XVII JOGOS FLORAIS DE PORTO ALEGRE - 2003
(Comissão Julgadora dos temas “Chuva” e “Goteira” = Flávio Roberto Stefani, Cláudio Derli Silveira, Delcy Canalles, Doralice Gomes da Rosa, Lisete Johnson Oliveira, Marisa Vieira Olivaes e Marlê Beatriz Araújo)

ÂMBITO NACIONAL - TEMA “CHUVA”

VENCEDORES:

Do cair da noite à aurora,
a chuva, em suave rumor,
fez toda a trilha sonora
das nossas noites de amor.
ALMERINDA LIPORAGE – RJ

Com pena, ao ver o desgosto
que o adeus de alguém lhe causava,
a chuva molhou meu rosto...
E ninguém viu que eu chorava!
JOSÉ TAVARES DE LIMA – Juiz de Fora

Quando no céu surge a Lua,
cheia de si, me arrebata,
lavando as trevas da rua
com sua chuva de prata!
JOAQUIM CARLOS – Nova Friburgo

Num show que bem poucos olham,
no palco das noites calmas,
chuvas de estrelas não molham
mas lavam as nossas almas.
GERSON CÉSAR SOUZA – São Mateus do Sul

A flor sentiu-se beijada
pela chuva... e então sorriu!
Mas esta cena encantada
somente o poeta viu...
VANDA FAGUNDES QUEIROZ - Curitiba 

MENÇÕES HONROSAS

Não pode estar “tudo azul”,
em tempos de pouca sorte,
quando há enchentes, ao sul,
e falta de chuva, ao norte!
HERMOCLYDES SIQUEIRA FRANCO – RJ

Vejo, alegre, a chuva forte
que insiste em cair, lá fora;
porque, para minha sorte,
chovendo... não vais embora!
JOSÉ TAVARES DE LIMA

Parece que o céu desdenha
da solidão que me abraça,
quando a chuva me desenha
o teu vulto na vidraça...
MARIA LUA – Nova Friburgo

Melodia em tons de mágoa
faz a chuva no quintal,
a bater com dedos d’água
no teclado do beiral.
ORLANDO BRITO – São Luís / MA

Quando a chuva repentina
recobre o verde do monte,
faz lembrar uma cortina
na varanda... do horizonte!
SÉRGIO FERREIRA DA SILVA – SP

Voltas... Por teres voltado,
vejo o céu brilhando, agora.
Se tenho o sol a meu lado,
esqueço a chuva lá fora...
THEREZA COSTA VAL – BH

Você, sozinho... E eu, sozinha!...
Por sorte, a chuva caiu
e, sob a mesma sombrinha,
o destino nos uniu!
THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA - SP

MENÇÕES ESPECIAIS

Chuva amiga, seja breve,
pedir-lhe angustiada, eu venho,
o meu barraco não leve
pois ele é tudo o que eu tenho.
ARGEMIRA FERNANDES MARCONDES – Taubaté

Não tive ao teu lado a sorte
que a um grande amor se destina;
quem sonhou ser chuva forte
não foi além de neblina!
ARLINDO TADEU HAGEN

Busca, na vida, a harmonia
e até no amor sê prudente;
vê que a chuva em demasia
pode matar a semente!
ANTONIO JURACI SIQUEIRA – Belém

Nosso amor vive um impasse
das brigas, tantas e tais,
que tão logo a chuva passe,
já vem outros temporais!...
CLENIR NEVES RIBEIRO – Nova Friburgo

Bendigo a lágrima doce
da chuva que cai lá fora.
Bom seria se assim fosse
o pranto que a gente chora...
JOSÉ VALDEZ DE CASTRO MOURA – Pindamonhangaba

Silenciei, revoltada,
controlando as nossas fúrias,
meu crime de ouvir calada
a tua chuva de injúrias!
MARIA NASCIMENTO SANTOS CARVALHO – RJ

