Presidente da UBT - Seção de Porto Alegre: Flávio Roberto Stefani

ÂMBITO NACIONAL/INTERN. = TEMA:  "TRAVESSIA"

VENCEDORES:     (por ordem alfabética de autores)

ALBA CHRISTINA CAMPOS NETTO - SP
Tiro a pedra, acerto os passos,
mostro a fé que se escondia,
e onde a dor marcou seus traços,
recomeço a travessia.

ANTONIO JURACI SIQUEIRA - Belém
Semeia sonhos, resiste,
planta amor pelos caminhos,
que a travessia mais triste
é a que fazemos sozinhos.

EDMAR JAPIASSÚ MAIA - RJ
Vence calmo, filho, o espaço
na travessia da infância,
porque o tamanho do passo
não diminui a distância!...

JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO - RJ
A estrada é rude e comprida
e eu não me rendo aos cansaços...
Na travessia da vida
afunda quem cruza os braços!...

MÁRIO PEIXOTO - RJ
A mais longa travessia
é a mudez do telefone;
o caos da cama vazia
e o tédio da noite insone...
(foi uma das últimas premiações do autor, senão a última. Mário faleceu em 16.12.1991)

MENÇÕES   HONROSAS:     (por ordem alfabética de autores)

EDMAR JAPIASSÚ MAIA
Sour forte!... E na dor intensa,
se a vida é maré bravia,
empunho os remos da crença
e prossigo a travessia...

MARISOL - Teresópolis
Na travessia das horas,
num segundo de ansiedade,
eu sinto em tuas demoras
a dor de uma eternidade.

MILTON NUNES LOUREIRO - Niterói
Felicidade perdida
por nossa culpa somente...
Nas travessias da vida,
remamos opostamente...

THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA - SP
A travessia é mais triste
se, no meio do caminho,
nossa esperança desiste
e a gente sozinho!

VANDA FAGUNDES QUEIROZ - Curitiba
Enquanto, amor, tu demoras
e eu vou somando ansiedade,
a travessia das horas
é calculada em saudade.

MENÇÕES   ESPECIAIS:     (por ordem alfabética de autores)

EUGÊNIA MARIA RODRIGUES - Rio Novo/MG
Que não uses de artifício!
Da vida enfrenta a jornada:
travessias para o vício
não nos conduzem a nada!

IZO GOLDMAN - SP
Em minhas noites vazias
eu faço das madrugadas
as eternas travessias
de inexistentes chegadas!...

JOÃO FREIRE FILHO - RJ
Nada há que se me oponha
nos rumos do dia-a-dia!
Travessia de quem sonha...
não é qualquer travessia!...

MARCO ANTONIO DE PAULA LOUREIRO - Niterói
Foi durante a travessia,
percorrendo a mesma trilha,
que num toque de magia,
demos vida à nossa filha...

VANDA FAGUNDES QUEIROZ
A criança tem mania,
quer "ser grande", sem saber
que, na rude travessia,
dói tanto a gente crescer!

WALDIR NEVES - RJ
Se o tempo visse a agonia
que eu sinto quando demoras,
em um segundo faria
a travessia das horas...

..............................................................

ÂMBITO NACIONAL/INTERN. = TEMA:  "GRAVATA"  (trovas humorísticas)

VENCEDORES:     (por ordem alfabética de autores)

ALBA CHRISTINA CAMPOS NETTO - SP
Gastou no terno e gravata
todo o dinheiro que tinha.
Que frustração, pois a gata
só queria a camisinha!

HELOISA ZANCONATO PINTO - Juiz de Fora
É na ausência da patroa
que o patrão se põe à cata
de alguma empregada boa
para passar-lhe a gravata!

JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO - RJ
Vamos cortar a gravata
do noivo, propôs o Chico...
Grita a noiva, estupefata:
- E, depois, como é que eu fico?!...

JOSÉ TAVARES DE LIMA - Juiz de Fora
Já no quarto a noiva fala:
- querido, gravata fora...
Não requer traje de gala
a festa que vem agora!...

ORLANDO BRITO - São Luís/MA
No norte, onde o sol arrasa,
e o calor queima sem dó,
só defunto sai de casa
de gravata e paletó!

MENÇÕES   HONROSAS:     (por ordem alfabética de autores)

IZO GOLDMAN - SP
Foi muito sem sorte o Mário,
a gravata o denunciou,
ficou por fora do armário
quando o... consorte... chegou...

JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO - RJ
"Alisa aqui", - pede o Lima...
E a passadeira, novata,
tasca o ferro quente em cima,
pensando que era a gravata!...

