I CONCURSO DE TROVAS DA RÁDIO DIFUSORA DE OURO FINO/MG - 2002

1º TEMA:  "MENINO DA PORTEIRA"
 
1º lugar:
Vi meu drama retratado
numa canção boiadeira;
se a saudade é o boi malvado,
sou "menino da porteira"!
PEDRO ORNELLAS - SP
 
2º lugar:
Ouro Fino, em seu altar
reina formosa e altaneira,
a figura singular
do Menino da Porteira.
ÉLEN DE NOVAIS FÉLIX - Niterói
 
3º lugar:
Essa história, bem mineira,
mostra as voltas do destino:
o "Menino da Porteira"
hoje é dono de Ouro Fino!
HÉRON PATRÍCIO - SP
 
4º lugar:
Menino, a força mineira
que o preservou na saudade
mantém aberta a porteira
do coração da cidade!
HELOÍSA ZANCONATO - Juiz de Fora
 
5º lugar:
Ouro Fino, em seu portal,
cravou na sua bandeira
a estória sentimental
do "Menino da Porteira".
ÉZIO BARBOSA DE ALENCAR - Bueno Brandão/MG
 
 
MENÇÕES   HONROSAS
 
Segue, Ouro Fino, na esteira
de teu brilhante destino,
que o "Menino da Porteira"
há de ser semprte um Menino!
JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO - RJ
 
Uma porteira é o bastante
para lembrar de um menino
correndo atrás do berrante
ns estradas de Ouro Fino!
JOSÉ OUVERNEY - Jambeiro/SP
 
"Trinta moedas" - Destino!
- Que devolveu Luz - ao pó!
...E, na porteira, um menino,
por uma moeda só...
NEWTON MEYER AZEVEDO - Pouso Alegre/MG
 
O som triste de um berrante
lembra uma estrada mineira
e a figura saltitante
do menino da porteira.
ARGEMIRA FERNANDES MARCONDES - Taubaté/SP
 
Lá, na paisagem mineira,
em Ouro Fino, a cidade,
o "Menino da Porteira"
é um monumento à saudade.
THEREZA COSTA VAL - BH
===================================
 
2º TEMA:  "RÁDIO"
 
1º lugar: THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA - SP
Quando a lei se faz omissa
e ninguém nos ouve a voz,
ao clamar contra a injustiça,
o rádio fala por nós!
 
2º  lugar: MARIA MADALENA FERREIRA - Magé/RJ
Moro sozinha... porém,
solidão não é castigo!
- Se não falo com ninguém...
meu Rádio fala comigo.
 
3º lugar: SÉRGIO BERNARDO - Nova Friburgo/RJ
Meu rancho, que não tem nada,
ganha uns ares de requinte,
quando o rádio, na alvorada,
saúda: - Bom dia, ouvinte!
 
4º lugar:  FRANCISCO ASSIS MENEZES - Prata/MG
Maltratado pela idade,
desta vida em vendavais,
o meu rádio da saudade
nem ondas curtas tem mais!
 
5º lugar: MARIA LÚCIA DALOCE CASTANHO - Bandeirantes/PR
Meu rádio em cima da mesa
- um altar quase divino -
enfeita a minha pobreza,
na voz...  da Rádio Ouro Fino!
 
 
MENÇÕES   HONROSAS
 
No rádio o trabalho é nobre
corajoso e sempre novo...
Alegra a casa do pobre,
informa e esclarece o povo.
ALFREDO DE CASTRO - Pouso Alegre
 
Nas ciências me aprofundo:
vou ao Congresso e ao estádio;
viajo através do mundo...
cada vez que ligo o rádio!
RENATA PACCOLA - SP
 
Mesmo nunca estando ausente
dos fatos da atualidade
o rádio tem realmente
certo sabor de saudade.
SANDRO PEREIRA REBEL -  Niterói
 
Nossas rádios são lembradas
quando, em solitárias rondas,
surfistas das madrugadas
vão surfando em suas ondas!
ARLINDO TADEU HAGEN - Juiz de Fora
 
Meu rádio fala comigo,
me faz rir, chorar, me acalma!...
Tornou-se tão meu amigo
que chego a crer que tem alma!
JOAQUIM CARLOS MOREIRA DA COSTA - Nova Friburgo