IV CONCURSO NACIONAL DE TROVAS DE PINDAMONHANGABA – 1994

ÂMBITO NACIONAL – TEMA: “PRINCESA”

TROVAS VENCEDORAS

Seus olhos, minha princesa,
são dois pingos a luzir
que um dia – tenho certeza –
a lua deixou cair.
ALOYSIO ALFREDO SILVA – Juiz de Fora

Treze de maio – a beleza
desta data tem suportes
na mão frágil da princesa
que partiu grilhões tão fortes!
CAROLINA RAMOS – Santos

Nosso reino de nobreza
nós dois podemos criá-lo:
meu amor te fez princesa,
teu amor me fez vassalo!
HÉRON PATRÍCIO – SP

Neste lar onde a certeza
do amor conosco caminha,
a nossa filha é a princesa
que tu me deste, rainha!
WALDIR NEVES - RIO

MENÇÕES HONROSAS

“És a minha princesinha!’
diz o vovô com brandura,
acariciando a netinha
que o abraça com ternura...
DJALDA WINTER SANTOS – RIO

Para ensinar à realeza,
a indulgência, Deus, por graça,
pôs nas mãos de uma princesa
o destino de uma raça!
HELOISA ZANCONATO PINTO – Juiz de Fora

O amor que supera os travos
de amarguras e tristezas,
faz de príncipes... escravos
e faz de escravas... princesas!
JOÃO FREIRE FILHO – RIO

É o amor que me incendeia
que te implora, sem recato:
- Deixa os castelos de areia..
Vem ser princesa... de fato!
JOÃO FREIRE FILHO – RIO

MENÇÕES ESPECIAIS

Princesa em conto de fadas
é, para mim, sempre a lua,
quando à noite, de mãos dadas,
vou com ela, pela rua.
JOÃO BATISTA COELHO – Parede / PT

Tem tanto aprumo e nobreza
essa imagem que eu componho,
que a vejo como princesa
nos delírios de meu sonho...
J. STAVOLA PORTO – Niterói

A mulher que se deseja
mesmo sem muita beleza,
por mais modesta que seja,
para nós é uma princesa...
MAURO MACEDO COIMBRA – Juiz de Fora

Uma, na faina diária,
outra, entre luxo e esplendor,
mas são, princesa e operária,
iguais na hora do amor...
ORLANDO BRITO – São Luis / MA

A mais nobre das princesas
foi aquela, heróica e brava,
que livrou mãos indefesas
dos grilhões da vida escrava.
SÉRGIO BERNARDO – Nova Friburgo

---------------------------------------------------------

ÂMBITO REGIONAL – TEMA: “LIBERDADE”

TROVAS VENCEDORAS

Encerra muitos encantos
um conceito de verdade:
uns morrem livres, e quantos
morrem pela liberdade!
ALCIDES VASQUES – Pinda

Na grande escola da vida
não fujas desta verdade:
viver... é luta renhida
em busca da liberdade.
ANA ALVES DE CARVALHO – Pinda

De que adiantou, coração,
buscares a liberdade,
se hoje vives na prisão
bem mais cruel da saudade?
JOÃO PAULO OUVERNEY – Pinda

Liberdade, tão sofrida,
mas, contida em teu nascer,
és como sopro de vida
já condenado a morrer!
JOSÉ VALDEZ DE C. MOURA – Pinda

Busquei tanto a liberdade
e hoje, no bar da ilusão,
me embriago de saudade
na taça da solidão!
MARIA DE LOURDES OUVERNEY - Pinda

MENÇÕES HONROSAS

Oh! Liberdade, ilumina
com teu facho reluzente
o mundo, que em triste sina
escraviza, mata, mente.
ANGÉLICA REBELLO SANTOS – Taubaté (também eleita a melhor “trova educativa”)

Bem longe da mocidade
tento ser feliz, porém,
minha vida em liberdade
levou-me a nada, a ninguém.
ARGEMIRA F. MARCONDES – Taubaté

Que as flores da liberdade
se alteiem pelo caminho,
para ocultr a maldade
do marco de um pelourinho.
CIDOCA DA SILVA VELHO – São Luiz do Paraitinga

Com desvelo e gratidão,
ama sempre a liberdade;
somente a livre expressão
produz a felicidade.
ESTHER LEITE DA GAMA - Taubaté

No rodeio da ilusão
o meu sonho, em liberdade,
vai cavalgando o alazão
indomável da saudade...
JOÃO PAULO OUVERNEY

MENÇÕES ESPECIAIS

Meu jovem! Se prenda ao fato
e nunca esqueça a lição:
a liberdade é o retrato
da glória de uma Nação!
ERNESTO TAVARES DE SOUZA – Pinda

Ó lua, felicidade
tens tu, que de léu em léu,
passeias em liberdade
pela avenida do céu!
JOÃO PAULO OUVERNEY

Pelos mares da saudade
o meu ser, vagando ao léu,
só deseja a liberdade
das andorinhas do céu!
JOSÉ VALDEZ DE CASTRO MOURA

A liberdade eu busquei
mas descobri, com temor,
que um dia me aprisionei
nos grilhões do seu amor!
MARIA DE LOURDES OUVERNEY

Quis afastar-me de ti
em busca da liberdade
mas quando livre me vi
me vi preso da saudade!
PAULO TARCÍZIO DA S. MARCONDES - Pinda