IX JOGOS FLORAIS DE POUSO ALEGRE/MG - 1996

Tema: OUTONO Âmbito Nacional e Internacional

VENCEDORES:

1º Lugar:
O outono chegou de manso
e em teu rosto, bem fininhos,
pôs traços, que não me canso
de afagar com meus carinhos.
Maria Helena Calazans Machado Duarte - SP

2º Lugar:
Quando a folhagem fenece,
cobrindo o verde de luto,
o outono, em troca, oferece
a recompensa do fruto
Héron Patrício - SP

3º Lugar:
Vivo a vida ao abandono,
mantendo a firmeza e a fé,
como as árvores no outono.
- Despojada... mas, de pé !
Emília Penalba de Almeida Esteves - Portugal

4º Lugar:
Quando se estendem dos becos,
as mãozinhas do abandono
lembram dez galhinhos secos
eternamente no outono!
Antonio de Oliveira - SP

5º Lugar:
Trago no outono, em meu fado
de ao mundo pagar tributos,
malgrado o tronco encurvado,
os galhos cheios de frutos!
Sérgio Bernardo - N. Friburgo RJ

6º Lugar:
A esquecê-la me disponho
mas me curvo à fantasia
que fez, do outono de um sonho,
meu sonho de cada dia...
Octavio Venturellí - N. Friburgo - RJ

7º Lugar:
São no outono certas vidas,
sem direitos nem escolhas,
feito as árvores vencidas
que o vento priva das folhas...
Sergio Bernardo - N. Friburgo - RJ

8º Lugar:
O outono traz, revivida,
a nossa vida de outrora,
e as horas velhas da vida
dão vida nova a essa hora...
Octavio Venturelli - N. Friburgo - RJ

9º Lugar:
É o outono !... A amendoeira
em breve estará despida.
- Também, de certa maneira,
vou me despindo da vida!
Antonio Carlos Teixeira Pinto - Niterói - RJ

10º Lugar:
Nosso outono é tão bonito
que ao sonho abrimos as portas,
e um amor quase infinito
põe vida nas folhas mortas.
José Maria M. Araújo - Rio de Janeiro - RJ

 

"Menções Honrosas"

No outono de tardes mansas,
com teu amor me acolhendo,
ressuscito as esperanças
que aos poucos foram morrendo.
Florestan Japiassu Maia - Rio de Janeiro - RJ

Almas sensíveis, tocadas
pelo frio do abandono,
são como as tardes nubladas
e as noites tristes de outono...
Luiz Pizzoti Frazão - Niterói RJ

Diante do espelho, a amargura
que o outono da vida incita...
É o tempo cobrando a usura
da mulher que foi bonita !...
Marina Bruna São Paulo - SP

Há balanços conflitantes
em vidas fúteis e loucas:
os outonos são bastantes
e as primaveras bem poucas.
Miguel Russowsky Joaçaba - SC

Surpresa boa e ruim,
o amor, que tarde acontece,
faz do meu peito um jardim
que em pleno outono floresce.
Pedro Ornellas - São Paulo - SP

Nossas bocas se encontrando,
lembram, no outono da vida,
duas saudades buscando
a primavera perdida !

Foste a pior das escolhas...
e no outono, em meus cansaços,
eu me sinto uma das folhas
que despencou dos teus braços.
Almerinda F. Liporage (Tita) - Rio de Janeiro - RJ

Se do mundo eu fosse o dono
escreveria nas portas:
- "Liquidação deste outono,
tapete de folhas mortas !"
Antonio Colavite Filho - Sto. André - SP

No outono o vento é um pecado,
porque, com sanha e capricho,
mistura, despudorado,
folhas e flores no lixo...
Divenei Boseli - SP

Pleno outono ... e em meu atalho,
sem um amor que me acolha,
invejo a sorte do orvalho
que se abriga em qualquer folha.
Edmar Japiassu Maia - Rio de Janeiro - RJ