MARINA BRUNA - SP
Dou-te um prêmio da loteca,
dou-te as coisas que são minhas,,
dou-te a gravata, a cueca,
se me deres cem calcinhas...

MÁRIO PEIXOTO - RJ
Alisando, o puxa-saco,
a gravata do patrão,
não resistiu ao seu fraco
e desceu demais a mão...

THEREZA COSTA VAL - BH
Zé quis fugir ao 'flagrante"
e a cena ficou gaiata:
fingiu ser um assaltante,
só... de camisa e gravata!

MENÇÕES   ESPECIAIS:     (por ordem alfabética de autores)

ADELIR MACHADO - Niterói
Morre em plena obediência,
o soldado Josué,
e a gravata, em continência,
no caixão fica de pé!

CARLOS HENRIQUE S. CARNEIRO - Nova Friburgo
Disse a gravata assanhada,
ao colarinho engomado:
- Eu sou de seda importada,
seu duro desajeitado!

DOMITILLA BORGES BELTRAME - SP
Na oficina da vizinha,
muito bem aparelhada,
não há gravata fininha
que não acabe alargada!

EDMAR JAPIASSÚ MAIA - RJ
Ao ver, do noivo, a gravata,
a noiva, feliz da vida,
achou-lhe a medida exata:
nem tão curta e nem comprida!

IZO GOLDMAN - SP
Quando o nudista passou,
disse a moça, muito pura:
"Que engraçado, ele amarrou
a gravata na cintura..."

PAULO CESAR OUVERNEY - Juiz de Fora/RJ
Que pescoção tem o moço!
Entre as moças, só bravata:
de grosso - só tem pescoço;
de grande - só tem gravata!

----------------------------------------------------

APENAS TROVADORES DO RIO GRANDE DO SUL = TEMA:  "PENUMBRA"

VENCEDORES:     (por ordem alfabética de autores)

DELCY RODRIGUES CANALLES - Porto Alegre
Nesta penumbra doída,
neste mar de densas águas,
joguei a linha da vida
e pesquei somente mágoas!

DORALICE GOMES DA ROSA
Na sala triste e vazia
a frouxa luz da candeia
ilumina a nostalgia
onde a penumbra passeia!

GERSON CÉSAR SOUZA - Porto Alegre
Esta penumbra introduz
no quarto um amor profundo:
a gente desliga a luz
como quem desliga o mundo.

MILTON SEBASTIÃO SOUZA - Porto Alegre
Contigo sempre reparto
este amor que não termina:
é na penumbra do quarto
que o nosso amor se ilumina!

WILMA MELLO CAVALHEIRO - Porto Alegre
Do teu palco iluminado,
ris de mim, sem ter ideia,
do quanto eu sofro calado
na penumbra da plateia.

MENÇÕES   HONROSAS:     (por ordem alfabética de autores)

GERSON CÉSAR SOUZA
Ante o poder e a maldade,
neste mundo desigual,
somente a luz da amizade
rompe a penumbra do mal.

GISELI BUENO PINTO - Porto Alegre
Morre a flor no descampado,
chora o rio em correnteza,
o progresso desalmado
traz penumbra à Natureza...

LACY JOSÉ RAYMUNDI - Garibaldi
Sentença que me deslumbra
por ser um dito de escol:
"quem tem alma de penumbra,
detesta encarar o Sol!"

NILZA CASTRO - Porto Alegre
Na penumbra que estiola
o olhar daquele mendigo,
eu sinto que, ao invés de esmola,
ele mendiga um amigo.

WILMA MELLO CAVALHEIRO
Se és o sol que me deslumbra
com mil promessas de beijos,
vem me tirar da penumbra,
vem acalmar meus desejos.

MENÇÕES   ESPECIAIS:     (por ordem alfabética de autores)

LACY JOSÉ RAYMUNDI
Na sala posta em penumbra,
onde, enlaçados, dançamos,
quanta ternura ressumbra
de cada olhar que trocamos...

MANOEL MARTIN BATISTA - Charqueadas
Sinto o sol que me deslumbra,
mas também o dissabor
de ver que é curta a penumbra
se a noite é feita de amor.

MARIA DORNELLES DA COSTA - Porto Alegre
Somos aves companheiras
a voar por céus a fora,
colhendo ilusões fagueiras
pelas penumbras da aurora.

MARLÊ BEATRIZ J. ARAÚJO - Viamão
Enquanto a vida ciranda...
quando a paz se faz maior...
na penumbra da varanda
ciranda um mundo melhor...

NEOLY DE OLIVEIRA VARGAS - Sapucaia do Sul
Na penumbra, ao sol poente,
lembrando os bailes de outrora,
dois velhinhos ternamente,
na sala, dançam agora.

