TEMA:  "LIVRO"

1º lugar: CYRO ARMANDO CATTA PRETA - Orlândia/SP
O livro é o teu grande amigo,
o braço que ajuda e ampara.
É alimento, é vinho, é trigo,
colhidos em messe rara...

2º lugar: CYRO ARMANDO CATTA PRETA
Seria Cristo lembrado,
sua palavra ainda ouvida,
se um livro predestinado
não lembrasse sua vida?

3º lugar: CYRO ARMANDO CATTA PRETA
Quando um livro vem à luz,
num parto do coração,
ninguém sabe a dor, a cruz
dessa estranha gestação...

4º lugar: ALFREDO DE CASTRO - Pouso Alegre/MG
Quem quiser da luz um crivo,
para ajudá-lo na lida,
deve suprir com livro
as horas vagas da vida.

5º lugar: CYRO ARMANDO CATTA PRETA
Todo livro, quando aberto,
é pólen, é flor, é fruto...
Fechado: é sombra, é deserto,
é silêncio, é campa, é luto...

6º lugar: CYRO ARMANDO CATTA PRETA
O livro é o teu grande amigo,
irmão certo da hora incerta.
Único a ficar contigo,
quanto tudo o mais deserta.

7º lugar: MILTON NUNES LOUREIRO - Niterói
Eu te pergunto, Messias:
- por que andam em nossos chãos,
crianças de mão vazias,
sem ter um livro nas mãos?...

8º lugar: IZO GOLDMAN - SP
Se a gente fosse dar crédito
ao que diz a maioria,
só de autor de... livro inédito...
tinha uns mil na Academia...

9º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA - Nova Friburgo
É mais feliz, muito mais,
quem nos teus livros, Senhor,
em vez de pontos finais,
vê reticências de amor!...

10º lugar: MARIA DA CONCEIÇÃO PIRES DE MELLO (Manita) - Niterói
Folheio o livro da espera...
cada página relida
é um grito de primavera
no outono de minha vida!

MENÇÕES   HONROSAS

11º lugar: IDÁLIA KRAU - RJ
Lobato! Tu foste eleito,
entre os grandes do país,
porque teus livros têm feito
muita criança feliz!

12º lugar: ADOLFO MACEDO - Magé/RJ
Eu vou lhes dar a receita
para um porvir de alegria:
o livro é a chave perfeita
da luz da sabedoria1

13º lugar: ALFREDO DE CASTRO
O livro do Nazareno
tem um poder bem profundo:
tão simples e tão pequeno,
mudou a sorte do mundo!

14º lugar: DANIEL DE CARVALHO - Nova Friburgo
Diferene das demais,
toda a página que é lida,
não se volta a ler, jamais,
no livro da nossa vida!...

15º lugar: CAROLINA RAMOS - Santos
Em resposta a um dia avesso
e quando minha alma chora,
abro um livro bom e esqueço
o mundo mau que há lá fora!

16º lugar: AGUINALDO TEIXEIRA PINTO - Taubaté
De um livro fútil, vazio,
nada de bom se aproveita...
É terra seca do estio
sem sementes, sem colheita!

17º lugar: JOÃO PEREIRA DA FONSECA - RJ
O missal, amor, merece,
pois nos oferta, sem jaça,
em cada folha uma prece;
em cada prece uma graça.

18º lugar: WILSON MONTEMÓR - Resende/RJ
O livro é um alimento,
pois sempre, no ato de ler,
quem bebe conhecimento,
mata a fome de saber...

19º lugar: ELTON CARVALHO - RJ
Por mais que a gente se adestre
desde o instante da partida,
afinal, o grande mestre
é o próprio livro da vida...

20º lugar: CIPRIANO FERREIRA GOMES - SP
Eu creio no que não crês
e tu crês no que não creio.
Está visto que não lês
o mesmo livro que eu leio!

MENÇÕES   ESPECIAIS

21º lugar: CÉSAR TORRACA - RJ
Vendo uma estante vazia,
me invade tristeza imensa
e penso na nostalgia
de quem nos livros não pensa.

22º lugar: CARLOS GUIMARÃES - RJ
Não te invejo, petulante,
que ostentas tua riqueza:
- os livros de minha estante
dão luxo à minha pobreza...