===========================================

Tema: VERÃO (Humorísticas) Âmbito Nacional e Internacional

VENCEDORES:

1º LUGAR:
"Não conto mais com você!..."
- Diz a mulher, lá da sala.
"Se no verão não se vê,
no inverno, então, nem se fala !..."
Rodolpho Abbud - N. Friburgo - RJ

2º LUGAR:
No verão era tão mini
a coleção que mostraram,
que uma passou sem biquíni
e os presentes nem notaram!
Almerinda F. Liporage (Tita) - Rio de Janeiro RJ

3º LUGAR:
A ecologista Tereza,
no verão usa só tanga.
E, não querendo ave presa,
passou a "soltar a franga! "
Lavínio Gomes de AImeida - Barra do Piraí RJ

4º LUGAR
Coberta pela maré,
a loura, em pleno verão,
sentiu que não dava pé,
porém... como dava mão!
Edmar Japiassu Maia - Rio de Janeiro RJ

5º LUGAR
Vocês verão... que verão!...
nos promete a temporada:
nas praias um mutirão
de gente ... fazendo "nada".
José Maria Sampaio Peruíbe -SP

6º LUGAR
O verão intensifica
da vizinha a crueldade,
pois ela à vontade fica
e eu fico mais com vontade!
Edmar Japiassú Maia - Rio de Janeiro - RJ

7º LUGAR
Pra vovô, a previsão
do próprio "clima" é um inferno:
no seu "norte" arde o verão,
mas no "sul"... é sempre inverno!
Edmar Japiassu Maia - Rio de Janeiro - RJ

8º LUGAR
Verinha na primavera,
de maiô, é mesmo um pão!
Verão, de biquíni, a Vera
não é Verinha, é "Verão"!
Miguel Russowsky - Joaçaba - SC

9º LUGAR
Com seu biquíni avançado
e uma carcaça esquelética,
é um verdadeiro atentado...
tanto ao verão... quanto à estética!
João Freire Filho - Rio de Janeiro - RJ

10º LUGAR
Olhos postos na folhinha,
quer o verão apressar.
- Tem esperança a velhinha
de o velhinho se esquentar!
Waldir Neves - Rio de Janeiro - RJ

 

Menções Honrosas

Ferveu o verão na praia,
quando uma "gata" assanhada
foi tirando a blusa e a saia
e em baixo não tinha nada!...
AImerinda F. Liporage (Tita) Rio de Janeiro - RJ

Eis a guerra declarada,
tão logo chegue o verão:
- Minha sogra anda pelada
e eu tenho horror a canhão!

No verão, a magricela
vai à praia e diz-se a tal...
Mesmo um "palito"... e banguela,
só usa "fio dental"!
Antonio Carlos Teixeira Pinto Niterói - RJ

Pleno verão e ela abusa,
numa blusa transparente,
é o que há por baixo da blusa
que faz meu sangue mais quente...
Darly O. Barros - São Paulo - SP

Ela o acarinha... e, num blefe,
diz que o verão a incendeia...
mas o relógio do chefe
não passa das "seis e meia"...
José Maria M. Araújo - Rio de Janeiro

Biquíni em modelo vivo,
no verão, viu o freguês...
Preço por peça, é atrativo
e ele diz: "Eu levo as três!"
J. Stavola Porto - Niterói RJ

Quem se casa no verão,
casar-se-á duas vezes.
Que o calor da tentação
terá sempre bons fregueses!
Maria José Viegas da Conceição Fraqueza Portugal

Quis arranjar casamento
mas só ganhou do paquera,
no verão, o acampamento...
e um bebê na primavera!
Pedro Ornellas - São Paulo SP

Não sobrou uma peninha!!!
E o galo "machão" despista:
- Saio pelado da rinha
quando é verão ... sou nudista.
Therezinha Dieguez Brisolla - São Paulo - SP

=========================================

Tema: INVERNO Âmbito Estadual

VENCEDORES:

