III CONCURSO DE TROVAS CLUBE PAINEIRAS DO MORUMBY - 1993

TEMA: "ESPERA" (apenas para o Estado de São Paulo)
- todas as sequências são por ordem alfabética de autores -

VENCEDORES

Guardei teu beijo, e ao guardá-lo,
guardei também a impressão
de ter vivido o intervalo
entre a espera e a solidão!
ALBA CHRISTINA CAMPOS NETTO - SP

Só velhos sonhos despertos
e a fé, que a tudo supera,
mantém meus braços abertos
na cruz desta longa espera!
CARMEN OTTAIANO - SP

"Volto..." - Promessa insincera,
selando uma despedida...
e eu fiz dessa longa espera
a razão da minha vida!...
DARLY O. BARROS - SP

Na espera, a angústia me invade
e eu vejo, agora, tristonho,
que é sempre a mesma saudade
que apaga a luz do meu sonho!
DEIRES HOFMANN - SP

Não me disseste até quando...
e eu, amargando essa espera,
sou tronco seco esperando
a volta da primavera!
PEDRO ORNELLAS - SP

 

MENÇÕES   HONROSAS

A escola partiu, inteira,
desfilando ala, após ala,
e eu fiquei: Porta-Bandeira,
à espera do Mestre-Sala!...
DIVENEI BOSELI - SP

Foi, pela espera, que a vida,
numa atitude covarde,
retardou tanto a partida,
que eu te encontrei muito tarde!
ERCY MARIA MARQUES DE FARIA - Bauru

Já é noite e nada resta...
minha espera foi em vão...
Guardo o vestido de festa
para vestir solidão!...
MARILÚCIA REZENDE - SP

A esperança diz: "Insista!
Se não for hoje... é amanhã..."
E assim retarda, otimista,
a dor de uma espera vã!...
MARINA BRUNA - SP

Passei a vida esperando
que teu amor fosse meu.
E agora fico pensando
se tanta espera valeu!...
NOEMISE M. FRANÇA CARVALHO - SP

MENÇÕES   ESPECIAIS

Num sorriso, e sem aviso,
eu te espero... e quem me dera,
desta vez o meu sorriso
continuasse além da espera!
ALBA CHRISTINA CAMPOS NETTO - SP

No começo o amor foi festa,
depois dor, na despedida...
E esta espera é o que me resta
no resto da mi nha vida!...
CARMEN OTTAIANO - SP

Minha alma é esquina tristonha,
tão deserta, a lembrar bem,
triste poeta que sonha,
à espera de quem não vem!...
CAROLINA RAMOS - Santos

Na cama que hoje é só minha,
só a esperança me salva,
que ainda sou pastorinha
à espera da Estrela D'Alva!
DIVENEI BOSELI - SP

O medo que não confesso,
por ser de descrença indício,
na incerteza do regresso,
faz desta espera um suplício!
PEDRO ORNELLAS - SP

COMISSÃO JULGADORA: Almerinda Liporage, Marisol, Manita, Arlindo Tadeu Hagen, Octávio Venturelli e Miguel Garde Filho.
=================================================
Crédito da matéria à trovadora Divenei Boseli, da UBT São Paulo