Chuva e vento – sobressalto
nos casebres sem socorro;
parece as mágoas do alto,
molhando as mágoas do morro.
MAURÍCIO CARDOSO FARIAS – ITAPERUNA / RJ

Na roça, a chuva é um tesouro,
que o milharal agradece,
se erguendo em espigas de ouro
à prata que em gotas desce.
WANDA DE PAULA MOURTHÉ – BH

==========================================================

ÂMBITO NACIONAL - TEMA “GOTEIRA” (humorísticas)

VENCEDORAS

Se um dia chover mulher,
segundo o povo reclama,
salve a goteira que houver
em cima da minha cama!
ANTONIO JURACI SIQUEIRA

Ao ver que o meu teto vaza,
a sogra encerra a visita,
e eu deixo chover lá em casa...
Êta goteira bendita!
GERSON CÉSAR SOUSA

O português, só, no trem
e a goteira a lhe molhar:
“Que raios, não há ninguém
com quem trocar de lugar!”
GERSON CÉSAR SOUSA

Se o teu namoro vai mal,
é claro que isso me importa;
goteira no teu quintal
é “chuva na minha horta”!
JOSÉ OUVERNEY – Pindamonhangaba

A casa é velha, porém
nada tem que a desaprove...
- Então, goteira, não tem?
- Não senhor... só quando chove!
JOSÉ TAVARES DE LIMA

MENÇÕES HONROSAS

O ladrão, lá no telhado,
escondeu-se a noite inteira,
ao sair, deixa um recado:
vê se conserta a goteira!...
ALBA HELENA CORRÊA – NITERÓI

A goteira não dá folga...
Partem pra sala, sem queixa;
mas quando o casal se empolga,
a coluna é que não deixa.
ALMERINDA LIPORAGE – RJ

Tanta goteira me arrasa,
pois, se a chuva se acentua,
chove mais dentro de casa
que em qualquer lugar da rua!
ANTONIO JURACI SIQUEIRA

Cai a chuva... O que me arrasa
é ver que há tanta goteira!...
Hoje, o que eu chamo de casa
mais parece uma peneira!...
CLENIR NEVES RIBEIRO

Goteira outra vez? Não brinca!
Sobre o quarto... e ele nem nota
que toda telha que trinca
tem marcas da mesma bota!...
JOSÉ OUVERNEY

Telha quebrada e a goteira
bem no fogão, por azar!
Mas dá jeito o Zé Toupeira:
troca a telha de lugar!
PEDRO ORNELLAS – SP

Quando pode me destrata...
Tudo o que eu faço, detesta...
Minha sogra é bem mais chata
do que... goteira na testa!
SÉRGIO FERREIRA DA SILVA – SP

MENÇÕES ESPECIAIS

Quando chove é aquele drama,
minha casa é uma peneira,
durmo debaixo da cama
para fugir da goteira ARGEMIRA
FERNANDES MARCONDES

Mercado... farmácia... feira...
À insônia eu entrego as pontas.
Bem pior que o da goteira
é o pinga-pinga das contas!...
ARLINDO TADEU HAGEN

- Corre lá, seu Joaquim...
Vê se a goteira acabou!
E o luso grita pra mim:
- Parou!... Não parou!... Parou!...
JOAQUIM CARLOS – NOVA FRIBURGO

- Goteira! Grita a Roberta,
sacudindo o seu Medeiros.
E ele, puxando a coberta:
- Se inundar, chame os bombeiros!
LICÍNIO ANTONIO DE ANDRADE – Juiz de Fora

Um penitente beato
passa em claro a noite inteira,
contando o número exato
dos pingos de uma goteira!
LUIZ FELIPE NEPOMUCENO – Monte Carmelo / MG

Confessa quase com mágoa
que é tão dura e tão ordeira
que, para não gastar água,
toma banho na goteira...
MARIA NASCIMENTO S. CARVALHO – RJ

