XXV JOGOS FLORAIS DE POUSO ALEGRE – 2002

ÂMBITO NACIONAL / INTERNACIONAL (exceto Minas Gerais)

TEMA: “ACENO”
( COMISSÃO JULGADORA: Conceição A. de Assis, Eduardo Toledo, Héron Patrício, José Messias Braz, Newton Meyer e Roberto R. Vilela).

1º LUGAR
Entre o orgulho e a solidão,
no meu mundo, hoje pequeno,
guardo um “sim” de prontidão,
esperando o teu aceno!
ULYSSES DE CARVALHO JÚNIOR – NITERÓI

2º LUGAR
O adeus foi breve, no entanto,
naqueles olhos morenos,
uma gotinha de pranto
falou bem mais que os acenos.
CAMPOS SALES – SÃO PAULO

3º LUGAR
Não viste. Por mais que intenso,
meu adeus ficou retido.
O coração não é lenço
e sempre acena escondido!
RITA MARCIANO MOURÃO – RIBEIRÃO PRETO

4º LUGAR
Aquele gesto... pequeno...
naquele leito... meu Deus!
Não era um simples aceno,
foi seu derradeiro adeus!...
JAIME PINA DA SILVEIRA – SÃO PAULO

5º LUGAR
Vaidade é janela esguia
que em seu aceno nos passa
mais o luxo da esquadria
que a limpidez da vidraça!
ANTONIO DE OLIVEIRA – RIO CLARO / SP

6º LUGAR
Quando o aceno vem à tona,
ante uma forte emoção,
é o coração que impulsiona
o movimento da mão!
NEIDE ROCHA PORTUGAL – BANDEIRANTES / PR

7º LUGAR
Brincam na praça os pequenos:
castelos, canções, corrida...
- São seus primeiros acenos
aos grandes sonhos da vida!
ANTONIO AUGUSTO DE ASSIS – MARINGÁ / PR

8º LUGAR
Mais valem dias serenos,
onde o luxo não se ostenta,
que responder aos acenos
da riqueza fraudulenta.
MARIA HELEZA CALAZANS DUARTE – SÃO PAULO

9º LUGAR
Quando meu rincão deixei
nem acenei-lhe da serra,
porque em meu lenço levei
um punhadinho de terra!
AMÁLIA MAX – PONTA GROSSA / PR

10º LUGAR
Farto dos falsos valores
e ardis que esta vida apronta,
hoje aceno aos dissabores
com lenços de “faz-de-conta”.
JOSÉ OUVERNEY – JAMBEIRO / SP

 

MENÇÕES HONROSAS (ordem alfabética)

No aceno a paixão reparte
a dor que se multiplica
na tristeza de quem parte,
na saudade de quem fica!
ANTONIO JURACI SIQUEIRA – BELÉM / PA

Um aceno, mesmo leve,
dá recados desiguais:
Às vezes diz: “Até breve!”
Outras vezes: “Nunca mais!”
MIGUEL RUSSOWSKY – JOAÇABA / SC

O poeta em sua lida,
ainda que o mundo o afronte,
tem sempre o aceno da vida
que o leva além do horizonte!...
MILTON NUNES LOUREIRO – NITERÓI / RJ

O adeus, o aceno, e juraste:
- Eu jamais te deixarei!
E, de fato, tu ficaste,
na saudade que guardei...
MOACYR FIGUEIREDO – SÃO VICENTE / SP

Até hoje, o mundo acena
para o pódio, com saudade,
porque o “mito” entrou em cena
no pódio da Eternidade...
ULYSSES DE CARVALHO JÚNIOR – NITERÓI / RJ

MENÇÕES ESPECIAIS

Adeus... meu pranto se expande
quando, ao compasso do aceno,
noto a saudade tão grande
ante um gesto tão pequeno.
ÉLEN DE NOVAIS FÉLIX – NITERÓI

Nosso amor é proibido,
por isso não se propala...
Em vez da fala no ouvido,
é no aceno a nossa fala.
JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO – RIO DE JANEIRO

Usando do tema a imagem,
eu quero o tema louvar;
o aceno é a doce linguagem
dos que não podem falar!
JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO – RIO DE JANEIRO

