XXVII JOGOS FLORAIS DE POUSO ALEGRE – 2005

ÂMBITO NACIONAL / INTERNACIONAL = TEMA “CORAGEM”
(Comissão Julgadora: Eduardo Toledo, Héron Patrício e José Vitor de Paiva)

1º lugar:
Coragem não é domar
qualquer animal feroz...
Coragem é dominar
as feras dentro de nós!!!...
HUDSON DE ALMEIDA – ALFENAS / MG

2º lugar:
Pode ser que necessites
ser covarde alguma vez,
pois coragem, sem limites,
não passa de estupidez!
GERSON CÉSAR SOUZA – SÃO MATEUS DO SUL / PR

3º lugar:
No cansaço da viagem,
quando me sinto exaurida,
sopro a brasa da coragem
e atiço o lume da vida.
WANDA DE PAULA MOURTHÈ – BELO HORIZONTE

4º lugar:
Ter fugido quando, ardente,
a paixão pediu passagem,
no meu caso, especialmente,
não foi medo... foi coragem!
JOSÉ OUVERNEY - PINDAMONHANGABA

5º lugar:
Não me dobro ante os fracassos
nem lamento as buscas mortas...
Na coragem dos meus passos
trago as chaves de outras portas!
RITA MARCIANO MOURÃO – RIBEIRÃO PRETO / SP

6º lugar:
Tendo o amor por inquilino,
com coragem e artimanha,
meu coração é um menino
que ora bate... que ora apanha!
THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA – SÃO PAULO

7º lugar:
“Segue!... vai! – disse a coragem –
teu futuro há de ser ledo!...”
“Mas leve pouca bagagem...
para a volta!... – disse o medo- ...
JAIME PINA DA SILVEIRA – SÃO PAULO

8º lugar:
Mostra bem mais que coragem
quem, na fonte do poder,
não sorve a doce vantagem,
prefere o amargo dever.
MARIA HELENA CALAZANS DUARTE – SÃO PAULO

9º lugar:
Caio, levanto-me e sigo!
Mal sabem que esta coragem
é apenas meu medo antigo,
usando nova roupagem!
JOSÉ OUVERNEY - PINDAMONHANGABA

10º lugar:
Quero a ousadia dos bravos
para vencer preconceitos
e a coragem dos escravos
de lutar por seus direitos!...
RODOLPHO ABBUD – NOVA FRIBURGO

11º lugar:
Minha coragem permite
romper todas as barreiras,
se alguém ousar pôr limite
em meu sonho sem fronteiras!...
CLENIR NEVES RIBEIRO – NOVA FRIBURGO

12º lugar:
Se o espelho que mostra a imagem,
mostrasse a alma da gente,
quantos teriam coragem
de enfrentá-lo frente a frente?
ANTONIO VALENTIM RUFATTO – BAURU / SP

13º lugar:
O que se crê ser miragem,
vive, às vezes, bem defronte:
basta criarmos coragem
e atravessarmos a ponte...
JOSÉ OUVERNEY - PINDAMONHANGABA

14º lugar:
Se o fracasso te magoa,
guarda a coragem e avança,
que o brilho vem da pessoa,
não das honras que se alcança.
MARIA HELENA CALAZANS DUARTE

15º lugar:
Coragem?! Ah, quem me dera
que por graça ou bruxaria,
aquela mulher que eu era
ressuscitasse algum dia!
DOROTHY JANSSON MORETTI- SOROCABA / SP

==============================================

III CONCURSO ENTRE OS “NOTÁVEIS TROVADORES”

TEMA = “MEDO”
Comissão Julgadora: Istela Marina Gotelipe Lima, Lucília A. Trindade Decarli, Maria Lúcia Daloce Castanho e Wanda Rossi de Carvalho ( UBT Bandeirantes)

1º lugar:
Eu conquisto meu espaço
sem jamais me amedrontar
porque o medo do fracasso
é que nos faz fracassar
ARLINDO TADEU HAGEN – JUIZ DE FORA

2º lugar:
Frutos de velhos fracassos,
nossos medos são um muro
limitando novos passos
nos caminhos do futuro.
HÉRON PATRÍCIO – SÃO PAULO

3º lugar:
Tua beleza invulgar
põe em conflito, em meu ser,
a ventura de te amar
e o medo de te perder!...
JOSÉ TAVARES DE LIMA – JUIZ DE FORA

4º lugar:
Não me permitir sonhar
é a defesa que me imponho
só por medo de acordar
e constatar que foi sonho!
PEDRO ORNELLAS – SÃO PAULO

5º lugar:
Hoje de sustos tão farto
quisera, mãe, como outrora,
buscar refúgio em teu quarto
- deixar os medos lá fora!
PEDRO ORNELLAS – SÃO PAULO

MENÇÕES HONROSAS (ordem alfabética)

Quem, com força e independência
vence o medo e o desatino...
no teatro da existência,
é o “Senhor do seu Destino”!
BENEDITO CAMARGO MADEIRA – POUSO ALEGRE

Se hoje a vida te intimida,
não te acanhes de o dizer...
- só não tem medo da vida
quem não sabe o que é viver!...
CAROLINA RAMOS – SANTOS

Sem ter medo do invencível,
ponha fé na luta e insista,
que a insistência faz possível
uma impossível conquista!
JOSÉ TAVARES DE LIMA

Meu medo é, estando coberto
de imperfeições e fraquezas,
não saber se estou bem certo
das minhas próprias certezas.
SÉRGIO BERNARDO – NOVA FRIBURGO

