XXI JOGOS FLORAIS DE POUSO ALEGRE -1998

TEMA: MUNDO - Âmbito Nacional/Internacional

VENCEDORES:

1º Lugar:
No jardim, junto ao meu quarto,
o silêncio é tão profundo
que se pode ouvir o parto
das rosas chegando ao mundo!
Héron Patrício / São Paulo - SP

2º Lugar:
Ciência alguma eu aceito
que ao fazer do mundo estudo
cuida somente do efeito,
negando a causa de tudo!
Pedro Ornellas / São Paulo - SP

3º Lugar:
Tinha no olhar tanto brilho,
tal força nos firmes passos,
que não carregava um filho:
- levava o mundo em seus braços!...
Antônio Carlos Teixeira Pinto / Niterói -

RJ 4º Lugar:
Nossa casa, hoje vazia...
- Fechadas porta e janela...
- Quem a vê não diz que, um dia,
teve um mundo dentro dela!...
Clenir Neves Ribeiro / Nova Friburgo - RJ

5º Lugar:
No jogo de apostas fartas
do mundo em que nós estamos,
a sorte embaralha as cartas
e nós apenas jogamos...
Edmar Japiassú Maia / Rio de Janeiro - RJ

 

Menções Honrosas (por ordem alfabética)

O mundo gira, menino!
Não deixa o sonho escapar
que o mundo é trem sem destino
e sem tempo de esperar!...
Antônio Juraci Siqueira / Belém - PA

Que importa que o mundo fale
que nada vales, Amor!
- Olha que é sempre a quem vale
que o mundo não dá valor!...
Elisa da Conceição Silva Maçanita Portimão - Portugal

O poeta é um ser aflito,
um eterno insatisfeito,
por ter um mundo infinito
no exíguo espaço do peito!
Héron Patricio / São Paulo - SP

Vem, milênio! E que o "Oba-Oba"
cá deste mundo se encerre...
Já mudei! Eu sou "arroba
- ponto-com-ponto-br"...
Jaime Pina da Silveira / São Paulo - SP

Nascemos irmãos comuns...
Mas, a ambição e os engodos
puseram nas mãos de alguns
o mundo que era de todos!
José Maria Machado de Araújo - Rio de Janeiro - RJ

Pode o homem ser tacanho,
pode ser grande e perfeito,
que o seu mundo é do tamanho
do mundo que tem no peito.
José Maria Machado de Araújo - Rio de Janeiro - RJ

Ao ver que a vida castiga
os mais fracos e impotentes,
lamento o mundo que abriga
tantos mundos diferentes!
Marilúcia Rezende / São Paulo - SP

Pai Nosso de tantas gentes!...
Ah, se o mundo já soubesse
que, em línguas tão diferentes,
pode ouvir a mesma prece!...
Nysa Maggessi Trindade Farriá - Barra do Piraí - RJ

Um rancho, onde ela me abrace,
num sítio que ninguém sabe,
- e deixa que a vida passe,
e deixa que o mundo acabe...
OrIando Brito / São Luiz - MA

 

Menções Especiais (por ordem alfabética)

Foi tão longo o nosso abraço,
que às vezes chego a supor,
que o mundo não tinha espaço
para caber tanto amor!
Almerinda E Liporage (Tita) / Rio de Janeiro - RJ

Que importa a imensa amplidão
em que o universo flutua,
meu mundo cabe na mão,
se acaso esta mão for tua!
Carolina Ramos / Santos - SP

Na infância, minha cidade,
era um mundo especial,
e toda a felicidade,
cabia no meu quintal!...
Domitilla Borges Beltrame / São Paulo - SP

Paixão!... pérfido desgosto,
que nosso mundo enfumaça;
que nos faz ver só um rosto,
em todo rosto que passa.
Heribaldo Gerbassi / São Paulo - SP

Seria a vida mais doce,
para os meus sonhos sem fim,
se o mundo, em que eu giro,fosse
o mundo que gira em mim.
José Maria Machado de Araújo - Rio de Janeiro - RJ

Não tive, por ambição,
o mundo bom que eu queria,
e Deus deu-me um coração
onde esse mundo cabia!
José Maria Machado de Araújo - Rio de Janeiro - RJ

Cante a paz, o amor fecundo,
torne a vida mais risonha
e sem mágoas, porque o mundo
não perdoa a quem não sonha!
José Valdez de Castro Moura Pindamonhangaba - SP

Sendo honesto pouco importa
qual o caminho a seguir!
Nunca o mundo fecha a porta
a quem sabe onde quer ir!
Josué de Vargas Ferreira - Ribeirão Preto - SP

Velhas cartas... meu degredo...
com pranto as pude escrever.
Há, no seu bojo, um segredo
que o mundo não vai saber!...
Lavínio Gomes de Almeida / Barra do Piraí - RJ

Neste mundo em desagravo,
não se acovarde à tormenta...
Mede-se a força de um bravo
pelas lutas que ele enfrenta!
Maria Lúcia Daloce Castanho / Bandeirantes - PR

Faminto, sentindo frio,
reza o pobre em frente à cruz...
num mundo quase vazio,
alimenta-se de luz!...
Marilúcia Rezende / São Paulo - SP

Liberta este amor profundo
dos grilhões dos teus desertos,
que o maior Homem do mundo
morreu de braços abertos.
Milton Nunes Loureiro / Niterói - RJ