Ninguém pense que um aceno
não tem peso nem medida:
esse gesto tão pequeno
pode mudar uma vida!
MARIA AMÉLIA P. C. ALMEIDA – LISBOA / PT

Na noite do amor ausente,
em solidão abismal,
eu vi na estrela cadente
um aceno sideral.
SELMA PATTI SPINELLI – SÃO PAULO

------------------------------------------------------

ÂMBITO ESTADUAL = TEMA “SORRISO”
(Comissão Julgadora: Edmar Japiassú Maia, Antonio Carlos Teixeira Pinto, João Freire Filho, Lavínio Gomes de Almeida, Maria Lua, Maria Nascimento S. Carvalho, Sérgio Bernardo e Waldr Neves).

1º LUGAR
É discreto, enfeita o rosto
e traz a paz que a alma aquece.
- O sorriso tem um gosto
que o paladar desconhece!
LUIZ FELIPPE GUAHYBA NEPOMUCENO – MONTE CARMELO

2º LUGAR
Jamais estive entre os sábios,
nem de ser sábio preciso,
que a ciência dos teus lábios
aprendi com teu sorriso!
ANTONIO CLARET MARQUES – GUAXUPÉ

3º LUGAR
Um cumprimento, um sorriso,
“obrigado” logo após...
À paz só isso é preciso:
- um pouco de todos nós!
CIOMARA FERNANDES CASCELLI – POUSO ALEGRE

4º LUGAR
Deixa o sorriso fluir,
rolar pela vida incerta...
para quem sabe sorrir,
há sempre uma porta aberta.
JOSÉ MESSIAS BRAZ – POUSO ALEGRE

5º LUGAR
A ocultar que me infernizo,
vendo-a em paz com outro eleito,
eu disfarço num sorriso
toda a mágoa do meu peito!
HELOISA ZANCONATO – JUIZ DE FORA

MENÇÕES HONROSAS (ordem alfabética)

O teu sorriso é a alegria
que inunda todo o meu ser:
é meu sol durante o dia,
meu luar do anoitecer!
ALAIR ALMEIDA – BELO HORIZONTE

Da vida esquece a amargura,
que o pranto lembra o desgosto,
e um sorriso de ternura
põe a alvorada em teu rosto.
EUGÊNIA MARIA RODRIGUES – RIO NOVO

Não meça as graças que faço,
pelos traços de alegria,
que o sorriso do palhaço
faz parte da fantasia.
HELOISA ZANCONATO

Consultando o malmequer,
ouvi um “mal” – sorridente.
Mas, “flor também é mulher”,
que ri das mágoas da gente!
NEWTON MEYER AZEVEDO – POUSO ALEGRE

Guardo de minhas jornadas,
entre emoções bem vividas,
os sorrisos das chegadas
e as tristezas das partidas.
THEREZA COSTA VAL – BELO HORIZONTE

MENÇÕES ESPECIAIS

Passaste por mim, alheio,
sem um sorriso sequer,
levando, em teu devaneio,
a imagem de outra mulher!
ALMIRA GUARACY REBELO – BELO HORIZONTE

Pedi-lhe um beijo, outro dia,
num jeito muito indeciso...
A resposta que eu queria,
veio em forma de sorriso...
EDMILSON FERREIRA MACEDO – BELO HORIZONTE

O sonho que idealizo
tem, na sua imensidade,
o tamanho do sorriso
de quem mata uma saudade!
JOSÉ MESSIAS BRAZ

Do teu amor eu preciso
nas vitórias, nos fracassos;
trazes o sol no sorriso
e o meu abrigo em teus braços.
RELVA DO EGIPTO R. SILVEIRA – BELO HORIZONTE

Sorrisos... mãos estendidas
para acolher sempre o irmão,
são gestos nobres de vidas,
que nascem do coração...
ZENI DE BARROS LANA – BELO HORIZONTE I

--------------------------------------------------------------------

CONCURSO ENTRE OS “NOTÁVEIS TROVADORES”
(Comissão Julgadora: Almira Guaracy Rebelo, Conceição P. Abritta, Ivone T. Prado, Luiz Carlos Abritta e Thereza Costa Val)

