !!!
Edmar Japiassu Maia

2o Lugar
"Dá no pé, gritou o pato
alertando o jacaré,
Não fugiu... virou sapato...
E agora ele dá no pé !
Edmar Japiassu Maia

3o. Lugar
Cama redonda... e o coitado
do luso Zé Bananeira
passou a noite acordado
procurando a cabeceira.
Carlos Guimarães

=========================================

CONCURSO LOCAL LÍRICAS E FILOSÓFICAS - TEMA: AGONIA

VENCEDORES

1o
Agonia é ver teus passos
numa pressa que alucina,
e saber que, noutros braços,
a tua pressa termina !
--Ana Maria Motta

2o
Agonia é ter os braços
vazios, depois do adeus,
e ver, na rua, teus passos
em rumo oposto ao dos meus.
--Julia Leal Miranda

3o
Não temo angústia, fracassos,
pois teu amor me domina,
e, se eu termino em teus braços,
minha agonia termina...
--Clenir Neves Ribeiro

4o
Nesta agonia da espera,
eu creio, mesmo tristonho,
que a vida, por mais severa,
não apaga a luz de um sonho.
--Hedda de Moraes Carvalho

5o
Sem agonia, transponho
as barreiras do meu tédio,
porque, ante a morte de um sonho,
um outro sonho... é o remédio!
--Dalva Guedes de Athayde

Menções Honrosas

A noite, perdido o sono,
a agonia chega enfim
nesse abraço de abandono
que os meus braços dão em mim...
--Otávio Venturelli

É um poema à tarde breve
que agoniza em meu quintal:
o teu jeans toca, de leve,
meu vestido no varal.
--Ana Maria Motta

Ante a agonia da idade,
minha alma triste hoje vê
que eu fui do sonho à saudade
sem me encontrar com você...
--Otávio Venturelli

Vemos hoje, os dois sozinhos,
na agonia que nos toma,
que, ao somar nossos carinhos,
erramos sempre na soma...
--Otávio Venturelli

Tarde regressas, pois creio
que a agonia mais pungente
é te abraçar com receio
de te perder novamente...
--Nydia Iaggi Martins

Menções Especiais

Meu coração se reparte
entre o bem e o mal que faz
a agonia do esperar-te,
sabendo que não virás...
--Linda Brandão Dias

É madrugada ! Demoras.
Solidão... cama vazia...
- Passagem lenta das horas,
multiplicando a agonia...
--Nydia Iaggi Martins

Ela não sabe e nem pensa
que, cedendo a outros abraços,
eu sinto a agonia imensa
do amor ruindo aos pedaços...
--Rodolpho Abbud

Tem um pouco de tristeza
este amor que me angustia,
que tem muito de incerteza
e muito mais de agonia !...
--Cyrléa Neves

Se da tua ausência os dias
um a um tenho chorado,
prefiro mil agonias
ao teu regresso forçado.
--Ana Maria Motta

--------------------------------------------------

Concurso Paralelo - Tema Livre - Trovas Humorísticas

VENCEDORES

1o Lugar
Um longo teste ela fez,
de cantora, com requinte...
- Cantou somente uma vez,
mas foi cantada umas vinte.
=Rodolpho Abbud

2 o Lugar
Passou com tal rebolado,
que eu pensei comigo assim:
-"Muitos dizem que é pecado,
mas ninguém diz que é ruim!"
=Rodolpho Abbud

3 o Lugar
Vendo a caipira agitada
- "É carma" explica o guru.
E o caipira: "É carma nada;
É nervosa prá chuchu !..."
=Ana Maria Motta

4 o Lugar
Acho o vovô tão cansado...
Eu nem sei o que é que há:
agora, vive sentado
no colinho da babá!
=Hedda de Moraes Carvalho

5 o Lugar
Olho grande e gozador,
o meu vizinho avarento
plantou um ventilador
para vender pé de vento.
=Sérgio Ferraz dos Santos

