GEORGINA MACHADO XAVIER  nasceu no distrito de Moreira Cesar, município de Pindamonhangaba, em 13 de outubro de 1903, filha de Benedito de França Machado e Etelvina A. Marcondes Machado. Poetisa e prosadora. Publicou um livro de crônicas: "Seara de Pensamentos". Estudou em Guaratinguetá. Radicou-se em Tremembé, onde residia à Rua Monsenhor Amador Bueno, 456. Após sua morte, emprestou seu nome a uma via pública tremembeense.

Nas luzes do entardecer,
a serra, ao longe, é um poema
que Deus costuma escrever,
tendo a beleza por tema.

Mantilha branca e macia,
que envolve a noite a sonhar...
- mesmo sendo assim tão fria,
tem o dom de agasalhar.

A olhos que nunca hão de ver
a luz gloriosa do sol,
de que adianta descrever
as belezas do arrebol?

Minha Mãe, lembro o teu canto,
e a lembrança me enternece.
Muito mais que um acalanto,
tua voz era uma prece!

Tem a velhice a quietude
de lagoa adormecida.
- lembranças da juventude,
no triste poente da vida.