TEMA = “SAUDADE”

1º LUGAR
A vida pôs, por maldade,
tanta distância entre nós,
que, quando eu canto, é a saudade
que faz a segunda voz...
IZO GOLDMAN – SÃO PAULO

2º LUGAR
Vais partir e, ajoelhada,
entre emoções imprecisas,
a saudade antecipada
beija o chão que ainda pisas...
IZO GOLDMAN – SÃO PAULO

3º LUGAR
Na mais estreita amizade,
sem a menor cerimônia,
à noite, tua saudade
vem deitar com minha insônia!
EDMAR JAPIASSÚ MAIA – RIO DE JANEIRO

4º LUGAR
Morre o amor... o espólio é feito...
Tudo partido em metade;
minha, inteira, por direito,
só ficou mesmo a saudade.
ALMERINDA LIPORAGE - RIO DE JANEIRO

5º LUGAR
Foste embora... Feito um frade
em penitência infinita,
no convento da saudade
eu choro a minha desdita!...
JOSÉ TAVARES DE LIMA – JUIZ DE FORA

MENÇÕES HONROSAS

Tendo a paixão como escolta
e o coração em sentido,
saudade é um sonho que volta
sem que nunca tenha ido!
EDUARDO A. TOLEDO – POUSO ALEGRE

Minha saudade é defeito
que outra saudade requer,
pois, sempre que abro o meu peito,
encontro a mesma mulher...
HÉRON PATRÍCIO – SÃO PAULO

O meu desejo transborda,
feito um rio ardendo em chama,
quando a saudade me acorda
sem você na minha cama!
HÉRON PATRÍCIO – SÃO PAULO

Na mais louca fantasia,
sem você, quando me deito,
a Saudade acaricia
sua ausência... em nosso leito!...
JOÃO FREIRE FILHO – RIO DE JANEIRO

Ela chega... nem avisa...
e pega a doer na gente...
esta saudade imprecisa...
de tudo de antigamente!...
WALDIR NEVES - RIO DE JANEIRO

-------------------------------------------------

IV CONCURSO NACIONAL DE TROVAS DA UBT MINAS GERAIS
(Comissão Julgadora: Hélen Novais Félix, Antonio Carlos Teixeira Pinto e Edmar Japiassú Maia)

1º LUGAR
Sorriu-me... Meio indeciso
propus-lhe um namoro, enfim;
hoje, a dona do sorriso
também é dona de mim!
JOSÉ TAVARES DE LIMA

2º LUGAR
Tantas juras... de mãos dadas!
Mas a vida,em seus desvãos,
ao namoro armou ciladas
e separou nossas mãos!
THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA

3º LUGAR
Ao jardim da velha fonte,
que o viu nascer, tão de perto,
por Deus, querida, não conte
que o nosso amor não deu certo...
WALDIR NEVES

MENÇÕES HONROSAS (ordem alfabética)

A praça é a mesma, no entanto,
em vez de lua, há neblina;
é assim que ela chora, enquanto
nosso namoro termina...
DARLY O. BARROS

O namoro que se cria,
feito de amor verdadeiro,
sabe viver cada dia
como se fosse o primeiro!
GERSON CÉSAR SOUZA – PORTO ALEGRE

MENÇÕES ESPECIAIS

Nosso namoro escondido,
que é perigoso e arriscado,
é como jogo proibido:
não pode, mas é jogado...
AMAEL TAVARES DA SILVA – JUIZ DE FORA

Namoro de sol e lua
eu e tu, dois prepotentes,
andando na mesma rua
por calçadas diferentes!
ANTONIO DE OLIVEIRA – RIO CLARO

Espécime raro, vivo,
quase em vias de extinção,
sou de um tempo primitivo,
do namoro no portão...
ÉLBEA PRISCILA DE SOUZA E SILVA – CAÇAPAVA

Quando um namoro acontece,
seja na idade em que for,
a própria vida parece
que tem um novo sabor.
THEREZA COSTA VAL

--------------------------------------------------

III CONCURSO DE TROVAS ENTRE ASSINANTES DO “TROVALEGRE”
(Comissão Julgadora: Eduardo A.O. Toledo, José Messias Braz e Roberto Resende Vilela)

