CONCURSO NACIONAL/INTERNACIONAL 
TEMA LIRÍCO / FILOSÓFICO
 
PASSEIO
 
1º Lugar: Troféu Aloísio de Moura
Por água o Nordeste anseia
e,  no flagelo do estio,
sedenta a sede passeia
por onde passava um rio! 
Campos Sales - São Paulo/SP
 
2º Lugar:
Na distante mocidade,
não passeio desde quando
me contaram que a saudade,
voltava de lá, chorando! 
Campos Sales - São Paulo/SP
 
3º Lugar:
Passear na minha aldeia,
juro por Deus que não vou...
A saudade não passeia,
por onde a mágoa passou! 
Campos Sales -  São Paulo/SP
 
4º Lugar:
A vida é só um segundo,
é um passeio bem veloz,
que dobra as curvas do mundo
e passa por todos nós! 
Eduardo A. O. Toledo - Pouso Alegre/MG
 
5º Lugar:
Ela, em lágrimas, me veio,
e minha casa era sua,
mas hoje, nem a passeio
pisa o chão de minha rua! 
José Lucas de Barros -  Natal/RN


 
MENÇÕES HONROSAS
 
Se, em passeios, extravasas
males que o verso atenua,
vai, minha alma, adeja as asas
e faz um pouso na Lua! 
Darly O. Barros -  São Paulo/SP
 
Ante o vazio que a invade,
eu penso, em meus devaneios,
que a praça sente saudade
também dos nossos passeios. 
João Costa - Saquarema/RJ
 
Dos becos do amor mendigo,
meu olhar triste, em passeio,
vagueia implorando abrigo
nas portas do peito alheio... 
Manoel Cavalcante de Souza Castro - Pau dos Ferros – RN 
 
Minhas mãos passeiam tensas
na candura do teu seio.
Elas passeiam, tu pensas;
Eu não penso... só passeio! 
Nélio Bessant -  Pindamonhangaba/SP
 
Se num livro me aprofundo,
tanto a leitura me embala
que passeio pelo mundo
no sofazinho da sala! 
Renata Paccola - São Paulo/SP
 
 
MENÇÕES ESPECIAIS
 
Há descaso em seu olhar...
Já não sei se você veio,
até mim, para ficar,
ou simplesmente a passeio... 
Almira Guaracy Rebelo - Belo Horizonte/MG 
 
Tantos passeios sem rumo
fiz  sem pensar, fiz a esmo...
Sabotei a vida, assumo,
numa fuga de mim mesmo! 
Dáguima Verônica de Oliveira -  Santa Juliana/MG 
 
Se encontrar caminhos falhos
nos passeios desta vida,
melhor não seguir atalhos...
Volte ao ponto de partida! 
Eulinda Barreto Fernandes - Bauru/SP 
 
Daquele nosso passeio,
não sobrou nada de nada;
Eta amor de veraneio,
que põe logo o pé na estrada! 
Geraldo Trombin -  Americana/SP
 
Passeando calmamente
disseste adeus; nem senti,
porque, verdadeiramente,
eu nunca me despedi... 
JB. Xavier -  São Paulo/SP
=============================


LV JOGOS FLORAIS DE NOVA FRIBURGO - 2014
CONCURSO NACIONAL- INTERNACIONAL 
TEMA HUMORÍSTICO
 
BALADA 
 
1º Lugar: Troféu Tuffik Milled
Balada é show de energia
para “menor” de cinquenta;
para “maior” é agonia:
- a coluna não aguenta!... 
Lucília  Alzira T. Decarli - Bandeirantes/PR
 
2º Lugar:
-Vovó, estou na balada,
liga a menina ofegante,
e a velha surda: -abalada?
É bom tomar um calmante!!! 
Élbea Pricila de Souza e Silva -  Caçapava/SP
 
3º Lugar:
O vovô vai à balada
e sem muito lero- lero,
na pista dança lambada
em compasso de bolero. 
Dulcídio de Barros  M. Sobrinho -  Juiz de Fora/MG
 
4º Lugar:
Se o esposo da lavadeira
na balada, a rédea, afrouxa,
ele fica a noite inteira
fazendo papel de...trouxa! 
Maurício Cavalheiro -  Pindamonhangaba/SP
5º Lugar:
Já bêbado na balada,
viu uma saia xadrez,
e, ao persistir na “cantada”,
quase apanhou do escocês”! 
José Ouverney - Pindamonhangaba/SP

 
MENÇÕES HONROSAS
 
Convidado pra balada,
o português, por fricote,
não entendendo a piada,
levou “balas” num pacote... 
Antonio Colavite Filho -  Santos/SP
 