Quando chove a noite inteira,
Zé Bebum enche a “moringa”...
Nem se importa se há goteira;
quanto mais molha, mais pinga!...
NÁDIA S. HUGUENIN

===================================================================== =====================================================================

ÂMBITO ESTADUAL - "TEMA VENTO" (apenas para o Rio Grande do Sul)
OBS: todos os trovadores que não têm citadas suas cidades pertencem à UBT Porto Alegre. Comissão Julgadora dos temas “Vento” e “Arrepio” = Antonio Augusto de Assis, Carolina Ramos, Domitilla Borges Beltrame, Eduardo Toledo, Héron Patrício, Izo Goldman, Maria Madalena Ferreira, Milton Nunes Loureiro, Sérgio Ferraz dos Santos, Heloisa Zanconato Pinto, Amália Max, Edmar J. Maia, Arlindo Tadeu Hagen e João Freire Filho)

VENCEDORES:

Meu sonho de piá desperto,
nas cinzas tardes de outono,
era laçar, campo aberto,
os ventos xucros sem dono!
CLÁUDIO DERLI SILVEIRA

Cavalgando o “Minuano”
eu sigo em frente, risonho...
Sou tropeirista aragano,
que monta o vento do sonho!
DELCY R. CANALLES

Quando o “Minuano” assobia,
rasgando o espaço, imponente,
é um vendaval de poesia
soprando na alma da gente!
MARISA VIEIRA OLIVAES

O mar da vida não muda,
pouco adianta lamentar:
quando o vento não te ajuda,
usa as mãos para remar.
MILTON S. SOUZA

Quando a nuvem da má sorte
cobre de sombras teu mar,
a esperança é o vento forte
que faz o tempo mudar.
MILTON S. SOUZA

MENÇÕES HONROSAS

Sopra, ó vento, as nuvens rasas,
pelo verde pampa em flor,
transportando em tuas asas
meus sonhos de trovador!
CLÁUDIO DERLI SILVEIRA

A frágil rosa em seu galho
depois que o vento passou,
desfolhou-se sobre o orvalho
que a madrugada deixou.
DORALICE GOMES DA ROSA

Peço ao vento cirandeiro
das madrugadas de outono,
que seja o meu seresteiro
mas que não roube o meu sono.
MARLÊ BEATRIZ ARAÚJO – Viamão

Quando a vida está vazia,
o amigo é o melhor suporte:
nas horas de calmaria
qualquer brisa é vento forte.
MILTON S. SOUZA

Quando me paro cismando,
eu sinto, meio bisonho,
o vento do amor soprando
nas cordilheiras do sonho!
SEVERINO SILVEIRA DE SOUSA

Depois do vento ferino,
que me arrancou dos teus braços,
o barco do meu destino
navega roto... em pedaços...
WILMA MELLO CAVALHEIRO – Pelotas

“Minuano”, teus intentos
comprovam, em forte estampa,
que és o corsário dos ventos
na imensidão do meu pampa.
WILMA MELLO CAVALHEIRO - Pelotas

MENÇÕES ESPECIAIS

Amanhecia lá fora
num quadro de encantamento:
o vento sorria à aurora,
que dava “Bom-dia” ao vento!
DELCY R. CANALLES

O vento adora criança,
por isso, em plástica sina,
solta a linha da esperança
nos papagaios que empina!...
FLÁVIO ROBERTO STEFANI

Pela magia do vento,
que leva a semente ao léu,
elevo o meu pensamento
para as lavouras do céu!
FLÁVIO ROBERTO STEFANI

Vem dos Andes esse vento,
de outras pátrias... lá de trás.
“Minuano”, teu lamento
são quero-queros de paz!
LYDIA LAUER – Caxias do Sul

Tanto ódio!... Tanta guerra!...
Mandai “bons ventos”, Senhor,
aos quatro cantos da terra,
somente espalhando amor.
NEOLY DE OLIVEIRA VARGAS – Sapucaia do Sul