TEMA = “FLERTE” TROVAS VENCEDORAS (ordem alfabética)

Teus olhos me dizem cousas
de amor e de bem-querer,
com palavras que não ousas
nem em sonhos me dizer!
ALZIRA DE SIQUEIRA ALVES – SÃO PAULO

Vim da roça... e hoje, sem nada,
na solidão que me alcança,
culpo os encantos da estrada
com quem flertei em criança!
MARINA BRUNA

Um flerte!... e a pracinha acesa
foi meu castelo dourado!...
No reino, onde eu fui princesa,
foste o príncipe encantado.
THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA

MENÇÕES HONROSAS

Nos meus momentos de tédio,
nos instantes de abandono,
o flerte é o melhor remédio
nas minhas tardes de outono!
DELCY RODRIGUES CANALLES – PORTO ALEGRE

De nosso flerte em segredo,
resta hoje, vivo, à distância:
um beijo roubado a medo
no portão de nossa infância!
IVONE TAGLIALEGNA PRADO – BELO HORIZONTE

Será que “flerte” define
aquela olhada discreta,
na alcova de uma vitrine,
entre o pobre e a bicicleta?...
NEWTON MEYER AZEVEDO

MENÇÕES ESPECIAIS

Passei a vida inteirinha
buscando vãos ideais.
A culpa foi toda minha
por ter flertado demais!
CÉLIA GUIMARÃES SANTANA – SETE LAGOAS

Para esconder meu desejo,
que é segredo proibido,
tento fingir que não vejo
este teu flerte atrevido...
DOMITILLA BORGES BELTRAME – SÃO PAULO

Nos flertes eu fiz amor...
e de amor fiz a canção...
depois, me fiz trovador
nas trovas do coração!
HUDSON DE ALMEIDA – POUSO ALEGRE

Naquela mesa de bar,
nem nos tocamos, por medo...
Mas o amor em nosso olhar
era maior... que o segredo!
MARIA LÚCIA DALOCE CASTANHO – BANDEIRANTES / PR

-------------------------------------------------

TEMA = “CASÓRIO” (humorísticas) TROVAS VENCEDORAS

1º lugar:
No casório da vizinha,
uma invejosa insinua:
- “Quem nasceu pra ser galinha
nunca chega a ser perua”!
NEIDE ROCHA PORTUGAL – BANDEIRANTES

2º lugar:
No casório do vizinho
a geografia fez troça:
a noiva é de Curralinho
e o noivo é de Ponta Grossa.
SELMA PATTI SPINELLI – SÃO PAULO

3º lugar:
É bonitão teu marido!
Pelo visto, és bem casada...
- Diz a amiga, num gemido:
-é bonitão e... mais nada!...
JOSÉ TAVARES DE LIMA

MENÇÕES HONROSAS

No casório, o noivo disse
à noiva: te amo, meu bem!
E o Ricardão, com meiguice
e distraído: - eu também!
JOSÉ MARIA MACHADO DE ARAÚJO

No casório, o bom velhinho
bebe “todas” e faz arte:
toma um Viagra inteirinho
e acaba tendo um enfarte...
JOSÉ VALDEZ DE CASTRO MOURA – PINDAMONHANGABA

Em casório de velhotes,
finge a noiva estar no clima...
E o noivo, dando pinotes,
tenta, tenta... e desanima.
MIGUEL RUSSOWSKY – JOAÇABA

 

MENÇÕES ESPECIAIS

O sogro: - “agora ao cartório!”,
e, lhe aplicando uns cascudos:
“pois se não houver  casório,
vais ficar sem teus miúdos!”
DARLY O. BARROS

Casório é festa de louco...
Arapuca verdadeira...
As “bebidas” duram pouco,
e a ressaca, a vida inteira...
IZO GOLDMAN

A doutora em Geografia,
na noite do seu casório,
sofreu o que chamaria
“invasão de território”.
WALDIR NEVES

Na noite do seu casório,
sendo um noivo muito antigo,
usou até suspensório,
mas não sustentou o artigo...
WANDA DE PAULA MOURTHÈ