A balada teve início
quando o louco abriu a mala
e distribuiu, no hospício,
muitos pacotes de...bala. 
Maurício Cavalheiro -  Pindamonhangaba/SP 
 
Raimunda agita a balada
com seu “farto conteúdo”,
e quanto mais “bolinada”,
mais Raimunda... “bole tudo”! 
José Ouverney -  Pindamonhangaba/SP
 
Um matuto quer saber:
- A balada passa rente
ou dá tempo pra correr
sem bala pegar na gente? 
Ruth Farah N. Lutterback -  Cantagalo/RJ 
 
- Prima Vera!!! Na balada,
eu grito a pleno pulmão.
E uma velha, toda suada:
-Primavera, não...Verão!! 
Vanda Fagundes Queiroz -  Curitiba/PR

 
MENÇÕES ESPECIAIS 
 
Depois de tantas Baladas
“curtidas” noites inteiras,
 hoje passa madrugadas,
dançando com mamadeiras... 
Ercy  Maria Marques de Faria -  Bauru/SP
 
Sai sem fazer alarido...
Vai com alguém pra Balada...
E a Balada do marido
é no quarto da empregada... 
Ercy  Maria Marques de Faria - Bauru/SP
 
-Mamãe, eu vou pra balada,
mas não demoro a voltar!
-Filha, eu estou preocupada
é se você vai “ficar !” 
Olympio da Cruz S. Coutinho - Belo Horizonte/MG
 
Segundo um amigo meu,
a balada fica boa
sempre que um homem ateu
acha uma mulher à toa!! 
Renata Paccola - São Paulo/SP
 
As “cadeiras” rebolando
e, com briga na balada,
mais cadeiras me acertando,
eu fiquei “descadeirada”! 
Wanda de Paula Mourthé -  Belo Horizonte/MG
 ================================

CONCURSO PARALELO NACIONAL E INTERNACIONAL (cinco vencedores por ordem alfabética:
(homenagem ao centenário de nascimento do poeta J.G. de Araújo Jorge) 
 
O velho poeta inspirado
me lembra, em sua euforia,
tronco velho alimentado
pela seiva da poesia! 
Arlindo Tadeu Hagen - Juiz de Fora/MG
 
O mistério da poesia
- e quanta gente não vê! –
não verte da alma que cria
mas brota na alma que lê!... 
JB. Xavier -  São Paulo/SP
 
A saudade em mim soluça
ao lembrá-lo, em noite calma,
e, a Poesia se debruça
na varanda da minh´alma! 
José Valdez de Castro Moura - Pindamonhangaba/SP
 
Às vezes, num tom disperso;
às vezes, num tom profundo,
a poesia está no verso
das coisas simples do mundo! 
Sérgio Fonseca - Mesquita/RJ
 
Faz poesia quando sonha
ou se chora... e é sedutor!
O poeta não se envergonha
de fazer versos de amor! 
Therezinha Diegues Brisolla -  São Paulo/SP 
 
 
TROVAS VENCEDORAS DO CONCURSO PARALELO LOCAL: 
 
JG... tua memória
faz a ausência ser mais leve;
que o poeta escreve a história
nas poesias que ele escreve! 
Edmar Japiassú Maia
 
J. G. foi quem floriu
de poesia e troféu,
a terra que descobriu
ser o caminho do céu!... 
Dilva Maria de Moraes
 
Fiz à luz de um candelabro
a poesia aqui guardada.
- Ele sabe o quanto me abro
nessa gaveta trancada. 
Sérgio Bernardo Correa
 
O luar, o sol nascente,
riacho... sorriso... flor...
Poesia é simplesmente
o coração com amor! 
Therezinha Tavares
 
“Jotagê” foi devoção
e hoje na trova é um troféu...
Fez da poesia oração
no “caminho para o céu” ! 
Venceslau  Olival 
 ===================
 
CONCURSO PARALELO NACIONAL E INTERNACIONAL (cinco vencedores por ordem alfabética:
(homenagem à Fonte do Suspiro e, por extensão, a Rodolpho Abbudd) 
 
Entre as fotos mais queridas
onde faço meu retiro,
revivo as horas vividas
junto à Fonte do Suspiro! 
Alba Christina Campos Netto -  São Paulo/SP
 
Rodolpho Abbud, eu admiro
tuas trovas, teu cantar...
E, na Fonte do Suspiro,
deixo a saudade chorar. 
Giva da Rocha -  São Paulo/SP
 
Quem já suspirou defronte
e aqui faz versos de amor
sabe o valor dessa fonte
na vida de um trovador! 
José Ouverney  - Pindamonhangaba/SP
 