23º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
É dando aos filhos ventura
que as mães, que nem sabem ler,
fazem livros de ternura,
sem uma letra escever!...

24º lugar: MILTON NUNES LOUREIRO
Austero, alegre ou risonho,
o livro é sempre, querida,
sonora fonte de sonho
pelos caminhos da vida.

25º lugar: LUIZ ALMEIDA TEIXEIRA - Niterói
Livro bom é como a aurora
nas encostas da bonança.
é luz divina que mora
no saber de uma esperança!

26º lugar: LUIZ ALMEIDA TEIXEIRA
Na mesa de cabeceira,
onde meu livro descansa,
dorme meu sonho de freira
no doce amor da esperança!

27º lugar: ALOÍSIO ALVES DA COSTA
Órfão de pais, sem tostões,
gastei mil noites, mil luas,
buscando luz nas lições
do livro austero das ruas.

28º lugar: JOSÉ VALERIANO RODRIGUES - BH
O livro emprestado é como
filho pródigo, que sai
novo e forte e, após o assomo,
roto e velho volta ao pai.

29º lugar: P. DE PETRUS - RJ
O bom livro sempre ensina
e abre os caminhos da gente:
- gota de luz que ilumina
todas as trevas da mente.

30º lugar: WALTER WAENY - Santos
Eu tenho, no livro, um guia:
de ajudar-me não se escusa,
dando-me sempre a alegria
que o mundo mau me recusa.
--------------------------------------------
TEMA:  "VERDE"  (para trovadores de Ribeirão Preto)
1º lugar: SYLVIO RICCIARDI
A tarde é apenas mormaço...
A luz é tênue cortina,
o sol deitou seu cansaço
sobre o verde da colina.

2º lugar: JOSÉ MARIA MORGADE DE MIRANDA
Falsificando a verdade,
fiz um papel de criança,
tingi de verde a saudade
para torná-la esperança.

3º lugar: GERALDO MAIA CAMPOS
No pano verde da vida,
mil vezes a gente acerta;
mas, no final da partida,
a morte ganha na certa!

4º lugar: GERALDO MAIA CAMPOS
Que coisa mais curiosa!
Que confusão colorida!
Tudo nos é cor-de-rosa
nos verdes anos da vida!

5º lugar: JOSÉ MARIA MORGADE DE MIRANDA
Aos tropeços, entre abrolhos,
sabendo que me querias,
fiz do verde dos teus olhos
a esperança dos meus dias.

6º lugar: GERALDO MAIA CAMPOS
Não pode dar resultado,
sendo tu verde e eu maduro:
eu tenho apenas passado,
e tu, meu bem, tens futuro!

7º lugar: WILSON CLÓVIS DE ANDARDE
Entendo a felicidade
como sendo um grande mar,
que se esconde, por maldade,
no verde do teu olhar.

8º lugar: SYLVIO RICCIARDI
Verdes cactos do Nordeste,
cheios de luz no arrebol,
são lanças, num gesto agreste,
num protesto contra o sol!

9º lugar: NILTON DA COSTA TEIXEIRA
Despreocupado com a morte,
para quem tão pouco resta,
mesmo os rigores da sorte
são verdes sonhos em festa!

10º lugar: JOSÉ MARIA MORGADE DE MIRANDA
Neste mundo de incerteza
você tem sido, querida,
na alegria e na tristeza,
sinal verde em minha vida!

11º lugar: GERALDO MAIA CAMPOS
Estuda e luta, criança,
pra que a nação brasileira
não tenha como esperança
o verde só da bandeira!

12º lugar: GERALDO MAIA CAMPOS
Teus olhos verdes reluzem
com tanto brilho e calor,
que eu sinto que eles traduzem
uma esperança de amor!

13º lugar: GERALDO MAIA CAMPOS
São enormes vagalumes
teus olhos verdes, querida,
brilhando como dois lumes
na noite da minha vida!

14º lugar: MIGUEL PERRONE CIONE
Relembrando a tenra idade
na minha verde esperança,
sonhei com a felicidade,
como sonhava em criança.

15º lugar: MIGUEL PERRONE CIONE
O verde mar se parece
com o destino da gente:
em meio à paz se enfurece,
torna-se mau de repente.
=================================
NOTA = esse material foi uma gentil contribuição do "Magnífico Trovador" IZO GOLDMAN, da UBT São Paulo/SP