NOVO TROVADOR?  O QUE É ISSO?
(a presente nota faz parte do caderno "Atualidades", do site www.falandodetrova.com.br)

 

Primeira parte:

     Simples: a UBT, visando estimular os novos trovadores (que, às vezes, se sentem incapazes de competir com veteranos e consagrados trovadores), está aconselhando às entidades promotoras de concursos de trovas a instituirem um concurso somente para estes, entendendo-se como tais aqueles que ainda não tenham tido 03 premiações nacionais (vencedores, Menções Honrosas ou Menções Especiais).

     No momento em que o trovador obtiver a terceira premiação, passa a ser veterano. E a fiscalização disso terá que ser feita pelos próprios trovadores.
 

Segunda Parte:

     Essa nomenclatura ou denominação vale apenas e especificamente para concursos de trovas promovidos pela UBT. Caso contrário, teremos problemas logo ali adiante. Pois há poetas e trovadores que são avessos a concursos, e mesmo assim são bons poetas e bons trovadores.

      Muitos fazem trova há meio século e nunca participaram de um concurso: serão "novos trovadores"?  Claro que não.

      Todos conhecemos algum trovador que não participa de concursos. E diga-se de passagem, não há nenhum mal nisso e ninguém é obrigado a nada.

      Levemos isso em conta.
........................................

NOTA:  o presente comentário foi publicado na revista "Calêndula Literária", edição nº 439, janeiro/2015, no site www.ubtportoalegre.com.br  à sua página 05, sob responsabilidade de Flávio Roberto Stefani, presidente da UBT (União Brasileira de Trovadores) seção municipal de Porto Alegre, presidente da UBT do Estado do Rio Grande do Sul e presidente do Conselho Nacional da UBT.