Por ele -  o ABBUD -  eu sugiro
que a nova Fonte, em verdade,
não seja só “Do Suspiro”:
- Seja, também... “Da Saudade”! 
Maria  Madalena Ferreira - Magé/RJ
 
Minha  “Fonte do Supiro”,
quando me viu suspirar,
secou, mas ainda prefiro
outra fonte não buscar. 
Nazareno Tourinho - Belém/PA 
 
TROVAS VENCEDORAS DO CONCURSO PARALELOLOCAL: 
 
Nada irá rolar do monte,
pois a chuva, sem tormenta,
com Deus vai encher a Fonte
do Suspiro de água benta! 
Ailto Rodrigues
 
Rodolpho, além do horizonte,
suspira na eternidade
para ver refeita a fonte
do amor, ciúme e saudade! 
Ivone Marques Moreira
 
Sou Abbud, o trovador,
e da vida eu me retiro,
mas cuidem da nossa flor
e da Fonte do Suspiro! 
Joana D´arc da Veiga
 
Na fonte dos tempos idos
que Abbud amou de verdade,
três suspiros são ouvidos
e o mais fundo é o da saudade! 
Sérgio Bernardo Correa
 
Lá nos suspiros da fonte
ficou faltando um troféu
e, Rodolpho, no horizonte,
vai recebê-lo no céu! 
Venceslau Olival 
 ========================
 
LV JOGOS FLORAIS DE NOVA FRIBURGO - 2014
CONCURSO LOCAL – TEMA LIRÍCO / FILOSÓFICO
 
RELÓGIO 
1º Lugar: Troféu Elly O. J. Carvalho
 
Demoras... e à luz do ocaso,
refém da angústia e do medo,
os meus relógios atraso
para fingir que ainda é cedo! 
Dilva Maria de Moraes
 
2º Lugar:
Nosso amor atrapalhado,
que nos traz em grande aperto,
é um relógio escangalhado
que já não tem mais conserto! 
Ana Maria Motta
 
3º Lugar:
Uma ironia que arrasa
quem vê perto a despedida:
– Sobram relógios na casa,
mas falta tempo na vida. 
Sérgio Bernardo Correa
 
4º Lugar:
Relógio de horas contadas,
vigilante dos divãs,
nasceu para dar pancadas
na sala de esperas vãs! 
Ana Maria Motta
 
5º Lugar:
Quero que a noite me oferte
o amor que minh’alma alcance...
E o relógio não desperte
e apresse o fim do romance! 
Dilva Maria de Moraes
 
 
MENÇÃO HONROSA 
 
Lá em cima de uma estante,
um relógio envelhecido,
desperta no tempo o instante
de um passado adormecido. 
Antônio Rosalvo Accioly
 
O relógio carrilhão,
comparsa dos devaneios,
testemunha a solidão
das horas dos meus anseios!... 
Dilva Maria de Moraes
 
Este relógio perfeito,
que eu chamo de coração,
deixa sem rumo, em meu peito,
os ponteiros da razão! 
Ivone Marques Moreira
 
Quando o relógio da vida
fizer menção de parar,
possa eu ter na despedida
um carrilhão a tocar! 
Joana D’arc da Veiga 
 
O relógio é meu açoite,
pois do meu amor desfeito,
ele avisa dia e noite
que está vazio o meu leito.
 Lúcia Sertã
 
MENÇÃO ESPECIAL 
 
Um relógio de verdade,
que bate dentro do peito,
marca as horas da saudade
de um amor que foi desfeito. 
Adilson Calvão 
 
A tristeza hoje me invade
e o relógio da matriz
bate as horas da saudade
do tempo em que eu fui feliz! 
Hermê Schuenck
 
Trabalhando noite e dia
numa mesma pulsação,
o relógio, quem diria,
sonha ser um carrilhão! 
Jorge A. A. Gomes
Revelação de 2014
Troféu “Amâncio Mário de Azevedo” 
 
Sou chegada e despedida,
sou do jeito da canção;
Eu, relógio, som da vida,
marco o tempo em precisão. 
Lúcia Sertã
 
Tão bom se alguém inventasse
– para o gasto ser contido –
um relógio que marcasse
somente o tempo perdido. 
Sérgio Bernardo Correa
 
 
LV JOGOS FLORAIS DE NOVA FRIBURGO - 2014
CONCURSO LOCAL – HUMORÍSMO
 
BACIA 
 
1ºLugar:  Troféu Jorge Luiz (Toquinho)
O genro, com ironia,
deu à sogra diabólica,
para servir de bacia,
uma antena parabólica! 
Ivone Marques Moreira
 