1º LUGAR:
No inverno longo e silente
que atinge a terceira idade,
há um fenômeno envolvente:
não cai neve... cai saudade!
José Messias Braz - Pouso Alegre

2º LUGAR:
O inverno não me apavora,
não vivo momentos maus,
que importa o frio lá fora
se estamos sempre a cem graus?
Eugênia Maria Rodrigues - Rio Novo

3º LUGAR:
Vendo os gelos no beiral,
no inverno, sonha o menino
que é um palácio de cristal
o seu rancho pequenino...
Newton Meyer - Pouso Alegre

4º LUGAR
Quando o inverno esfria o zinco
do meu barraco e me invade,
uma ausência puxa o trinco
e me cobre de saudade!...
José Messias Braz - Pouso Alegre

5º LUGAR
No antigo ninho eu não entro.
Depois que tu foste embora,
sinto mais frio lá dentro
do que no inverno... aqui fora.
Lucy Sother de Alencar Rocha - Belo Horizonte

6º LUGAR
Alegre, de fronte erguida,
nem mesmo à dor me curvando,
chego ao inverno da vida
sem sentir que estou chegando!..

7º LUGAR
O inverno que acinza os dias,
insiste em mostrar, sem dó,
que em noites longas e frias
sofre mais quem vive só!...
José Tavares de Lima - Juiz de Fora

8º LUGAR
O seu sorriso gelado
na hora da despedida,
mais do que o inverno é o culpado
do gelo que é a minha vida.
Leda Maria Bechara - Juiz de Fora

9º LUGAR
Sai do leito do horizonte
e, no inverno, o sol traquina
escorrega pelo monte
e puxa o véu da neblina!
Eugênia Maria Rodrigues - Rio Novo

10º LUGAR
Quando a mão de Deus descerra
o inverno que a neve traz,
esconde o verde da Terra,
mas dá-lhe o branco da paz!...
Heloisa Zanconato Pinto - Juiz de Fora

 

Menções Honrosas (por ordem alfabética)

A rude fera bravia
durante o frio do inverno,
aquece o corpo da cria
com seu instinto materno!
Alfredo de Castro - Pouso Alegre

Num mau-humor quase eterno,
há quem, no viver sombrio,
faz da vida um grande inverno...
depois reclama do frio!
Arlindo Tadeu Hagen - Juiz de Fora

Voltaste, enfim ... a demora
não alterou a estação.
Se o inverno é frio lá fora
em nosso leito é verão!

O inverno fecunda o chão
com sêmens de orvalho e espera
as flores que brotarão
do ventre da primavera!
Eduardo A. O. Toledo - Pouso Alegre

Mesmo no inverno da idade,
ainda vivo à tua espera:
por isto visto a saudade
com traje de primavera!
Ivone Taglialegna Prado - Belo Horizonte

Pode ventar ou chover...
eu, nos teus braços agora,
nem perco tempo em saber
se tem inverno lá fora!
José Tavares de Lima - Juiz de Fora

Treme o meu corpo gelado,
não é o inverno, é talvez
desejo desenfreado
de te amar mais uma vez...
Leda Maria Bechara - Juiz de Fora

São cobertores vadios
os teus braços, onde hiberno
para aquecer arrepios
dos meus, quando chega o inverno.

Quando o amor acende a chama
no cenário da paixão,
cobre o inverno e em nossa cama
põe suores de verão.
Lucy Sother de Alencar Rocha- Belo Horizonte

Café com leite na cama,
um friozinho gostoso,
e o calor de quem se ama...
- Que inverno maravilhoso!
Newton Meyer Pouso Alegre

=============================================

Tema: VERÃO (Humorísticas) Âmbito Estadual

VENCEDORES:

1º LUGAR:
Verão assim - credo em cruz!
Foi tanto o calor na cuca,
que uma porca "deu à luz"
três leitões - a pururuca!
Newton Meyer - Pouso Alegre