Minha alma toda se agita
em penoso desconforto,
quando o vento da desdita
vem sarandear no meu horto!
SEVERINO S. DE SOUSA

Enfrento o vento malvado,
molhado de chuva e frio,
pois para estar ao teu lado
venço qualquer desafio.
WILMA MELLO CAVALHEIRO - Pelotas

==================================================================

ÂMBITO ESTADUAL - TEMA “ARREPIO” - (humorísticas)

VENCEDORES

Seus pelos se arrepiavam
quando o bebum, pobrezinho,
via os ETs que passavam,
cambaleantes... no caminho!
DELCY R. CANALLES

Não tinha medo o Gaudério,
nem sequer tinha arrepio!
Quando ia ao cemitério
se tremia... era de frio!
DELCY R. CANALLES

Fiquei toda arrepiada,
quando ouvi forte gemido,
pois olhei e não vi nada...
Só havia o falecido!
DELCY R. CANALLES

No terreiro da “mãezinha”
o entreve foi tão feio
que o pai-de-santo que vinha
se arrepiou e não veio.
DORALICE GOMES DA ROSA

Chega a me dar arrepio
quando “encosta” a minha sogra!...
- Ou me vem com cheque frio...
- Ou é certo que me logra...
FLÁVIO R. STEFANI

Tanto arrepio sentia
um fantasma diferente,
que, assombrar, não mais queria,
por medo de virar gente!
MARLÊ B. ARAÚJO

O amante, quando flagrado
pelo marido, extasia:
fica mais arrepiado
do que gato na água fria.
MILTON S. SOUZA

MENÇÕES HONROSAS:

Ao pensar naquele Gato
fico toda arrepiada!...
E não pensem que sou rato...
Sou é gata apaixonada!!!
GISLAINE CANALES

Se examino meu extrato
sinto arrepios na espinha,
que o juro não é barato
e a conta está ‘vermelhinha”!
LACY JOSÉ RAYMUNDI – Garibaldi

O vizinho, eletricista,
ela, dada a calafrios,
bastou-lhe um golpe de vista
pra ter choques e arrepios...
LUIZ MACHADO STABILE – Uruguaiana

O problema é que essa gente
com tanta “oferta” hoje em dia,
vai logo pros finalmente”,
pois nada mais arrepia!
NEOLY DE OLIVEIRA VARGAS – Sapucaia do Sul

Quarenta graus! Tava quente!
Mas fiquei arrepiada,
não é que liga um parente,
pra pedir... grana emprestada?
NEOLY DE OLIVEIRA VARGAS – Sapucaia do Sul

MENÇÕES ESPECIAIS

O velhinho, arrepiado,
com tanto frio, nem geme,
porque o pobre do coitado
se gemer a perna treme...
FLÁVIO R. STEFANI

Nos teus beijos me
pois me dão a sensação
de caminhante arrepio
do calcanhar ao pulmão...
LACY JOSÉ RAYMUNDI – Garibaldi

Meu gato, todo assanhado,
pêlo em pé, todo se estufa,
totalmente apaixonado,
e seduz minha pantufa...
LISETE JOHNSON

Só falava entusiasmado
na mulher, uma “santinha”.
Hoje cedo, arrepiado,
deu flagrante na “galinha”
LYDIA LAUER – Caxias do Sul

Umbigos ao vento!... E a paz,
ante a moda, é por um fio...
- Se baixar, um pouco, zás!
O que sobra... é o arrepio!...
MARISA VIEIRA OLIVAES

Um arrepio gelado,
diferente dos demais,
deixa, até mal-assombrado
quem não arrepia mais!...
MARLÊ BEATRIZ ARAÚJO – Viamão

Como gato na água fria
quando vê careca perto,
porco-espinho se arrepia:
pensa no escalpo, por certo.
MILTON S. SOUSA