(Trovas apresentadas em ordem de classificação, dentro de cada tema)

TEMA:  "AS QUATRO ESTAÇÕES DO ANO"

TROVAS/TROVADORES PREMIADOS

TEMA "PRIMAVERA":

DURVAL MENDONÇA - RJ
A primavera é o transporte
dos anseios palpitantes,
quando o amor bate mais forte
nos corações dos amantes...

FRANCISCO ASSIS MENEZES - Porangatu/GO
Enquanto houver primavera,
no mundo haverá a magia
da cor, da flor, da quimera,
da luz, do amor, da poesia!

FRANCISCO MADUREIRA - RJ
Menino cego... quem dera
poder um dia pintar
as cores da primavera
nas trevas do teu olhar.

WALTER WAENY - Santos
O amor tem sempre o clarão
da primavera, ao nascer,
pois é a suprema expressão
da alegria de viver!

JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO - RJ
Bendigo quem, com meiguice,
nas asas do amor perfeito,
chega à estação da velhice
com a primavera no peito.

WILSON MONTEMÓR - Resende/RJ
Se a primavera em si traz
à terra tanto esplendor,
por que não floresce a paz
tão necessária, Senhor?...

ALEXANDRE RODRIGUES FERNANDES - Portugal
Quem me dera ser quem era,
em vez daquilo que sou...
Voltas sempre, primavera.
Minha infância... não voltou!

DALVA GALIMBERTI - Porto Alegre/RS
Primavera tem alvores,
tem vento, chuvas; vê bem:
que neste nascer de flores,
espinhos nascem também.

TEMA "VERÃO":

DURVAL MENDONÇA - RJ
Chega o verão!... Sol a pino...
Como é linda a lua cheia!
E o mar parece um menino
rolando feliz na areia!

CÉLIA GUIMARÃES SANTANA - Sete Lagoas/MG
Fica o mar muito mais belo
quando, no sol de verão,
você passa sem chinelo,
pisando areias no chão!

TEMA "OUTONO":

VASQUES FILHO - Fortaleza
Risonhos tempos da infância
dos tempos do nunca mais,
vejo em brumas, à distância,
nestas tardes outonais...

WALTER WAENY - Santos
Que sofrimento medonho,
que mágoa funda e dorida
se, acaso, o outono de um sonho
é no outono de uma vida!

CÉLIA GUIMARÃES SANTANA - Sete Lagoas
A humanidade parece
- neste nascer e morrer -
folha de outono que desce
ao chão, pra outra nascer.

WALTER WAENY
Outono... As folhas caíam...
Eu te disse adeus. Depois,
caindo, elas pareciam
despedir-se de nós dois...

WALTER WAENY
O outono, agreste e rapace,
leva as folhas de roldão,
como poemas que achasse
amarrotados no chão!

DALVA GUEDES DE ATHAYDE - Nova Friburgo
Surge o outono... ao leve açoite
do vento pelas estradas,
vão rolando, dia e noite,
as folhas amareladas...

TEMA "INVERNO"

IZO GOLDMAN - SP
Noite escura... noite fria...
nesse inverno que me invade,
quando o vento diz... Maria;
quando a chuva diz... saudade...

MURILO DE SOUZA ARAÚJO - Mesquita/RJ
Em pleno inverno, batidos
e pelo vento açoitados...
há tantos seres perdidos
por entre os próprios pecados!

CÉLIA GUIMARÃES SANTANA
Ao rigor do inverno dorme
o pobre. e as aves também.
Deus dá o frio conforme
o cobertor que se tem!

MARIA STELLA DE SOUZA  (Marisol) - Teresópolis/RJ
Nos meus cabelos, a neve,
o inverno deixou cair:
- A vida passou tão breve
que eu nem cheguei a sentir.

GERALDO PIMENTA DE MORAES - SP
O inverno enfrento com gosto,
com paciência, amor e calma...
- Se a velhice vem-me ao rosto,
não a deixo entrar-me na alma.

ENÉAS DE CASTRO - SP
Chego ao inverno da vida,
cabeça em neve e no chão;
em cada folha caída
há um retalho de ilusão!
=============================================
NOTA = esse material foi uma gentil contribuição do "Magnífico Trovador" IZO GOLDMAN, da UBT São Paulo/SP