Menções Honrosas

Vem da farra, "morto-vivo",
e a mulher quer um carinho,
não vacila, e compreensivo,
manda chamar o vizinho.
=Nydia laggi Martins

Eu quase nem acredito
que o fogoso Zé das Gatas,
que já foi mata-mosquito,
esteja entregue às baratas.
=Ana Maria Motta

A velhota aposentada,
cansada de solidão,
deixa, na porta encostada,
a placa "pego um ladrão".
=Hedda de Moraes Carvalho

De cama encontrei Maria
com Dengue. Como é que pode ?
Até hoje eu não sabia
que Dengue usava bigode!...
=Ana Maria Motta

Juventino, pobre moço,
assume tudo sem mágoa:
É ele que fura o poço,
e o Ricardão bebe a água.
=Sérgio Ferraz dos Santos

Menções Especiais

"Zé Magriça ", espertalhão,
no "Supermercado Prata"
foi pego de anzol na mão,
pescando sardinha em lata.
=Sérgio Ferraz dos Santos

Com o cri-cri irritante
do grilo, eu não acordei.
Mas sempre acordo no instante
em que a sogra diz: Cheguei!
=Nydia laggi Martins

No velório, a viuvinha,
tentando esconder o jogo,
dava uma de "apagadinha"
mas, por dentro, quanto fogo!
=Nydia laggi Martins

Preguiçosa, ela se zanga
e diz, no clube, às vizinhas
que nunca "arregaça a manga"
porque usa blusa de alcinhas!...
=Rodolpho Abbud

De testes fez mais de dez
e ontem soube o resultado...
- Foi contratado o Moisés ?
- Qual nada ! Foi internado!
=Rodolpho Abbud

Saudação da Presidente dos Jogos Florais ao Dr. Paulo Azevedo, Prefeito de Nova Friburgo

O que dizer ao Prefeito
que, num trabalho fecundo,
faz de Friburgo, a seu jeito,
um paraíso no mundo ?

Ao amigo - o que dizer?
se a todos estende a mão
e faz tudo para ver
um sorriso em cada irmão.

Que às crianças dedicado,
esbanja amor e carinho,
sendo por elas chamado
simplesmente de Paulinho.

A quem tanto tem doado
à Trova dos seus amores
e sempre tem comungado
na mesa dos trovadores.

E ainda faz, lutando embora
mas firme em seu ideal,
para o povo, em boa hora,
um Corredor Cultural.

Antes que a rima se acabe,
sem que eu termine o recado,
uma só palavra cabe
e essa diz tudo : Obrigado!...

Nydia Iaggi Martins
Homenagem ao Corredor Cultural

//////////////////////////////////////////////////////////

CONCURSO PARALELO - TEMA: CORREDOR CULTURAL

-VENCEDORA -

Nova Friburgo ! Afinal
iças bandeiras nos mastros!
Teu "Corredor Cultural"
tem o destino dos astros!
Ferreira Nobre - Fortaleza - CE

Menções Honrosas

Um Corredor Cultural
merece um viva constante
Friburgo é sempre afinal
aquela estrela brilhante.
=Wandisley Garcia - Jales- SP

Nova Friburgo comprova,
no Corredor Cultural,
que, hoje, a Capital da Trova,
da Cultura, é Capital !!!
=lzo Goldman - São Paulo- SP

Friburgo, em sonho real,
fará, nas tardes bonitas,
do "Corredor Cultural",
uma sala de visitas ! ...
=Hermoclildes Siqueira Franco - Rio

Nova Friburgo atual
comemora outra ventura
um "Corredor Cultural"
dá passagem à cultura!
=Arlindo Tadeu Hagen - Juiz de Fora-MG

Friburgo, na tua história,
o "Corredor Cultural"
será um marco de glória
teu novo cartão-postal !
Giselda Medelros - Fortaleza- CE