1º lugar: LAVÍNIO GOMES DE ALMEIDA
Se o sonho evola, me alheio,
e, a chorar, mitigo a dor...
Negrinho do Pastoreio,
faça voltar meu amor!

2º lugar: MARIA CARDOSO ZURLO
Velho porongo, escondido
no barrote do galpão,
relembra um sonho perdido
na sombra da cerração!

3º lugar: NEWTON MEYER AZEVEDO
Cada vez que um sonho tomba,
sinto um pealo amargo e estreito.
É a vida, chupando a bomba
no porongo do meu peito!...

4º lugar: NILZA CASTRO
Na porteira do infinito
meus olhos buscam espaços
e vou rumbeando, solito,
com a saudade nos meus braços!

5º lugar: WILMA MELLO CAVALHEIRO
Na bomba, o beijo deixado,
na entrega, o tremor da mão,
e o meu amor, tão guardado
se traiu no chimarrão!
==========================================================
NOTA = esse material foi uma gentil contribuição do "Magnífico Trovador" IZO GOLDMAN, da UBT São Paulo/SP