QUEM SÃO OS “NOVOS VETERANOS”?

 
                Esses números não são oficiais. Como esta categoria “Novo Trovador” surgiu por uma iniciativa da UBT Nacional, somente ela possui os dados oficiais.
 
                Porém, segundo um levantamento feito pelo site www.falandodetrova.com.br  de forma descompromissada, até  o final de maio/2016, computando todos os resultados do ano de 2015, mais estes de 2016:  Juiz de Fora, Cantagalo, Maria, Mariá, Nova Friburgo, Santos e Ribeirão Preto, os considerados “Novos Trovadores” que atingiram o patamar de “Veteranos” são, no seu total, 29 (vinte e nove), a saber:
 
Ari Santos de Campos – Blumenau/SC
Adamo Pasquarelli – São José dos Campos/SP
Aluízio Alberto da Cruz Quintão – Belo Horizonte
Austregésilo de Miranda Alves – Senhor do Bonfim/BA
Carlos Henrique Silva Alves – Senhor do Bonfim/BA
Clóvis Wilson Mattos Andrade – Senhor do Bonfim/BA
Denivaldo Piaia – Campinas/SP
Eulinda Barreto Fernandes – Bauru/SP
Edweine Loureiro da Silva – Saitama/Japão
Emílio Soares da Costa – Vitória/ES
Fátima Corrês Daniel – São Gonçalo/RJ
José Feldman -  Maringá/PR
José Paulo Corrêa de Souza – Juiz de Fora/MG
José Roberto Canôas – Barretos/SP
Lília Maria Machado Souza – Curitiba
Luzia Brisolla Fuim – São Paulo
Madalena Ferrante Pizzatto – Curitiba
Maria do Carmo Zerbinato – Niterói/RJ
Maryland Faillace – Santos/SP
Mifori – São José dos Campos/SP
Nair Lopes Rodrigues – Santos/SP
Plácido Ferreira do Amaral Júnior – Caicó/RN
Reovaldo Paulichi – Atibaia/SP
Rita de Cássia Tozatto – Belo Horizonte
Roderique Pedro Albuquerque – Itaboraí/RJ
Ronnaldo Andrade – São Bernardo do Campo/SP
Talita Batista – Campos dos Goytacazes/RJ
Valter Rodrigues Mota – Taubaté/SP
Zélia Maria de Nardi – Caxias do Sul/SC

 

OBS: após a divulgação dos resultados de Saquarema/2016, registramos como 30º nome na lista: Aparecida Gianello dos Santos - Martinópolis/SP

 

O site "Falando de Trova" cumprimenta os "Novos" promovidos a "Veteranos" e sugere à UBT Nacional que, ao invés de considerar a promoção depois de três classificações (uma vez que há muitos concursos rolando simultaneamente), que o faça ao final de cada ano, como em uma competição esportiva.  Mas apenas promoções. Na Trova não existe "rebaixamento".