2ºLugar:
É esquisita a sua tia,
tem mania bem estranha:
lava os pés numa bacia,
a mesma em que faz lasanha! 
Therezinha Tavares
 
3ºLugar: 
Na bacia com vovó,
vovô seu trapo lavava;
depois que ficava só,
outro trapo ela esfregava. 
Jorge A. A. Gomes
 
4ºLugar:
 Seguindo à risca a receita
“COLOCA EM BANHO MARIA”,
a dona Maria ajeita
as forminhas na bacia. 
Sérgio Ferraz dos Santos
 
5ºLugar:
Tina era o nome da avó.
A mãe se chamava Pia.
E o bairro inteiro, sem dó,
deu-lhe a alcunha de... Bacia... 
Sérgio Bernardo Correa

 
MENÇÕES HONROSAS
 
Toma banho todo dia
–Que banho pra ele é zelo–
Mas a água na bacia
Não passa do tornozelo. 
Ana Maria Motta
 
Não sei onde, não sei quando,
mas eu acho que a titia
também anda derramando
água fora da bacia!... 
Ana Maria Motta
 
Sem saber o que pulava
na bacia apertadinha
o vizinho já maldava:
perereca da vizinha!... 
Dilva Maria de Moraes
 
Vendo a MULHER MELANCIA
se despir naquela hora,
disse a água pra bacia:
– Se ela entrar eu caio fora! 
Sérgio Ferraz dos Santos
 
Bacia, de imensa cava,
nem assim ela cabia...
Tão logo a “gordinha” entrava
e o aguaceiro saía!... 
Venceslau Olival

 
MENÇÕES ESPECIAIS
 
Do sabonete à lavagem
prevalece a mordomia:
-rico toma hidromassagem
-pobre toma na bacia!... 
Ailto Rodrigues
 
Ela dançando xaxados
desperta tanta euforia
que os homens ficam vidrados
 com o tamanho da “bacia”! 
Dilva Maria de Moraes 
 
Nas aulas de Geografia,
“sabe tudo” a periguete...
E responde que bacia
é pra molho vinagrete! 
Elisabeth Souza Cruz 
 
 “Faz Raio X da bacia!”
E a moça, “fenomenal”
levou pra radiografia
a bacia do quintal! 
Elisabeth Souza Cruz 
 
Buscando facilidades,
o inventivo Seu Tonico,
nas suas necessidades
faz da bacia... o penico. 
Flávio Ferreira da Silva
=========================
 
 
CONCURSO ENTRE MAGNÍFICOS TROVADORES

CONJUNTOS VENCEDORES – TROVAS LÍRICAS FILOSÓFICAS
 
TEMA – PRAZO 
 
1º lugar
TROFÉU ANIS MURAD
 
Vencido o prazo, hoje eu sei
que bati em porta errada:
as Marias que inventei
me deram versos... mais nada...
 
Somos dois prazos vencidos,
pleiteando a renovação...
e dois orgulhos feridos,
negando autorização...
 
— Dois corações que um acaso
uniu e afastou, depois...
— Dois sonhos fora do prazo...
— Dois... que nunca foram dois!...
 
Soberana, a vida ensina
como vencer qualquer prova:
pressões, a gente elimina;
prazos... a gente renova!
 
Ninguém chega por acaso,
nem sai, desse mundo, ileso:
cada missão tem um prazo;
toda omissão tem seu peso... 
José Ouverney - (Pindamonhangaba/SP) 
 
2º lugar
 
Há sonhos da mocidade
que não se cumprem jamais.
Seus prazos de validade
são sempre curtos demais!
 
Partiste... e não te deter
foi o erro maior que eu fiz.
Foi o mesmo que perder
o prazo de ser feliz!
 
O prazo é quase uma afronta
para quem ama o que amamos;
há muito eu perdi a conta
dos “nunca mais” que falamos!
 
Agora seguimos sós
depois do adeus dolorido:
“para sempre” para nós
foi prazo muito comprido!
 
A saudade é prestação
de prazo longo e, hoje em dia,
tenho a amarga sensação
que paguei mais que devia! 
Arlindo Tadeu Hagen - (Juiz de Fora/MG)
 
3º lugar  
 
Parar no tempo é um atraso
e viver não é esquecer!...
Até saudade tem prazo
para deixar de doer!
 
Nosso prazo foi pequeno,
mas, hoje sei que é verdade:
— um momento de amor pleno
tem valor de Eternidade!
 