NILZA CASTRO
Quando a penumbra se estende
pelos vales do meu sonho,
meu ser se agita e transcende
nos poemas que componho.

PEDRO BÁGGIO - Pelotas
Tanto sonho se vislumbra
no florir da mocidade,
mas se apaga na penumbra,
que segue a marcha da idade.

.....................................................................
APENAS TROVADORES DO RIO GRANDE DO SUL = TEMA:  "ESCURO"   (trovas humorísticas)

VENCEDORES:     (por ordem alfabética de autores)

DORALICE GOMES DA ROSA
Pergunta a noiva do Amaro:
- Como vai ser, se és ceguinho?
- Meu bastão vai pelo faro:
no escuro encontra o caminho!

FLÁVIO ROBERTO STEFANI - Porto Alegre
O pau-d'água não tem cura,
quando o sol vai dormitar,
só toma cerveja escura,
que é pra tudo combinar...

JULIETA AUDINO - Viamão
Desci do carro, na estrada,
culpa da dor de barriga:
- no escuro, a moita malvada
era rodeada de urtiga!

ROBERTO IVAN M. PEREIRA - Porto Alegre
Com ela a coisa mais rara
é ter sentimento puro:
apesar do nome: Clara,
sempre namora no escuro!

WILMA MELLO CAVALHEIRO
- Que fazias no escurinho,
junto àquele rapagão?
- Não penses mal, papaizinho,
fazia meditação!

MENÇÕES   HONROSAS:     (por ordem alfabética de autores)

DORALICE GOMES DA ROSA
Escurece, toca o sino
e a menina, muito afoita,
pega o terço, sai de fino,
vai rezar atrás da moita!

LACY JOSÉ RAYMUNDI
Filme bom. Cinema escuro.
Loira atraente ao meu lado.
Quando, mão boba, a procuro,
que susto eu levo: um barbado!...

LUIZ MACHADO STABILE - Uruguaiana
Ninguém mais olhava a fita,
que o namorado e a Jurema
faziam cena inaudita
no escurinho do cinema!

NEOLY DE OLIVEIRA VARGAS
A escurinha tira a tanga,
fica na praia pelada.
Ninguém fala, ninguém zanga,
olhando, nem se vê nada.

WILMA MELLO CAVALHEIRO   (duas trovas)
- Chega de versos, de prosa,
diz a garota ao noivinho,
pois tem coisa mais gostosa
pra se fazer no escurinho!

"A luz purifica o escuro":
revela a casta Tereza;
e quando o "momento" é impuro,
faz tudo de luz acesa.

MENÇÕES   ESPECIAIS:     (por ordem alfabética de autores)

COSMO ANTONIO LAITANO - Porto Alegre
Era tão feia a danada
(mas era horrível, no duro!)
que somente era beijada
quando - claro! - estava escuro!

DELCY RODRIGUES CANALLES     (duas trovas)
Era tão feia a coitada
que, sendo pega no escuro,
logo seria largada
no claro, eu lhes asseguro!

Ah! Santos ladrões! Eu juro!
Estou-lhes agradecida!
Ao me pegarem no escuro,
deram vida à minha vida!

DORALICE GOMES DA ROSA
Estando só e no escuro,
a mulher do seu Camacho
chama o vizinho no muro,
para acender o seu facho.

FLÁVIO ROBERTO STEFANI     (três trovas)
A garota perde o brilho
mas não perde o desalinho:
e se agora já tem filho,
põe a culpa no "escurinho"...

O Serafim, que é bandido,
leva a noiva pro escurinho
e, mostrando-se sabido,
quer fazer um "sabidinho"...

O português, em apuros,
pra cotação não baixar,
comprou óculos escuros
para os dólares trocar...

JULIETA AUDINO
Bem dizia a tia Neca:
- O escuro, às vezes, nos logra!
Pensei vestir a cueca,
vesti a calça da sogra!

LUIZ MACHADO STABILE     (três trovas)
Seu Manuel perdeu a espora
no quarto... e pulou o muro:
- vou procurá-la cá fora,
que lá dentro é muito escuro...

Fazer trova com humor,
sobre escuro... não sei, não!...
Previna-se o trovador:
- é "humor negro" - dirão...

O filho do japonês
nasceu pretinho. No duro!
E o vizinho português
senteciou: - Fê-lo no escuro!

MANOEL MARTIN BATISTA
Se a noite sempre procuro,
eis afinal a razão:
- é quase sempre no escuro
que aumenta a população.
=================================
NOTA = esse material foi uma gentil contribuição do "Magnífico Trovador" IZO GOLDMAN, da UBT São Paulo/SP