CONCURSO INTERSEDES NACIONAL - 2012

VENCEDORA:
 
Tanto a saudade vasculha
lembranças dentro da gente,
que a “quase” extinta fagulha
se transforma em chama ardente.
Wandira Fagundes Queiroz -  Curitiba  /  PR

 

MENÇÕES HONROSAS (em ordem alfabética de autores)

Há fumaça, há cinza quente,       
porém na brasa escondida,
não há fagulha que tente
buscar a chama perdida.
Alba Christina Campos Netto - UBT São Paulo /  SP

Se é fagulha, brilha e passa 
...sonho que um sopro desfez!
E amor que vira fumaça
não vira chama outra vez!
Carolina  Ramos  -  Santos  /  SP

A fagulha da lembrança
pondo fogo na memória,
aquece a minha esperança
de reviver nossa história...
Izo Goldman - UBT São Paulo / SP

Adormecida a "fogueira"
da paixão, nada restou!...
A fagulha derradeira,
a indiferença...apagou.
Therezinha Dieguez Brisolla - UBT São Paulo /  SP

Não receio o que vier,           
pois já vislumbro a partida,
mas luto enquanto eu tiver
uma fagulha de vida!
Wanda de Paula Mourthé - UBT Belo Horizonte /  MG
==================================

NOTA: informações enviadas pela trovadora Maria Nascimento, presidente da UBT Rio de Janeiro