II CONCURSO DE TROVAS CLUBE PAINEIRAS DO MORUMBY - 1992

TEMA: "ALEGRIA   (apenas para o Estado de São Paulo)
- todas as sequências são por ordem alfabética de autores -

VENCEDORES

Guardo lindas fantasias
na ilusão que a vida empresta,
para enfeitar de alegrias
todo o tempo que me resta!...
AURORA PIERRE ARTESE - SP

Constato, ao fim dos meus dias,
a mais cruel das verdades:
-  por ligeiras alegrias,
pago pesadas saudades!...
DIVENEI BOSELI - SP

Se a gente sonha acordado,
a saudade é, de repente,
a alegria do passado
na tristeza do presente...
IZO GOLDMAN - SP

Quando a vida é desafio,
procuro ser tecelã,
trançando fio por fio
 a alegria do amanhã!...

Se acaso a tua descrença
tirar da vida a alegria,
lembra que a nuvem mais densa
não tira o clarão do dia!...
MARILÚCIA REZENDE - SP  (duas trovas)

Contigo veio o arrebol
de uma alegria que abrasa:
é como se o próprio sol
se hospedasse em nossa casa!
WALTER WAENY - Santos

 
MENÇÕES   HONROSAS

Momentos de fantasia,
velhos sonhos em pedaços:
são retalhos de alegria
preenchendo meus espaços...
APARECIDO ELIAS PESCADOR - SP

Na alegria que a sustém,
minha alma exultante diz
que fazer feliz alguém
vale mais que ser feliz!
CARLINA RAMOS - Santos

Ainda dorme o circo inteiro,
quando a luz do novo dia
vem varrer do picadeiro
restos de sonho e alegria!...
DOMITILLA BORGES BELTRAME - SP

Na alegria dos teus olhos
bailam dois fados risonhos:
- a calma que beija escolhos
e a crença que veste sonhos!
HELVÉCIO BARROS - Bauru

Quando a alegria me invade
rompendo os seus frágeis laços,
em seu lugar a saudade
fica seguindo os meus passos...

A tua voz com ternura
disse-me apenas: - Bom dia...
E a manhã chuvosa e escura
ganhou clarões de alegria...
SILVINA ANTUNES LEAL - Santos  (duas trovas)

 

MENÇÕES   ESPECIAIS

O sol, maestro da festa,
rege a dança à fauna e à flora,
na alegria da floresta,
à primeira luz da aurora!

Nesses momentos escassos
em que me chamas de amor,
a alegria abre seus braços
e me leva em seu andor!
ADÉLIA V. FERREIRA - SP  (duas trovas)

Vejo a alegria estampada
no rosto loiro e feliz
 da pobrezinha abraçada
à boneca que eu não quis!
ERCY MARIA MARQUES DE FARIA - Bauru

Com teu jeito de criança,
misto de alegria e calma,
és um raio de esperança
riscando o céu de minha alma...
JOÃO PAULO OUVERNEY - Pindamonhangaba

Tua ausência é nostalgia
mas eu tenho a recompensa
de poder ter alegria,
porque saudade é presença!...

A boa sorte  me vinga,
quando estou quase perdida...
a alegria é o meu coringa,
que vence o jogo da vida!
MARILÚCIA REZENDE - SP  (duas trovas)

Foi tão breve a despedida,
tão repentina a ironia,
que a alma, ainda iludida,
teima em mostrar alegria!
MILDES CAMPANÁRIO - Santos

COMISSÃO JULGADORA:  Delcy R. Canalles, Dorothy Jansson  Moretti, João Freire Filho, Lavínio Gomes de Almeida, Nydia Iaggi Martins e Waldir Inácio.
.........................................................
Crédito da matéria à trovadora Divenei Boseli, da UBT São Paulo