TEMA:  “LABOR”   (415 participações)
 
1º lugar: WANDIRA FAGUNDES QUEIROZ - Curitiba
Não teme a seca inclemente
quem confia em seu labor;
planta a pequena semente
sentindo o cheiro da flor.
 
2º lugar: MARIA HELENA OLIVEIRA COSTA – Ponta Grossa/PR
Ao zelo com que atendeste
ao tempo, ao labor e à prece,
deves tudo o que colheste,
se farta ou minguada a messe...
 
3º lugar: OLYMPIO DA CRUZ SIMÕES COUTINHO – Belo Horizonte
Pegas da pá, da marreta,
da picareta, do malho...
Pego papel, a caneta,
o pensamento... e trabalho.
 
4º lugar: PEDRO ORNELLAS – São Paulo
Eu tenho um parceiro e tanto
na lida que dá prazer;
eu preparo a terra e planto,
Deus faz brotar e crescer!
 
5º lugar: ÉLBEA PRISCILA DE SOUSA E SILVA - Caçapava
Quem da criança o labor
explora, pela ganância,
mistura amargo sabor
ao doce sabor da infância...
 
6º lugar: WANDIRA FAGUNDES QUEIROZ
O pai, de mão calejada,
bendiz ao árduo labor
pela caneta dourada
na mão do filho doutor.
 
7º lugar: LICÍNIO ANTONIO DE ANDRADE – Juiz de Fora
É no afago dos seus braços
que me enlaçam com calor,
que eu me esqueço dos cansaços
quando chego do labor.
 
8º lugar: ANTONIO DE OLIVEIRA – Rio Claro/SP
Nobre é o labor de quem leva
a mensagem de Jesus
e, sob as portas da treva,
deixa envelopes de luz!
 
9º lugar: RELVA DO EGIPTO REZENDE SILVEIRA – Belo Horizonte
Pescador, em travessia,
leva a fé como se fosse,
no labor do dia a dia,
o seu cantil de água doce.
 
10º lugar: RODOLPHO ABBUD – Nova Friburgo
Ao labor, ergue um tributo!
Semeia o Bem! Vai! Semeia!
- Nem que a colheita do fruto
venha a ser de mão alheia!
 
//////////////////////////////////////////////////////
 
TEMA:  “PREGUIÇA”   (347 participações) – trovas humorísticas
 
1º lugar: REGIANE BAGNI ORNELLAS – Valinhos/SP
Na cozinha, quebra o galho,
mas é tão lerda e pateta
que para poupar trabalho
em vez de “torta” faz reta!
 
2º lugar: LUIZ CARLOS DE CARVALHO - Niterói
Oh! A preguiça é louvada,
tem seu valor, é perfeita...
Já viste alguém fazer nada
e fazer coisa malfeita?
 
3º lugar: MARISA RODRIGUES FONTALVA – São Paulo
Diz o preguiça à preguiça:
- Vamos fazer filhotinho?
E a preguiça, com preguiça:
- Só se for devagarinho!...
 
4º lugar: EDMAR JAPIASSÚ MAIA – Nova Friburgo
Fez carreira na Justiça,
porque a noivinha, no leito,
ao notar sua preguiça,
disse ao gajo: - Faz direito!
 
5º lugar: LUCÍLIA ALZIRA TRINDADE DECARLI – Bandeirantes/PR
Da sua casa ao cartório
apenas um quarteirão...
Dada a preguiça, o casório
se fez por procuração.
 
/////////////////////////////////////////////////
 
CONCURSO PARALELO EM HOMENAGEM AO JUBILEU DE OURO DA COCAMAR COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL   (136 participações)
 
1º lugar: ÉLBEA PRISCILA DE SOUSA E SILVA - Caçapava
Cantarão céu, terra e mar
em harmonia festiva,
quando o Mundo se tornar
a Grande Cooperativa!
 
2º lugar: PEDRO ORNELLAS – São Paulo
Cocamar na parceria
transforma em fruto o labor,
investe, supre e confia
nos braços do agricultor!
 
3º lugar: THEREZINHA DIEGUES BRISOLLA – São Paulo
Sem que a injustiça o distorça...
Sem o egoísmo e os deslizes,
cooperativismo é a força
capaz de vencer as crises.
/////////////////////////////////////////////////
 
 
I CONCURSO LITERÁRIO “MARIA MARIÁ”
 
TEMA:  “O LABOR DA MULHER”  -  (191 participações)
 
1º lugar: NEI GARCEZ - Curitiba
Ao buscar o que ela quer,
na luta por seu direito,
é no labor que a Mulher
vence qualquer preconceito.
 
2º lugar: DARLY O. BARROS – São Paulo
Rasgando, à enxada, um chão duro,
nem sob exaustão, se entrega:
há que prover o futuro
de quem, no ventre, carrega...
 
3º lugar: PEDRO MELLO – São Paulo
Minha mãe... como não ser
grato por tudo o que fez?
- Pois ao me ensinar a ler,
me deu à luz... outra vez!
 
4º lugar: KARLA CRISTIANE BITENCOURT – Colombo/PR
Sou guerreira, sou versada,
venha a luta que vier,
minha paz é conquistada
na força de ser mulher.
 
5º lugar: VIRGÍNIA SOARES LIBERALESSO – Salto/SP
Amiga, não te envergonhes
dessas tuas mãos calosas;
talvez um dia, nem sonhes,
teus espinhos serão rosas.