2º LUGAR:
No verão ela anuncia
que o nudismo é a sensação
e o que só o marido via,
agora todos verão!
Arlindo Tadeu Hagen - Juíz de Fora

3º LUGAR:
Da mulher muito carente
seu Brochado anda arredio:
no verão, porque está quente
no inverno porque está frio!
José Tavares de Lima - Juiz de Fora

4º LUGAR
Ficou tão quente o verão,
o sol era tão carrasco,
que a vaca dormiu no chão,
acordou, e... era churrasco!
Newton Meyer Pouso Alegre

5º LUGAR
Neste verão esquisito,
o calor que faz, faz dó:
galinha põe ovo frito
e vaca dá leite em pó!
Santos Teodosio - Brumadinho

6º LUGAR -
Como passaste o Verão?
- a zero grau, no equador.
- a zero grau? Bem, então
não fez frio nem calor!
Marcelo Zanconato Pinto - Juiz de Fora

7º LUGAR
Compositor caipirinha
foi à praia no verão...
E em vez da ousada sunguinha,
levou seu "Samba-Canção"!
Heloisa Zanconato Pinto - Juiz de Fora

8º LUGAR
Neste verão, dos mais quentes,
sem maiô tradicional,
tem gente trincando os dentes
com tanto fio dental...
Leda Maria Bechara - Juiz de Fora

9º LUGAR
Morre a sogra, em pleno inverno,
e o genro "de coração",
quer que ela vá para o inferno...
porque adorava o verão!
Marcelo Zanconato Pinto - Juiz de Fora

10º LUGAR
No verão, em grande estilo,
o biquíni bem mostrava:
nas gordas sobrando "aquilo"
que nas magrelas faltava!
Heloisa Zanconato Pinto - Juiz de Fora

 

Menções Honrosas (por ordem alfabética)

- Prenda a banhista pelada!
- Verão é quente doutor...
Saiu presa e refrescada,
mas o guarda... que calor!
AIfredo de Castro - Pouso Alegre

Sai pelada a calorenta
e o marido se angustia:
sempre que o verão esquenta
ele acaba entrando em fria!

É inverno... e ao vê-Ia passar
num shortinho tentação,
eu mal consigo esperar
a chegada do verão!
Arlindo Tadeu Hagen - Juiz de Fora

No verão, alguns maridos
caem nos blocos da cidade...
Pintam lábios, põem vestidos
e assumem a outra metade!
Eduardo A. O. Toledo - Pouso Alegre

"Machão" ele se dizia,
mas no verão se deu mal;
pois quase nada exibia
sob o seu fio dental!
Eugênia Maria Rodrigues - Rio Novo

Sai pelada no verão
e um rebuliço então causa:
Quando chega o camburão
ela explica: - É menopausa!

No verão ela não falha:
a mulata sensual
puxa o fio da toalha
que esconde... um fio dental!
Engênia Maria Rodrigues - Rio Novo

Verão pra gordo é tortura,
pois ao dobrar-se em si mesmo,
nas preguinhas da gordura
derrete que nem torresmo!
Heloisa Zanconato Pinto -Juiz de Fora

Se te aborrece o verão,
a saída é sem mistério:
para trocar a estação
é só trocar de hemisfério!
Narciso Barbosa da Silva - Santos Dumont

No verão, de sol ardente,
Zé Bolha não tà com nada,
pois troca a morena quente
por qualquer loura gelada"...
Santos Teodósio - Brumadinho

========================================

RELEMBRANDO...

Pouso Alegre prova à altura,
pelos seus Jogos Florais,
que tem a luz da cultura
do Sul das Minas Gerais!
Eduardo A. O. Toledo

Pouso Alegre, esse teu brilho
pôs-me a seguir os teus passos;
mesmo não sendo teu filho
quero morrer em teus braços.
José Messias Braz

Terra minha em que nasci,
que meu ser se desintegre
para ser terra de ti,
minha terra, Pouso Alegre!
Jandyra Meyer