XXVI CONCURSO NACIONAL DE TROVAS DE PINDAMONHANGABA - 2016

           TEMA   NACIONAL- PARTIDA

              CATEGORIA VETERANO.

              VENCEDORES: (por ordem alfabética de autores)
 
Na hora H da partida,
ao perceber que choravas,
disse adeus à despedida
e mandei o orgulho às favas !
 Arlindo Tadeu Hagen
( Juiz de Fora-M.G.)
 
Se existe amor de verdade,
como dói uma partida!...
É uma troca de saudade
durante o resto da vida !!!
Ercy Maria M. de Faria
( Bauru-S.P.)
 
Que triste angústia me arrasa,
lembrar a tua partida.
Saíste da minha casa,
mas nunca da minha vida.
     João Costa.
(Saquarema- R.J.)
 
Se a partida é dolorida
para quem fica a esperar,
dói muito mais quando a vida
não deixa quem foi...voltar.
Margarida Tanini.
( Juiz de Fora-M.G. 
 
Este é o sentido, afinal,
de toda e qualquer partida:
para o bem ou para o mal,
nova etapa...nova vida !
Maria Helena de O. Costa.
( Ponta Grossa-PR)

 
MENÇÕES HONROSAS (por ordem alfabética de autores):
 
Houve o ADEUS da despedida...
-Todavia o que conforta,
é que mal choro a partida,
ouço a batida na porta !
Clenir Neves Ribeiro.
( Nova Friburgo-R.J.).
 
Esquecer tua partida
eu desejo, sem revolta,
mas a saudade atrevida
volta-e-meia grita:-“ Volta!”.
Ercy Maria  M. de Faria.
( Bauru-S.P.).
 
Sofri quando tu partiste.
E, em meu peito ainda há revolta.
Mas o amor perdoa e insiste:
-Arruma as malas e volta !
João Costa
( Saquarema-R.J.). 
 
Quem parte,deixa uma parte,
encarte fora da obra,
mas quando a dor nos reparte,
a parte triste é que sobra.
Luiz Poeta.-Luiz Gilberto de  Barros.
(Rio de Janeiro-R.J.)
 
Parti feliz,iludida
pela paixão tresloucada...
e ao sair de sua vida,
eu troquei tudo...por nada !                                                                           
Therezinha Dieguez Brisolla
( São Paulo- S.P.)

 
MENÇÕES ESPECIAIS (por ordem alfabética de autores):
 
Há chegadas e partidas.
Há partidas e chegadas...
Mas...as almas, quando unidas,
jamais ficam separadas!
Carolina Ramos
 (Santos-S.P.)
 
Minha vivência, partida
em mil cacos de tristeza,
fez,de partidas na vida,
mosaicos de fortaleza !
Dodora   Galinari.
( Belo Horizonte-M.G.) 
 
As lágrimas  da partida
deixam-nos este desgosto:
de termos a alma ferida
cristalizada no rosto.
Edweine Loureiro da Silva.
( Saitama- Japão).
 
Lembra a vida uma viagem
de partida...de chegada...
Cada qual tem, na bagagem,
o que juntou na jornada.
Eulinda Barreto Fernandes.
(Bauru-S.P.).
 
Valente, na despedida,
ao desalento me oponho.
Pior que a tua partida
foi ver partir mais um sonho.
Wanda de Paula Mourthé.
Belo Horizonte-M.G.
 
 
                        CATEGORIA NOVATOS.
 
                  VENCEDORES (por ordem alfabética de autores):
 
Paixões?- Esqueçam! Desdenho...
o desiludido diz:
-Sempre partem quando tenho
certeza que estou feliz.
Isaac Jordão de Souza Araújo.
Jurucutu-RN. 
 
Quem parte não parte só.
Leva parte na partida,
de quem parte ficou só
co´a lembrança e menos vida.
Marco Fietto .
( Juiz de Fora –MG).
 
Vá, parta então se quiser,
vou chorar sua partida.
mas, não se esqueça, mulher:
com você vai minha vida .
José Manuel Veloso Galvão.
(S.Paulo-S.P.).
 =============================================
 
                               TEMA REGIONAL – CHEGADA.
 
                                            VENCEDORES (por ordem alfabética de autores):
 
Ela chega arrependida,
e a minha alma apaixonada
esquece a dor da partida
na alegria da chegada.
Argemira F. Marcondes
(Taubaté-S.P.).
 
Tua chegada não tarda,
mas a incontida tensão,
sem paciência, te aguarda,
debruçada no portão...
Élbea Priscila de Sousa e Silva.
( Caçapava-S.P.) 
 
Soube da tua chegada,
( o povo é novidadeiro)
e eu, de esperança tomada,
comprei mais um travesseiro...
Élbea Priscila de Sousa e Silva.
( Caçapava –S.P.).
 
Quando chegar, não comente
seus sucessos e fracassos,
me interesso, simplesmente,
pelo assunto de seus braços...
Élbea Priscila de Sousa e Silva
( Caçapava- S.P.).
 
Deixe que a vida caminhe
marcada por despedidas,
contanto que me acarinhe
nas chegadas e partidas !
Glória Tabet Marson.
( São José dos Campos-S.P.)

 
        MENÇÕES HONROSAS (por ordem alfabética de autores):
 
A chegada do tormento,
no meu viver tão deserto,
pode trazer sofrimento,
mas sinto Deus bem mais perto !
José Valdez de Castro Moura.
(Pindamonhangaba-S.P.). 
 
Não chegas! Minha revolta
com orgulho fala:” Não!”.
-“ Esquece! Perdoa! Volta!”
diz a voz do coração.
José Valdez de Castro Moura.
( Pindamonhangaba-S.P.).
 
Tive pressa na saída,
nem notei que estava errada,
hoje volto arrependida
ansiosa da chegada.
Luiz Moraes.
( São José dos Campos-S.P.).
 
Chegada...rósea alvorada,
jatos de sol reluzente;
uma esperança orvalhada
pulando na alma da gente !
Myrthes Mazza Masiero.
( São José dos Campos –S.P.)
 
A  importância da “ Largada”
nota-se na sensação,
quando em faixa de “ Chegada”
pulsa forte o coração !
Vânia Dulce D´Arace Maciel.
( Pindamonhangaba-S.P.)

 
MENÇÕES ESPECIAIS (por ordem alfabética de autores):
As contradições da vida,
que marcam nossa jornada,
são tristezas da partida
na alegria da  chegada.
Argemira F. Marcondes
( Taubaté-S.P.)

A chegada inesperada
de quem mais amo na vida,
só pode ser explicada
pela saudade sofrida !
Glória Tabet Marson.
( São José dos Campos –S.P.).
 
Cheguei! Porém, algo me diz
ante os meus sonhos dispersos,
que mesmo assim ,sou feliz
na magia dos meus versos !
José Valdez de Castro Moura.
( Pindamonhangaba-S.P.).
 
Minha tristeza reclama
tua chegada algum dia...
Há dois lugares na cama,
e a cama ficou vazia!
Luiz Paulo França.
( Guaratinguetá-S.P.)
 
Numa Família a chegada
de um novo ser só lhe traz
alegria redobrada,
a felicidade e a paz.
MIFORI
( São José dos Campos-S.P.).

 
                   Prof. Dr. José Valdez de Castro Moura
                   Presidente da U.B.T-Pindamonhangaba.
                        Coordenador do Concurso.