III CONCURSO DE TROVAS DE PINDAMONHANGABA – 1993
(relações de premiados por ordem alfabética dentro de cada segmento)
 
ÂMBITO REGIONAL = TEMA “ABRIGO”
 
VENCEDORES
 
Os meus sonhos... Não me iludo,
são castelos já sem portas,
mostrando a saudade em tudo,
abrigo das horas mortas.
CIDOCA DA SILVA VELHO – São Luiz do Paraitinga
 
A senzala, carcomida,
foi um abrigo tristonho,
onde o negro, alma sofrida,
nem tinha direito ao sonho.
ERNESTO TAVARES DE SOUZA - Pindamonhangaba
 
Pobre lua... Sem amigo,
solitária, em desalento,
vive a procurar abrigo
nos quartos do firmamento!
JOÃO PAULO OUVERNEY - Pindamonhangaba
 
Querendo fugir da vida,
de todo risco e emoção,
busquei abrigo, iludida,
nos braços da solidão...
LENORA VALLE M. PHILBERT - Pindamonhangaba
 
O abrigo melhor do mundo,
bem seguro e acolhedor,
se encontra, belo e profundo,
num lar onde existe amor!
MARIA DE LOURDES OUVERNEY - Pindamonhangaba
 
 
MENÇÕES  HONROSAS
 
Nas borrascas desta vida
querendo ao porto chegar,
é no amor da mãe querida
que abrigo vou encontrar.
ANGÉLICA MARIA V. R. SANTOS - Taubaté
 
Quem dá abrigo à pobreza
faz a bondade valer:
- Quem dá, pode ter certeza
que bem mais vai receber.
ANTONIO ZANETTI - Caçapava
 
O mais triste, nesta vida
de mágoa e desilusão,
é ver a infância, caída,
ao desabrigo, sem pão!
LENORA VALLE M. PHILBERT
 
És o meu recanto amigo,
doce terra, minha taba.
Foste sempre o meu abrigo,
minha Pindamonhangaba!
PAULO EMÍLIO D’ALESSANDRO - Pindamonhangaba
 
Só um palhaço, meu amigo,
poeta ou tolo qualquer,
pode procurar abrigo
num coração de mulher.
REGINA CELESTE DA CRUZ - Tremembé
 
 
MENÇÕES  ESPECIAIS
 
Quéops... Secular abrigo
de um lendário Faraó,
são sonhos de um mundo antigo,
dormindo ao lado do pó.
ANA ALVES DE CARVALHO - Pindamonhangaba
 
Bravo São Jorge Guerreiro,
Santo que o povo cultua,
no seu cavalo trigueiro
buscou abrigo na lua.
ERNESTO TAVARES DE SOUZA
 
Em nosso abrigo de flores,
inspiração de um poeta,
amores... e mais amores...
curaram minh’alma inquieta.
MARIANA CHAGAS DE A. MONTEIRO - Caçapava
 
Procurei na solidão
um conforto, um ombro amigo,
e foi no seu coração
que encontrei o meu abrigo.
SANDRA MARIA LEITE UCHOAS - Taubaté
 
Até parece castigo
que após a tantos fracassos,
eu tenha encontrado abrigo
nos abrigos dos teus braços.
THARCÍLIO GOMES MACEDO – Taubaté
 
--------------------------------------------------
 
ÂMBITO NACIONAL/INTERNACIONAL = TEMA “CASTELO”
 
VENCEDORES
 
O meu castelo encantado
onde o amor morada faz,
é protegido e cercado
pelas muralhas da paz.
ÉLZIO BARBOSA DE ALENCAR – Bueno Brandão/MG
 
Castelo algum vivifica
maior ternura e calor
que aquele que se edifica
com os tijolos do amor.
FRANCISCO LUZIA NETTO – Amparo/SP
 
No Castelo do meu peito,
a “Esperança Adormecida”
é a Bela aguardando o eleito
que a desperte para a vida!
HELOÍSA ZANCONATO PINTO – Juiz de Fora/MG
 
O castelo do opressor
tem base tão movediça,
que às vezes, cai com fragor,
ante um grito de “JUSTIÇA”!
WALDIR NEVES – RJ
 
Nem rei, príncipe ou senhor
os possui assim tão belos,
pois constrói, o trovador,
de sonhos os seus castelos...
WILSON MONTEMÓR – Resende/RJ
 
 
MENÇÕES  HONROSAS
 
Nossa casa é pobrezinha...
Mas não há lugar mais belo!
Lá és rei... e eu sou rainha...
É de amor, nosso castelo!
Mª HELENA M. DE O. CARNEIRO – Lisboa/Portugal
 
Quem vive a se maldizer
invejando a sorte alheia,
jamais poderá erguer
nem um castelo de areia.
Mª NASCIMENTO S. CARVALHO – RJ
 
O meu barraco é mais belo,
tem mais calor e ternura,
do que o mais nobre castelo
onde não reine a ventura.
SANTOS TEODÓSIO – Brumadinho/MG
 
Sonhos, novos ou tardios,
sempre os tenho... e sempre belos.
Que importa sejam vazios,
se eles enchem meus castelos?
WALDIR NEVES
 
Sonhei tanto em minha infância
ter um castelo algum dia,
que me perdi na distância
entre o sonho e a fantasia.
WANDA ROSSI DE CARVALHO – Bandeirantes/PR
 
 
MENÇÕES  ESPECIAIS
 
O nosso lar, tão singelo,
não tem brasões, nem ameias,
mas se transforma em castelo,
quando em teu colo me enleias!
ALBERTINA MOREIRA PEDRO – RJ
 
Seja castelo ou choupana
de dois que se querem bem,
havendo amor que os irmana,
a vida sentido tem!
ALOÍSIO BEZERRA – Fortaleza/CE
 
Lares feitos com afinco:
vez alegres, vez tristonhos...
Fora: barracos de zinco;
Dentro: castelos de sonhos!
ANTONIO DE OLIVEIRA – Santo André/SP
 
Lembro os tempos de menina,
e a saudade é um lampião
iluminando a ruína
do castelo da ilusão!...
DOMITILLA BORGES BELTRAME - SP
 
Dos meus sonhos de menino,
(dentre reis e majestades)
ergueu cruel, o destino,
um castelo de saudade!
IVONE TAGLIALEGNA PRADO - BH
..........................................................................
COMISSÕES JULGADORAS:
TEMA "CASTELO":
Benedito Nunes de Assis e  Tharcílio Gomes Macedo - Taubaté
João Paulo Ouverney e Altair Fernandes Carvalho - Pindamonhangaba
Cidoca da Silva Velho - São Luiz do Paraitinga
 
TEMA "ABRIGO":
Izo Goldman e Thalma Tavares - São Paulo
Heloísa Zanconato Pinto - Juiz de Fora
Lucy Sother Alencar Rocha - Belo Horizonte
Vanda Fagundes Queiroz - Curitiba