XX CONCURSO DE TROVAS DE PINDAMONHANGABA

(classificações por ordem alfabética, dentro de cada segmento)

 

ÂMBITO NACIONAL = TEMA: “MULTIDÃO”

 

VENCEDORES

 

Arlindo Tadeu Hagen – Belo Horizonte   (A multidão se movendo)

Francisco Neves Macedo – Natal              (Foi um erro jamais visto)

Héron Patrício – São Paulo                       (Homem, célula divina)

José Tavares de Lima – Juiz de Fora         (Não existe solidão)

Maria Helena Oliveira Costa – Ponta Grossa   (Fartura para os eleitos)

 

 

MENÇÕES  HONROSAS

 

Ademar Macedo – Natal                          (Quem se entrega à solidão)

Clenir Neves Ribeiro – Nova Friburgo     (Quando a solidão se atreve)

Élen Novais Félix – Niterói                      (Do sorriso de um menino)

Flávio Roberto Stefani – Porto Alegre     (Quando a causa justifica)

Lucília A. T. Decarli - Bandeirantes         (Na rua a multidão passa)

 

 

MENÇÕES  ESPECIAIS

 

Carolina Ramos – Santos                               (Pobre povo - voz calada,)

Ercy Maria Marques de Faria – Bauru             (Na pressa descontrolada)

Istela Marina Gotelipe Lima - Bandeirantes  (Se na multidão de sonhos)

Joana D’Arc da Veiga – Nova Friburgo            (Uma criança perdida)

Maria Madalena Ferreira – Magé                    (Porque buscamos o amor)

 

----------------------------------------------------------------------

 

ÂMBITO REGIONAL = TEMA: “NINGUÉM”

 

VENCEDORES

 

Élbea Priscila S. e Silva – Caçapava            (Em meu peito, sorrateira,)

 Élbea Priscila S. e Silva                             (Já tive família e nome)

João Paulo Ouverney – Pindamonhangaba (Um coração solitário)

João Paulo Ouverney – Pindamonhangaba (Da infância os dias risonhos)

José Ouverney                                            (As coisas e a espécie humana)

 

 

MENÇÕES  HONROSAS

 

Hugo Netto Natrielli de Almeida    (Quem comanda um batalhão)

João Paulo Ouverney                       (Quem não fez da sua vida)

José Ouverney                                 (Alguém oferece a alguém)

José Valdez de Castro Moura          (Coração, contenha o pranto)

Luiz Carlos Corrêa da Silva Junior   (Não faça mal a ninguém)

(todos de Pindamonhangaba)

 

MENÇÕES  ESPECIAIS

 

Argemira Fernandes Marcondes  (A fúria da natureza)

Argemira Fernandes Marcondes  (O mundo está decadente)  

Nélio BessanT                              (Ninguém leva, na partida,)

José Valdez de Castro Moura       (O perdão jamais afrontes)

Júlia Faria                                     (Ninguém - palavra vazia)

(Argemira, de Taubaté, e os demais, todos de Pindamonhangaba)

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

 

Festividades de premiação previstas para 03/04 de julho