II CONCURSO DE TROVAS "ANTÔNIO ROBERTO FERNANDES" - ACADEMIA PEDRALVA LETRAS E ARTES

TEMA: NOEL ROSA

                                            (todas  as relações  são  por ordem alfabética)

 

VENCEDORAS

 

Noel Rosa, agora empresta

ao céu, mais encanto e brilho!...

Que Deus em noite de festa

aplaude as canções do filho! 

Adilson Maia – Niterói-RJ

 

Sem Noel Rosa, a verdade,

é uma dor que não tem jeito,

do tamanho da saudade

que nem cabe em nosso peito.

Almerinda F. Liporage – Rio de Janeiro-RJ

 

As estrelas “Pastorinhas”

na piscadela amorosa

vão soprando as cem velinhas,

que festejam Noel Rosa!

Dirce Montechiari – Nova Friburgo-RJ

 

Um novo mestre no céu...

De Noel Rosa, a lição:

Harpas deixadas ao léu,

Anjos tocando violão!

Dodora Galinari – Belo Horizonte-MG

 

Ausente o rei da seresta

chora a Vila pesarosa...

Mas Deus recebe com festa

o seu filho, Noel Rosa!

Elen de Novaes Felix – Niterói-RJ

 

De Noel Rosa a lembrança

sempre traz grande emoção:

-Saudade que vive mansa,

com “Feitio de Oração”!...

Hermoclydes S. Franco – Rio de Janeiro-RJ 

 

Na Vila Izabel famosa

onde há cem anos nasceu,

o poeta Noel Rosa

foi rei num mundo plebeu!

Licínio Antônio de Andrade – Juiz de Fora-MG

 

Cem anos de Noel Rosa...

O povo se rejubila

e em seresta harmoniosa

louva o Poeta da Vila!

Marina Bruna – São Paulo-SP

 

Noel Rosa bem sabia

o que mata uma paixão:

a noite triste e sombria,

sem luar e sem violão.

Olympio da Cruz Simões Coutinho – Belo Horizonte-MG

 

Inspiração fabulosa,

veia irônica sutil;

os teus sambas, Noel Rosa,

têm a cara do Brasil!

Wanda de Paula Mourthé – Belo Horizonte-MG

 

 

MENÇÃO HONROSA

 

Tecendo versos e rimas

com bossa e facilidade,

Noel Rosa, em obras primas,

pôs samba até na saudade.

Almira Guaracy Rebelo – Blo Horizonte-MG

 

Que versos, que repertório!

Noel Rosa foi um “bamba”.

Foi um marco divisório,

na história de nosso samba!

Ederson Cardoso de Lima – Niterói-RJ

 

A mercê das emoções

Noel Rosa impressionou

com suas lindas canções

que o tempo nunca apagou.

Jupyra Vasconcelos – Belo Horizonte-MG

 

Noel de Medeiros Rosa,

que hoje canta lá no céu,

é a voz do samba, saudosa,

que encanta Vila Izabel.

Nei Garcez – Curitiba-PR

 

Noel Rosa com seu tino

e talento musical,

fez do samba seu destino

e tornou-se um imortal.

Nei Garcez – Curitiba-PR

 

Noel Rosa, a tua essência

que ao centenário desdobra,

não mede a breve existência...

mas a grandeza da obra!!!

Neide Rocha Portugal  - Bandeirantes-PR

 

Noel Rosa eternamente

ouvirá nossos louvores,

pois sempre estará presente

nas vozes de seus cantores!

Renata Paccola – São Paulo-SP

 

Atingindo o apogeu,

é verdade bem sabida:

Noel Rosa não morreu

-mudou o estilo de vida...

Ruth Farah Nacif Lutterback – Cantagalo-RJ

 

“Eu sou da Vila” proclama,

com orgulho, Noel Rosa!

O poeta ganhou fama

e a Vila ficou famosa!

Therezinha Dieguez Brisolla – São Paulo-SP

 

Ante o samba, que o fascina,

Noel Rosa nem vacila,

trocou logo a medicina

pelo “feitiço” da Vila.

Wandira Fagundes Queiroz – Curitiba-PR

 

 

MENÇÃO ESPECIAL

 

Noel Rosa, na viagem

além de um rico troféu,

levou sambas na bagagem

para Deus ouvir, no céu.

Adilson Maia – Niterói-RJ

 

Enaltecer Noel Rosa

simplesmente numa trova,

é missão muito espinhosa

que o trovador pôs à prova...

Amael Tavares da Silva – Juiz de Fora-MG

 

Noel Rosa, sem desgaste,

jamais teu brilho descamba...

em Vila Isabel fundaste

o Estado Maior do Samba!

Carolina Ramos – Santos -SP

 

Noel de Medeiros Rosa,

nascido em Vila Isabel,

mestre no verso e na prosa,

no samba - foi bacharel!

Djalda Winter Santos – Rio de Janeiro-RJ

 

Noel Rosa, quem diria,

sem cigarro e sem chapéu,

chegou só, sem parceria,

pra fazer samba no céu.

Francisco José Pessoa – Fortaleza-CE

 

Noel Rosa, esse talento,

partiu da Vila tão cedo...

Mas, por Noel, canta o vento

e dança até o arvoredo.

Hegel Pontes Juiz de Fora-MG

 

Noel Rosa, o menestrel...

que pôs feitiço no samba,

provou que a Vila Izabel

é terra de gente bamba!...

Jorge Roberto Vieira – Niterói-RJ

 

Calçadas em partituras,

Noel Rosa ali deixou,

sua Vila em escrituras

grande herança que ficou!

Lucia Helena de Lemos Sertã – Nova Friburgo-RJ

 

Noel Rosa, qual canário,

em nossa memória estrila

cantando, no centenário,

o seu Feitiço da Vila!...

Marcos Antônio de Andrade Medeiros – Lagoa Nova, Natal-RN

 

Noel Rosa tem feitiço

nos sambas de qualidade

e louvá-lo é compromisso

dos sambistas de verdade!

Rodolpho Abbud –Nova Friburgo-RJ