Carta de um jovem colono,
do sul da Itália oriundo:
"- Mãe, no Brasil já sou dono
de um pedacinho do mundo!"
Orlando Brito - São Luís / Maranhão

Sonhei, criança, o direito
de um mundo melhor, um dia...
Sem ver que o mundo perfeito
era o mundo em que eu vivia!
Pedro Ornellas / São Paulo - SP

Perdeu, bem cedo, o recato...
"culpada!" - o mundo conclui.
Mas terá culpa o regato
quando a enxurrada o polui?...
Waldir Neves / Rio de Janeiro - RJ

=============================================

Tema: AMOR (Trovadores de Minas Gerais)

VENCEDORES

1º Lugar:
Pelo seu corpo, os meus dedos
atrevidos, sem temor,
vão escrevendo os enredos
da nossa história de amor!
Antônio Claret Marques / Guaxupé

2º Lugar:
À noite em meu barracão,
depois da prece ao Senhor,
Maria apaga o lampião
e acende a chama do amor!...
José Vitor de Paiva / Pouso Alegre

3º Lugar:
Fecha com muito cuidado
o cofre do coração,
segredo de amor guardado
não anda de mão em mão.
Licínio Antônio de Andrade / Juiz de Fora

4º Lugar:
Nosso amor é uma "pousada",
uma "pousada risonha",
onde há flores na sacada
e um convite em cada fronha.
Lucy Sother Alencar da Rocha / Belo Horizonte

5º Lugar:
Sem amor e sem guarida
às vezes penso que sou
aquela carta escondida
que o destino embaralhou!...
Eugênia Maria Rodrigues / Rio Novo

 

Menções Honrosas (por ordem alfabética)

Do nosso amor fracassado
só me restou no final:
o seu batom encarnado
nessa taça de cristal!
Antônio Claret Marques / Guaxupé

O amor é um sol diferente
cuja luz nos faz achar
o pedacinho da gente
que nasce em outro lugar.
Aprygio Nogueira / Pouso Alegre

Lembrando o amor que a iludia
minha alma, feliz, revive...
Eu sei que foi fantasia
porém foi tudo que eu tive!
Arlindo Tadeu Hagen / Juiz de Fora

No leilão do teu amor,
se a prenda for um romance,
eu pago qualquer penhor
e cubro o último lance!
Eduardo A. O. Toledo / Pouso Alegre

Mais forte que a própria dor
e até mesmo a enfermidade,
é a força que vem do amor,
com poder de eternidade!...
Ivone Taglialegna Prado / Belo Horizonte

Quando me abraças e dizes:
"-Vivo do amor que te dou..."
O mais feliz dos felizes
não é feliz como eu sou!
José Tavares de Lima / Juiz de Fora

Dói-me não estar contigo
e ter que abafar meus ais;
mas, deste amor que eu não digo,
guardar segredo dói mais!
José Tavares de Lima / Juiz de Fora

Meu bem, eu hoje, orgulhoso,
cheio de amor canto assim:
gosto do jeito gostoso
de você gostar de mim!
José Antonio de Freitas / Pitangüi

O amor que nasceu no outono,
carregado de quimeras,
não troco por nem um trono
ou milhões de primaveras...
Leda Maria Bechara / Juiz de Fora

Estás de volta... Os abraços
e essa emoção incontida
ataram - do amor - os laços,
desfeitos na despedida!
Relva do Egyto R. Silveira / Belo Horizonte

 

Menções Especiais (por ordem alfabética)

Se no amor, a gente quer
que os ímpetos não nos domem,
eu te faço mais mulher
e tu me tornas mais homem.
Alair Almeida / Belo Horizonte

Meu coração, prisioneiro
de um amor sem esperança,
padece em seu cativeiro
abraçado a uma lembrança...
AImira Guaracy Rebelo / Belo Horizonte

Por te querer, sofro tanto.
Mas esse amor me sustenta.
Sem que tu saibas, portanto,
só de te ver me contenta.
Antônio Couri / Belo Horizonte

Num natural abandono
lembrando um gesto de amor,
os galhos vibrando outono
se desnudam sem pudor.
Conchita Moutinho de Almeida - Poços de Caldas

Na prateleira do bar
esquecido e sem destaque
daquele amor singular
restou somente o conhaque.
Conchita Moutinho de Almeida - Poços de Caldas

"O que é o amor'?" me perguntas,
e, em coro, os anjos entoam:
"são duas pessoas juntas
que se amam e se perdoam!"
Eduardo A. O. Toledo / Pouso Alegre

A vida perde o valor
e percebe, entristecida,
tanta vida sem amor
e o amor é tudo na vida!
Eugênia Maria Rodrigues / Rio Novo

A sorte faz que eu prefira,
talvez de modo incomum,
qualquer amor de mentira,
a não ter amor nenhum...
Heloísa Zanconato Pinto / Juiz de Fora

Nem o sol, com seu fulgor
de tão grande intensidade,
aquece mais do que o amor,
quando é feito de verdade!
Licínio Antônio de Andrade / Juiz de Fora

Pelos caminhos da vida,
quem não teve um grande amor,
fez caminhada perdida,
sem sentido e sem sabor...
Licínio Antônio de Andrade / Juiz de Fora