Âmbito estadual - Paraná
TEMA: CANÇÃO
 
VENCEDORES   (Ordem alfabética)
 
Feliz quem desde menino,
pela boa educação,
do trabalho faz um hino
e da vida uma canção!
Jorge Fregadolli – Maringá
 
Bela filha da floresta,
Maringá é uma lição:
nela o trabalho é uma festa
e o progresso é uma canção.
Jorge Fregadolli – Maringá
 
Aquela alegre canção,
que, outrora, era de nós dois,
traz, hoje, triste emoção
na solidão de um depois...
Lucília Dercarli – Bandeirantes
 
O Poeta, em sua lida,
pelo "tom" da inspiração,
da Partitura da Vida,
tira a mais linda Canção!
Nei Garcez – Curitiba
 
Enfeitando de poesia
suas canções de ninar,
enquanto o filho dormia
mamãe podia sonhar.
Wandira Fagundes Queiroz – Curitiba
=======================

MENÇÕES HONROSAS
 
Alegre como a canção
que um belo nome lhe deu,
Maringá é o fértil chão
onde a esperança nasceu.
Jorge Fregadolli – Maringá
 
Toda canção me fascina,
seja do tipo que for,
sempre que ela se destina
a exaltar um grande amor!
José Bidoia – Maringá
 
Ao embalar a criança,
junto à canção de ninar,
transcende o sonho... a esperança,
que a mãe põe nesse cantar!
Lucília Decarli – Bandeirantes
 
Das cordas de minha lira
ouço uma bela canção
que na saudade suspira
qual prece de uma oração!...
Sônia Ditzel Martelo – Ponta Grossa
 
A poesia se completa
quando o luar do sertão
empresta luz ao poeta...
e nasce nova canção.
Wandira F.Queiroz – Curitiba
=======================
 
MENÇÕES ESPECIAIS
 
Sem poder levar comigo
meu companheiro violão,
eu levei seu canto amigo
nos versos de uma canção.
Dari Pereira – Maringá
 
Canção é a minha cidade,
Maringá, meu grande amor,
onde floresce a humildade
de um povo trabalhador.
José Bidoia – Maringá
 
Até hoje, na velhice,
lembro as canções de ninar
que mamãe, pura meiguice,
cantava pra me embalar!
Maurício Norberto Friedrich – Curitiba
 
A canção que agora faço
vem da alma e do coração,
vem do céu e vem do espaço
esta minha inspiração!
Paulo Walbach Prestes – Curitiba
 
A linda canção de amor
que existe em meu coração
para Deus, em seu louvor,
sobe aos céus em oração!
Roza de Oliveira – Curitiba