II CONCURSO DE TROVAS DE PINDAMONHANGABA - 1992
 
TEMA: "VIDA"
 
1º lugar: DARLY O. BARROS - São Paulo
Lamentando meus fracassos
na vida, insisto em pisar
nas marcas dos mesmos passos
levando a nenhum lugar...
 
2º lugar: DARLY O. BARROS - São Paulo
A vida, que triste sina,
fez comigo o que bem quis:
de uma ditosa menina,
me fez mulher... e infeliz!
 
3º lugar: CARMEN OTTAIANO- São Paulo
Eu ri na cara da vida,
zombei do que ela me deu.
Hoje eu vejo, ressentida,
que o seu palhaço sou eu.
 
MELHOR TROVA EDUCATIVA: CARMEN OTTAIANO - São Paulo
Menino, não tenha medo,
que a lei do retorno é certa:
se a vida estraga um brinquedo,
a mão do tempo conserta.
 
     Outros premiados (com Menção Honrosa) foram:
IZO GOLDMAN - São Paulo (duas trovas) e MARIA REGINATO LABRUCIANO - São Paulo.
MARIA DE LOURDES OUVERNEY, de Pindamonhangaba foi a única autora local a obter também uma premiação.