“Agora ou nunca!” — esse prazo
ao coração dei, um dia,
e ele, sem qualquer atraso,
deu-te o Sim... que o teu pedia!
 
Nossa vida vive presa
a prazos que a gente aceita,
mas... o amor é uma surpresa
que a prazo nenhum respeita!
 
Tu sonhavas... e eu sonhava...
nosso prazo era tão curto;
e se vida nos furtava,
fizemos da vida um furto! 
Carolina Ramos - (Santos/SP)
 -------------------------------------
 
TROVAS LÍRICAS/FILOSÓFICAS
TEMA – PRAZO
 
TROVAS ISOLADAS:
  
1º Lugar: 
Soberana, a vida ensina
como vencer qualquer prova:
pressões, a gente elimina;
prazos... a gente renova! 
José Ouverney - (Pindamonhangaba/SP
 
2º lugar 
— Dois corações que um acaso
uniu e afastou, depois...
Dois sonhos fora do prazo...
— Dois... que nunca foram dois!... 
José Ouverney - (Pindamonhangaba/SP)
  
3º lugar  
Há sonhos da mocidade
que não se cumprem jamais.
Seus prazos de validade
são sempre curtos demais! 
Arlindo Tadeu Hagen - (Juiz de Fora/MG)
 ----------------------------
  
LV JOGOS FLORAIS DE NOVA FRIBURGO
CONCURSO DOS MAGNÍFICOS TROVADORES
 
CONJUNTOS HUMORISTICOS
 
TEMA: PRAIA 
 
1º Lugar: 
TROFÉU COLBERT RANGEL COELHO
 
A mulher do salva-vidas
se mandou, caiu no mundo...
Busca, em praias mais compridas,
um que mergulhe mais fundo!
 
Sol, piscina, um paraíso...
Praia linda, caipirinha...
Chega a sogra, sem aviso,
e estraga a trova todinha!
 
É triste ser barrigudo
na praia, com este clima:
o sol não me queima tudo,
só queima a parte de cima!
 
O siri saiu da toca,
para passear na areia
e disse, ao ver uma foca:
Meu Deus, seria a sereia?
 
O bebum, ao naufragar,
na praia, alheio às sereias,
joga garrafas ao mar,
querendo que voltem cheias! 
Sérgio Ferreira da Silva - (São Paulo/SP)

2º lugar  
Na praia ela desfilava...
Mas a tanga que vestia,
de tão pequena, mostrava
detalhes que não devia...
 
— O que pescou, maridão?
Linguado, manjuba, arraia...?
— Só pesquei uma lição:
pescar não é minha praia!
 
— Quer me pescar, garotão?
Diz, na praia, a gorda feia.
E o cara de anzol na mão:
— Não tô pescando baleia!
 
Rosto lindo não tem, não...
Com seus requebros, porém,
na praia chama a atenção
mostrando a “mala” que tem.
 
Na praia, quase pelada,
uma “bondosa” donzela
enlouquecia a moçada
mostrando as “bondades” dela!... 
José Tavares de Lima - (Juiz de Fora/MG)
 
3º lugar: 
Na praia ela se exibiu
qual portentosa sereia...
Mas o marido surgiu,
e eu senti: — Entrou areia! 
 
Se vergonha ainda tiveres,
evita o “rabo-de-saia”,
pois a vida entre mulheres
nunca foi a tua praia. 
 
O genro quase desmaia,
quando encontra, de repente,
a velha sogra, na praia,
num biquíni transparente. 
 
Eu não acho nada estranho
o apelido de “Salgado”,
pois ele só toma banho
se vai à praia... e pelado! 
 
A praia estava lotada,
ao surgir a confusão.
Gritaram: “Mulher pelada!”
— E foi aquele arrastão... 
Antônio Carlos Teixeira Pinto - 
(Brasília/DF)
 
 
TROVAS VENCEDORAS  - TEMA PRAIA – HUMORISMO
 
TROVAS ISOLADAS 
 
1º Lugar:  
Sol, piscina, um paraíso...
Praia linda, caipirinha...
Chega a sogra, sem aviso,
e estraga a trova todinha! 
Sérgio Ferreira da Silva -  (São Paulo/SP) 
 
2º Lugar: 
Vai pela praia gingando,
no biquininho que veste,
e eu atrás dela, babando,
não penso nada que preste... 
 Campos Sales -  (São Paulo/SP) 
 
3º lugar:  
A mulher do salva-vidas
se mandou, caiu no mundo...
Busca, em praias mais compridas,
um que mergulhe mais fundo! 
Sérgio Ferreira da Silva - (São Paulo/SP)

--------------------------------------------