Proponho, sem medo algum,
pelo amor que nos exorta,
que sejamos dois em um
e o que foste... pouco importa!
ULYSSES DE CARVALHO JR. - NITERÓI

MENÇÕES ESPECIAIS

Sufoco o medo precoce,
quando o amor, de forma intensa,
chega e de mim toma posse,
sem que me peça licença!
EDMAR JAPIASSÚ MAIA – RIO DE JANEIRO

O medo que me intimida,
ante o terror e o poder,
é o medo da própria vida
que não se pode viver.
EDUARDO A. O. TOLEDO – POUSO ALEGRE

Pondo bom senso no meio
quando surge a indecisão,
o medo parece um freio
a pedir calma e atenção...
HÉRON PATRÍCIO – SÃO PAULO

Parece até uma ironia!...
Mas o medo é o meu escudo...
e, ao ver tanta covardia,
eu tenho medo de tudo!
JOSÉ MESSIAS BRAZ – JUIZ DE FORA

Até o céu me pertence,
e tudo se enche de graça
quando o meu carinho vence
seu medo... e você me abraça!
JOSÉ TAVARES DE LIMA

==========================================

V CONCURSO ENTRE ASSINANTES DO “TROVALEGRE”

GÊNERO: LÍRICAS E FILOSÓFICAS, TEMA = “CANÇÃO
Comissão Julgadora (em ambos os gêneros): José Vitor de Paiva, Eduardo Toledo e Roberto R. Vilela (UBT Pouso Alegre)

1º lugar:
Ao último raio que arde,
alguém parece que chora:
é a canção triste da idade
de quem não tem mais aurora...
ULYSSES DE CARVALHO JR.

2º lugar:
O resmungar do meu neto,
aos meus ouvidos de avó,
é a doce canção de afeto
feita de uma nota só!...
ERCY MARIA MARQUES DE FARIA – BAURU / SP

3º lugar:
As canções, quase gemidos,
que, aflito, meu peito solta,
são apelos repetidos
implorando a tua volta!
JOSÉ TAVARES DE LIMA

MENÇÕES HONROSAS

A distância e a solidão
transformaram, por maldade,
o que foi nossa canção
em um hino de saudade!
ARLINDO TADEU HAGEN

Caindo o véu ilusório,
eu tive a confirmação:
em teu vasto repertório
fui só mais uma canção!
ÉLBEA PRISCILA DE S. E SILVA – CAÇAPAVA

Carreteiro!... Ao teu ouvido,
como divina trombeta,
é uma canção o rangido
da tua velha carreta!...
WALDIR NEVES – RIO DE JANEIRO

MENÇÕES ESPECIAIS

Nosso amor, assim sereno,
no seu jeito faz lembrar
a canção de riacho ameno
entre pedras a rolar...
DOMITILLA BORGES BELTRAME - SÃO PAULO

Há uma triste realidade
que no “Adeus” é bem marcada,
ver que a “Canção da Saudade”
não é cantada... é chorada...
IZO GOLDMAN

Idosa, vai devagar,
anda de cá para lá,
canta a canção de ninar,
nunca foi mãe, só babá.
LYGIA GOMES DE PÁDUA – BELO HORIZONTE

Chega a ter sonoridade
de uma canção, em meu peito,
quando, em acorde, a saudade
o traz de volta ao meu leito...
IVONE TAGLIALEGNA PRADO – BELO HORIZONTE

==========================================

GÊNERO HUMORÍSTICO = TEMA: “DANÇA”

1º lugar:
A dança foi um colosso,
tão evidente, que até
“alguma coisa” no moço,
também aplaudiu de pé!...
REGINA CÉLIA DE ANDRADE – MAGÉ

2º lugar:
Se o vizinho é argentino,
tudo bem, eu não me zango;
acho estranho é o meu menino
falar gringo e dançar tango!...
JOSÉ OUVERNEY

3º lugar:
A mocinha reclamou,
mas, o ceguinho, no baile,
passando a mão, explicou:
- A minha dança é em braile!
ANGÉLICA MARIA VILLELA SANTOS – TAUBATÉ

MENÇÕES HONROSAS

Gostei de dançar contigo
a umbigada, “seo” Prefeito.
Só não sabia que o umbigo
era grande desse jeito!
JAIME PINA DA SILVEIRA – SÃO PAULO

Comentam, na vizinhança,
se o casal de artistas vem:
- quando ela canta... ele dança;
- quando é cantada... também!
ARLINDO TADEU HAGEN

Durante a dança, o apagão.
Senti uma apalpadela...
Grita, a velha, no salão:
eu encontrei uma vela!!!
ALBA HELENA CORRÊA - NITERÓI

MENÇÕES ESPECIAIS

Os noivinhos confessaram,
ante a mãe da noiva, irada,
que a “dança” que eles... dançaram...
foi muito mais que lambada...
IZO GOLDMAN

No velório, que lambança:
o clima era tão festivo,
que até o morto entrou na dança,
pensando que estava vivo!
JOSÉ OUVERNEY

Dançando e cantando, a feia
repetia: eu sou formosa!...
Foi levada pra cadeia,
por propaganda enganosa!
JOSÉ TAVARES DE LIMA

Ante a jovem da cidade
o velho virou moleque,
mas quem dançou, de verdade,
foi o seu talão de cheque!!!
NEIDE ROCHA PORTUGAL - Bandeirantes